20/12/2015
SL Benfica termina ano invicto
Após derrotar o Maia Basket na Luz

No único jogo da ronda de domingo da LPB, o SL Benfica recebeu e venceu o Maia Basket por 94-73. Os encarnados aproveitaram bem o deslize da véspera do seu perseguidor direto e, ao terminarem o ano invictos (12ª vitória consecutiva), deslocam-se na próxima jornada (3 de janeiro) ao Dragão Caixa numa situação bastante mais confortável. Os maiatos deram uma excelente réplica durante a 1ª parte, mas os triplos e os contra-ataques da equipa do Benfica durante o 3º período impediram-nos de discutir o resultado até final do jogo.

 

Os primeiros vinte minutos foram disputados taco a taco, com o 1º período a ser vencido pelo Maia Basket (18-17) e até ao intervalo o Benfica deu a volta ao resultado embora só tivesse ido para o balneário a vencer por quatro pontos (38-34).

 

O começo da etapa complementar foi mais desequilibrado, e coincidiu com o melhor período ofensivo dos comandados de Carlos Lisboa (34 pontos). O tiro de três pontos foi a arma mais utilizada (6 convertidos), se bem que as finalizações em superioridade numérica foram igualmente um problema para a defesa maiata. Três triplos consecutivos faziam disparar os encarnados no marcador (51-42), que não abradaram a sua intensidade e o seu ritmo até final do período (72-56).

 

A equipa da casa registou um total de 23 pontos de contra-ataque, converteu 10 triplos (44%), embora tenha revelado igualmente domínio no jogo interior (38 vs 22 pontos no pintado). O norte-americano Jeramiah Wilson (18 pontos e 6 ressaltos) esteve com a mão quente de 3 pontos (4/6), e foi decisivo na fase em que o Benfica fugiu no marcador. Ivica Radic (18 pontos e 8 ressaltos) foi a referencia interior, bem como uma presença importante na luta das tabelas.

 

O Maia Basket bateu-se muito bem frente ao campeão nacional, especialmente no 1º tempo, com Nuno Marçal a somar 18 pontos nos primeiros 20 minutos. O experiente jogador terminou o jogo com 27 pontos, a que juntou 6 ressaltos e 4 roubos de bola. Rui Costa (14 pontos, 3 ressaltos e 2 assistências) e Paulo Diamantino (12 pontos e 3 ressaltos) acabaram por ter desempenhos positivos.



Autor: Carlos Seixas
Fonte:


Imagens




Anexos


Último(s) comentário(s)




Conteúdos relacionados
Relações


Veja também:


PATROCINADORES E PARCEIROS
Parceiros Institucionais
Parcerias