24/10/2009
Benfica na final
Encarnados eliminam Académica
Triunfo fácil do Benfica diante da Académica de Coimbra (80-50) na segunda meia final do Toféu António Pratas. Mesmo sem contar com a participação de João Santos (lesão na região posterior da coxa) e Nick Dewitz (constipado) – permanecem em dúvida para o encontro da final –, os encarnados venceram tranquilamente, fazendo da defesa (sofreram apenas 50 pontos) a principal arma. A final está marcada, para este domingo, às 17 horas, no Pavilhão dos Pousos, em Leiria. Frente a frente, Benfica e Vitória de Guimarães. Face ao passado recente destas duas equipas, e as limitações no conjunto encarnado, seria de esperar um encontro bem mais equilibrado. E até começou melhor a formação de Coimbra, dominado o 1º quarto e conseguindo, com alguma naturalidade, uma vantagem de 6 pontos (22-16). Foi a partir do segundo quarto que as águias impuseram a sua capacidade defensiva, limitando sobremaneira a produção atacante do adversário, bem visível na marcação de pontos conseguida pelos estudantes durante o 2º período – 7 pontos apenas, versus os 22 conseguidos no quarto inicial. A vencer por 4 pontos (33-29), quando ambas as equipas foram para o descanso, os encarnados mantiveram a atitude defensiva patenteada no recomeço do encontro, procurando o mais cedo possível resolver o encontro. E se durante o 3º período os comandados de Norberto Alves ainda foram capazes de manter o resultado em aberto para o quarto de todas as decisões (41-53), os últimos 10 minutos da partida acentuaram a diferença pontual entre os dois conjuntos. No derradeiro quarto os pupilos de Henrique Vieira arrasaram por completo um adversário incapaz de contrariar o poderio encarnado nas tabelas (38-22), bem como de parar a sua concretização (27 pontos sofridos). Como se isto não bastasse a turma de Coimbra voltou a evidenciar problemas na marcação de pontos (apenas 9) e, quando assim é, pouco ou nada há a fazer . O novo reforço Will Frisby (28 pontos, 9 ressaltos, 2 roubos de bola e 2 desarmes de lançamento) cotou-se como o melhor em campo, tendo tido a ajuda do português Sérgio Ramos (15 pontos, 8 ressaltos e 2 roubos de bola) numa vitória que vale a presença em mais uma final. Na Académica, o esforço do duo norte-americano formado por A.J. Jackson (13 pontos e 5 ressaltos) e Manuel Johnson (15 pontos e 2 assistências) foi insuficiente para garantir o apuramento para a final. Resultados dos restantes grupos do Troféu António Pratas Illiabum 74-76 FC Porto Ferpinta Barreirense FC 85-79 Ginásio Figueirense Vagos Norbain Lusavouga 90-74 Maia basket CD Póvoa 71-79 CAB Madeira Seixal FC 66-74 Eléctrico F. C. Física 98-88 Sampaense (após prolongamento 84-84) Galitos FC 73-77 Angrabasket Academia 72-78 Terceira Basket CBP/Sentir Penafiel 58-72 Lusitânia Aliança Sangalhos 50-57 Barcelos Hotel-Terço


Autor: Carlos Seixas
Fonte:


Imagens




Anexos


Último(s) comentário(s)




Conteúdos relacionados
Relações


Veja também:


PATROCINADORES E PARCEIROS
Parceiros Institucionais
Parcerias