24/10/2009
V. Guimarães é o primeiro apurado
Ovarense falha final do Troféu António Pratas
O Vitória de Guimarães é o primeiro finalista conhecido do Troféu António Pratas, cuja final-four está a ser disputada este fim-de-semana, em Leiria, no Pavilhão dos Pousos. A equipa vimaranense derrotou pela diferença mínima, 83-82, o conjunto de Ovar, numa partida em que a emoção esteve ao rubro até ao apito final. Os comandados de Fernando Sá deram provas, uma vez mais, que há que contar com eles para discussão do troféu. A Ovarense irá discutir o 3º lugar, numa partida que terá início às 15 horas, diante da Académica, equipa vencida na outra meia final da prova. Depois de uma ligeira vantagem conseguida no primeiro período (23-18) pela equipa do Vitória, o jogo manteve a toada de equilíbrio, atingindo-se o intervalo com as duas equipas distanciadas pela diferença pontual que se verificava no final do 1º quarto (45-40). No recomeço do encontro pouco ou nada se alterou, com nenhum dos conjuntos a conseguir afastar-se no marcador, embora os vimaranenses tenham sido capazes de alargar um pouco mais a sua vantagem – 8 pontos (70-62) –, o que lhes eu maior tranquilidade para abordar o derradeiro quarto. A perder por 8 pontos a equipa de Ovar fez o que lhe competia, lutando até final para conseguir a reviravolta no marcador, que lhe possibilitar-lhe-ia estar presente na final de amanhã, domingo. Esteve muito perto de o conseguir. Uma perda de bola de Karlton Mims, bem aproveitada pelos vareiros, fez descer a diferença para apenas 1 ponto, acabando ainda por ter uma última oportunidade para marcar, com apenas 6 segundos para se jogar, mas Miguel Miranda, desta vez, não foi capaz de converter o seu triplo da ordem. Depois do FC Porto, o V. Guimarães volta a derrotar uma das equipas mais fortes do nosso campeonato, provando que não foi por mero acaso que os pupilos de Fernando Sá conseguiram, com toda a justiça, marcar presença na primeira final da temporada. No Vitória de Guimarães a dupla Tommie Eddie (34 pontos, 11 ressaltos, 2 roubos de bola e 2 desarmes de lançamento) e Rod Nealy (18 pontos, 10 ressaltos e 5 assistências) demonstrou novamente que promete dar que falar durante a temporada, tendo sido bem secundada pelo reforço de peso Jaime Silva (14 pontos, 6 roubos de bola e 2 ressaltos). Nos vareiros, John Waller (31 pontos, 6 ressaltos, 2 assistências e 2 roubos de bola), que parece nunca saber jogar mal, e Miguel Miranda (14 pontos, 8 ressaltos, 6 assistências e 2 roubos de bola) foram as faces mais visíveis do inconformismo da equipa de Ovar.


Autor: Carlos Seixas
Fonte:


Imagens




Anexos


Último(s) comentário(s)




Conteúdos relacionados
Relações


Veja também:


PATROCINADORES E PARCEIROS
Parceiros Institucionais
Parcerias