Artigos da Federaçãooo

“O nosso objetivo sempre foi, e continua a ser, chegar aos playoffs”

Este sábado (15h, menos uma hora nos Açores, transmissão na FPBtv e RTP2) há duelo entre SC Lusitânia Expert e Sporting CP, a contar para a Liga Betclic Masculina.

Em vésperas do encontro entrevistámos Daniel Relvão, internacional português ao serviço do emblema de Angra do Heroísmo. O poste assume que o Lusitânia pretende alcançar os playoffs, refere que a equipa ainda tem margem para evoluir e aborda a recente chamada à pré-convocatória da Seleção Nacional sénior.

 

Quais são as maiores qualidades deste Sporting, equipa que conheces bem?

Este Sporting é uma equipa com qualidade e muita garra. Muitos dos seus pontos fortes mantêm-se, especialmente na defesa.

Este adversário surge em má altura, depois de ter conquistado a Taça Hugo dos Santos e de ter vencido de forma convincente a Ovarense?

Não penso que seja uma má altura. O Sporting está com confiança como é de esperar, mas vai ter que trabalhar à mesma para nos roubar a vitória.

O Lusitânia vem de dois triunfos consecutivos na Liga. Sentem-se na vossa melhor fase?

Estamos numa melhor fase do que estávamos anteriormente. Penso que ainda conseguimos mostrar mais do que somos capazes e só temos de aproveitar esta maré de vitórias para o fazer.

Como caracterizas este equipa do Lusitânia?

É uma equipa jovem, temos jogadores ainda com pouca experiência no basquetebol profissional. No entanto, com uma possibilidade de evolução bastante positiva.

A manutenção é o grande objetivo? Ou fixaram os playoffs como meta?

O nosso objetivo sempre foi e, continua a ser, os playoffs.

Esta é a tua época de estreia no Lusitânia. Como avalias a experiência até ao momento? Que balanço fazes?

Uma experiência boa, é uma outra realidade viver e trabalhar aqui na ilha. Tenho tido alguns percalços fisicamente, o que não me deixa ajudar a equipa como queria. Como todos sabem é assim a vida de um atleta.

Estás na pré-convocatória da Selecção Nacional. Este jogo ganha ainda mais importância para ti, de forma a marcares uma posição na convocatória final?

Penso que não. Vai ser um jogo como os outros, contra uma boa equipa. Claro, sempre com o objetivo de ganhar e ajudar a minha equipa o máximo que conseguir.

Sentes que a Selecção Nacional está no bom caminho, visto os últimos resultados que têm sido obtidos? Pensas que subimos alguns patamares?

Sim, penso que a Seleção Nacional tem vindo a melhorar muito e isso tem-se refletido nos resultados que obtidos. Esta é uma prova da boa equipa que temos e todos os técnicos que a envolvem. Só espero que continue sempre assim.


Esta sexta-feira e sábado cumpre-se a 19.ª ronda da Liga Betclic Masculina, com a FPBtv a transmitir em direto todos os encontros.


Travante Williams MVP da 18.ª jornada

Terminada a 18.ª jornada da Liga Betclic Masculina, chegou a altura de fazer o balanço estatístico de mais uma ronda do campeonato.

Travante Williams, extremo do Sporting CP e internacional português, esteve em particular evidência depois de marcar 37 pontos, conquistar sete ressaltos, produzir cinco assistências e ainda conseguir amealhar um roubo de bola. A fantástica exibição do jogador do Sporting culminou numa valorização de 38.5 pontos MVP diante da Ovarense Gavex (95-71).

A compor o cinco ideal surgem ainda Isaiah Johnson (22pts, 6res, 8ast, 3rb – 31 valorização), da Ovarense Gavex, Pedro Catarino (27pts, 3res, 4ast, 4rb – 31 valorização), do Esgueira Aveiro OLI, Deng Geu (23pts, 6res, 4rb, 1dl – 28 valorização), SC Lusitânia/Expert e Julien Ducree (21pts, 6res, 2rb, 2dl – 20.5 valorização), da UD Oliveirense.


Landis “dá” vitória ao FC Porto sob o soar da buzina em Guimarães

Com um triplo sensacional, sob o soar da buzina, Max Landis “deu” o 10.º triunfo consecutivo ao FC Porto na Liga Betclic Masculina, diante do Vitória SC. Os “dragões” ganharam por 85-83, enquanto o SL Benfica levou a melhor no Algarve, frente ao Imortal LuziGás, e o CD Póvoa ESC Online ultrapassou o CAB Madeira. A UD Oliveirense recebeu e venceu o Sangalhos DC Boomerang, já o SC Lusitânia Expert bateu o Esgueira Aveiro OLI na visita ao continente.

O FC Porto, líder do campeonato, teve de suar, e de que forma, para somar dois pontos na cidade-berço. Até sensivelmente a meio do segundo quarto o embate foi equilibrado, mas depois os “conquistadores” viriam a assumir o controlo das operações. Com parciais de 27-14 e 14-12, o Vitória entrou nos derradeiros 10 minutos com uma vantagem de 12 pontos (62-50) e continou na frente até bem perto do final. Graças a um último quarto de alto nível, traduzido num parcial de 35-21, os “dragões” arrancaram um triunfo, consumado com um fantástico triplo de Max Landis no último suspiro. O FC Porto obteve nove lançamentos certeiros de três pontos e tirou partido das exibições do já mencionado Landis (27pts, 4/8 2P, 7/7 LL, 1res, 1ast, 1rb) e Michael Finke (15pts, 3/5 3P, 4/4 LL, 5res), ao passo que no emblema minhoto sobressaíram Phlandrous Fleming (16pts, 5/10 2P, 6/6 LL, 8res, 5ast, 3rb, 2dl), “Litos” Cardoso (14pts, 2/3 3P, 6/7 LL, 2res, 3ast), Jacob Tubbergen (13pts, 5/10 2P, 5res, 2ast), Zachary Simmons (12pts, 4/7 2P, 4/4 LL, 7res, 1rb), Saiquan Jamison (11pts, 4/6 LL, 8res) e Pedro Bastos (10pts, 2/2 LL, 1res).

