22/02/2019
Duelo de gigantes em solo açoriano!
Catarina Mateus e Norianna Haynes anteveem União Sportiva vs. Olivais Coimbra da Liga Feminina

Separados por apenas por um ponto, União Sportiva e Olivais Coimbra encontram-se este sábado, a partir das 16 horas (menos uma nos Açores), no grande duelo da 18.ª jornada da Liga Feminina!

 

Na antecâmara deste jogo entre o terceiro classificado e o líder da prova estivemos à conversa com Catarina Mateus, das campeãs nacionais, e Norianna Haynes, que alinha na turma da cidade dos estudantes!

Catarina Mateus – União Sportiva

Vem aí uma receção ao Olivais, rival direto do Sportiva. Este jogo é decisivo na luta pela liderança da Fase Regular? Quais são as maiores qualidades do adversário?

Todos os jogos são decisivos, no entanto este tem uma importância acrescida, uma vez que em caso de vitória podemos subir na tabela classificativa. O Olivais tem um cinco inicial de grande qualidade e que equilibra o jogo interior com o exterior. Trata-se de uma equipa bastante agressiva e coesa.

Sentem-se cada vez mais convencidas de que podem conquistar todas as competições nacionais desta temporada?

Apesar de já termos conquistado as três primeiras competições, estamos cientes das dificuldades que vamos ter em todos os jogos que ainda restam, mas claro que queremos e trabalhamos para fazer o pleno esta época.

Neste momento temos um equilíbrio tremendo no topo da Liga Feminina. Como explicas esta competitividade?

Este ano a Liga Feminina está muito equilibrada, as equipas reforçaram-se e é difícil de prever o desfecho da classificação.

 

Norianna Haynes – Olivais Coimbra

O Olivais é o novo líder da Liga Feminina. Este é o melhor momento possível para defrontar o União Sportiva? Quais são as maiores qualidades do adversário?

Trata-se de um grande teste para nós enquanto equipa. É uma sensação incrível estarmos nesta posição, mas sei que ainda temos muito trabalho para fazer. Baseando-me nos jogos em que as defrontei, o União Sportiva é uma formação inteligente. Temos que ser agressivas e jogar bem em ambos os lados do campo, É uma honra poder representar o Olivais da forma como o temos feito. Ser líder nesta Liga é uma grande conquista, mas manter esse lugar será bem mais divertido. Como jogadora, cada momento é o melhor para competir. Ter o Sportiva como adversário torna o jogo mais desafiante, já que se trata de uma equipa diligente, e por isso, para que tenhamos sucesso, precisamos de ter a certeza de que estamos focados e que defendemos e executamos durante 40 minutos.

Quais são as principais razões que encontras para estarem no comando da classificação?

Eu sinto que esta classificação se baseia no nosso trabalho. Estamos focadas e desejamos melhorar. O treinador também nos “empurra” para que o nosso potencial aumente diariamente. Como em todas as equipas temos dias bons e outros menos bons, mas esforçamo-nos sempre. Mesmo com altos e baixos temos uma qualidade consistente que nos ajuda a prevalecer nesses momentos, e que se chama responsabilidade. Coletivamente mantemo-nos com padrões mais elevados do que os nossos adversários, tornando o jogo muito mais fácil. Então, quando procuramos equilíbrio, temos várias opções para escolher.

Tens sido uma das grandes figuras da Liga. Sentes-te no melhor momento da temporada?

Sinto que é importante fazer o meu trabalho diariamente para que sejamos bem-sucedidas. Esta é a minha melhor temporada, até porque estou numa ótima equipa, com um excelente treinador. Eu posso destacar-me, mas sem as minhas colegas não seria possível. Estou muito agradecida por mostrar a minha qualidade e por ter ajudado no sucesso das minhas equipas. Joguei em Portugal nas últimas três épocas, mas esta tem sido, de facto, a melhor e mais completa a nível individual e coletivo.

 



Autor: Sérgio Rosmaninho
Fonte: FPB


Imagens




Anexos


Último(s) comentário(s)




Conteúdos relacionados
Relações


Veja também:


PATROCINADORES E PARCEIROS
Parceiros Institucionais
Parcerias