24/10/2015
SL Benfica continua sem perder
Supera UD Oliveirense na Luz

No duelo entre invictos levou a melhor o SL Benfica, que recebeu e bateu a UD Oliveirense, por 64-58. Num encontro em que as duas equipas se equivaleram durante grande parte do tempo, a formação benfiquista tirou partido de um parcial positivo de 10-2 conseguido no inicio do derradeiro quarto para fugir um pouco no comando do jogo e assim garantir a sua invencibilidade.

 

O conjunto de Oliveira de Azeméis deslocou-se a Lisboa na condição de líder da fase regular e foi de uma forma muito descomplexada e personalizada que iniciou o encontro. De tal forma que liderou nos primeiros minutos (15-8), e muito perto do final do 1º tempo estava empatada a 33 pontos, embora nunca tenha conseguido parar ou sequer condicionar a inspiração individual de Jeremiah Wilson , que à sua conta converteu 24 pontos, 17 no 1º período, nos primeiros vinte minutos do jogo.

 

Mas acabariam por ser os campeões nacionais a ir para o descanso na frente do marcador (36-33), a mesma diferença que se registava no arranque do 4º período (50-47). Apesar de terem liderado durante toda a 2ª parte, a equipa comandada por Carlos Lisboa nunca conseguiu fugir no resultado, um objetivo apenas alcançado no minutos 32, altura em que os benfiquistas deram inicio a um parcial de 10-2.

 

A diferença entre os dois conjuntos subiu então para a vantagem máxima e para os dois dígitos (60-49), sendo que restavam 5 minutos para a Oliveirense correr atrás do prejuízo. Os forasteiros ainda encostaram a seis pontos (54-60), mas um triplo de Cook permitia ao Benfica respirar um pouco mais de alivio.

 

O jogo ficou marcado pela sua baixa pontuação, e teve ainda a particularidade de ambos os lados poucos jogadores contribuírem com pontos. Do lado do Benfica, mais uma bela exibição de Jeremiah Wilson, contabilizou um duplo-duplo (26 pontos e 16 ressaltos 9+7), e com Cláudio Fonseca (16 pontos, 8 ressaltos e 3 desarmes de lançamento)a provar uma vez mais que podem contar com ele, fazendo esquecer a ausência de Fred Gentry.

 

O jovem letão, Arturs Bricis (14 pontos, 6 ressaltos e 4 assistências), confirmou a sua subida de rendimento, assim como se mostrou útil em outras áreas do jogo. Elvis Évora (10 pontos e 11 ressaltos) bateu-se muito bem no jogo interior, ajudando a equilibrar a luta das tabelas.



Autor: Carlos Seixas
Fonte:


Imagens




Anexos


Último(s) comentário(s)




Conteúdos relacionados
Relações


Veja também:


PATROCINADORES E PARCEIROS
Parceiros Institucionais
Parcerias