19/05/2016
"Uma vitória significará um marco importante na história desportiva do clube"
Joanna Vieira, treinadora do G.D.Gafanha, antevê final da 1.ª Divisão Feminina frente ao Académico FC

Amanhã, às 16 horas, terá lugar a final do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Feminina, no Pavilhão "Os Marialvas", em Cantanhede. A treinadora do G.D.Gafanha, Joanna Vieira, não aponta favoritos e elogia o Académico FC, ressalvando o momento histórico que o clube que orienta poderá estar perto de conseguir.

Depois de eliminar o Coimbrões por 2-0 nas meias finais do playoff, sente-se favorita a vencer a final que aí vem?

Uma final é sempre um jogo com muitas particularidades: ansiedade, nervosismo, pressão dos adeptos. Por mais experiência que se tenha há sempre a consciência de que num jogo de uma final não há margens para errar porque tudo termina no final dos quarente minutos. Ninguém se pode sentir favorito. A probabilidade mais correta de uma final é a dos 50%.


Que análise faz do Académico FC?

O Académico terminou a fase regular com apenas mais duas derrotas do que nós, em quarto lugar. Fez um excelente playoff, eliminando a SIMECQ e o favorito CPN.É uma equipa muito experiente, muito mesmo. No seu plantel constam atletas que fizeram parte da Seleção Nacional Sénior, do Centro de Alto Rendimento, com experiência muito recente de Liga Feminina (Olivais, Lousada, etc). É uma equipa que defende muito bem, muito agressiva, pressionante. Vai ser um excelente desafio.


Em que aspetos as suas jogadoras terão que ser mais fortes?

Essencialmente através da concentração, na entrega ao jogo, na disciplina e rigor tático e, também, através de um forte controlo emocional. Aqui pode estar a chave do sucesso no jogo de sábado.


O facto do título se disputar num só jogo poderá aumentar a pressão?

Claro que sim... só aumenta a pressão porque não há margem para corrigir num outro jogo. É o tudo ou nada.


A próxima época, na Liga Feminina, já está a ser preparada? Haverá muitos ajustes?

Neste momento o clube e a equipa estão apenas focados nesta Final que, ganhando-a, significa um marco importante na história desportiva do clube: o primeiro título nacional da I Divisão Feminina. Perdendo, resta a consciência do dever cumprido e o igualar da época 2001-2002, quando o basquetebol do GDG basquetebol foi vice-campeão nacional da I Divisão. Quanto ao futuro ainda há muito tempo e muitos fatores para analisar.



Autor: João Rodrigues
Fonte:


Imagens




Anexos


Último(s) comentário(s)




Conteúdos relacionados
Relações


Veja também:


PATROCINADORES E PARCEIROS
Parceiros Institucionais
Parcerias