Já o Benfica, que ocupa o segundo posto da classificação, ganhou no reduto do Imortal por 112-94, num duelo com elevada pontuação. O primeiro quarto acabou por ser decisivo a favor das “águias”, que não estiveram pelos ajustes ao aplicarem um parcial de 42-23. O avanço do campeão nacional nunca baixaria dos dois dígitos, numa partida em que registou 63% de eficácia (26/41) da linha de dois pontos e 24 lances livres certeiros num total de 30. Ivan Almeida (24pts, 4/4 2P, 5/8 3P, 2res, 4ast, 1rb), Toney Douglas (22pts, 4/5 2P, 3/4 3P, 5/6 LL, 4res, 4ast, 2rb), Aaron Broussard (15pts, 6/6 LL, 4res, 5ast, 3rb), Terrell Carter (11pts, 4/6 2P, 3/4 LL, 5res, 1ast, 1dl), João “Betinho” Gomes (11pts, 5/5 LL, 3res, 2ast, 1rb) e Maik Zirbes (10pts, 5/8 2P, 2res) tiveram sinal mais no Benfica, enquanto Spencer Littleson (24pts, 3/3 2P, 6/10 3P, 3res, 4ast, 2rb), Marquise Moore (17pts, 5/8 2P, 7/10 LL, 2res, 5ast, 1rb), Mojeed Ewuosho (16pts, 4/4 LL, 4res, 2ast) e Jaques Conceição (15pts, 5/7 2P, 2/2 LL, 2res, 2ast, 2rb).

A norte, o Póvoa bateu o CAB por 78-70. A formação poveira nunca teve de correr atrás do prejuízo e, já no último quarto, chegou a dispor de uma vantagem de 16 pontos. O Póvoa marcou oito triplos e os seus maiores protagonistas foram Cameron Oluyitan (21pts, 3/6 3P, 6/7 LL, 5res, 1ast, 1dl), Sherwood Brown (13pts, 3/5 2P, 4res, 1ast, 1rb), Nuno Oliveira (12pts, 4res, 1ast) e Federico Ucles (15res), enquanto no opositor insular estiveram em foco Nuno Sá (19pts, 4/6 2P, 15res, 2ast, 1rb), Matthew Johnson (18pts, 7/13 2P, 4/5 LL, 13res, 2ast, 2rb, 1dl), Michael Almonacy (16pts, 7/9 LL, 2res, 2ast, 2rb) e Charles Speelman (11pts, 9res, 1rb).

A Oliveirense somou o segundo triunfo consecutivo na Liga Betclic diante do Sangalhos (75-54), depois de ter começado melhor a partida disputada no Pavilhão Salvador Machado. Ao parcial de 17-11 no primeiro quarto, seguiu-se o parcial de 18-13 antes do intervalo, números que davam uma vantagem confortável ao conjunto unionista. A entrada na segunda metade viu a melhor versão da equipa da casa que voltou a dar nova “sapatada” no marcador e a fechar a partida com 21 pontos de vantagem. Na equipa da casa destaque para Julien Ducree (21pts, 6res, 2rb, 2dl), Darius Carter (11pts, 7res, 1ast, 1rb) e Troy Simons (12pts, 2res, 3ast, 3rb, 1dl), enquanto no Sangalhos sobressaíram Jerónimo Luís (12pts, 6res), Nikita Kasongo (12pts, 6res, 2rb, 1dl) e Tiago Andrade (10pts, 3res, 2ast).

Depois de se encontrarem em partida a contar para a Taça de Portugal Alfaloc, Esgueira e Lusitânia voltaram a defrontar-se dentro das quatro linhas, coma  equipa açoriana a vingar a derrota sofrida na primeira volta do campeonato (84-92). Depois de liderar nos primeiros minutos do encontro, o Esgueira viu o Lusitânia superiorizar-se e passar para a frente do jogo. A vencer por 39-51 ao intervalo, a equipa insular ainda teve de aguentar o parcial positivo dos homens da casa no final do 3.º quarto, mas nunca mais desarmou da liderança da partida. Com este triunfo, o Lusitânia – que tem menos um jogo disputado que os adversários diretos – aproxima-se do sexto posto do campeonato. No Esgueira brilharam Pedro Catarino (27pts, 3res, 4ast, 4rb), Ryan Ogden (20pts, 9res, 4ast, 3rb, 1dl) e Alexander Kappos (14pts, 1res, 1ast, 1dl), já os açorianos contaram com a inspiração de Justin Davis (24pts, 6res, 5ast, 2rb), Deng Geu (23pts, 6res, 4rb, 1dl) e Derek Jackson Jr. (16pts, 3res, 6ast, 3rb).


Sporting volta a ganhar à Ovarense

Numa reedição da final da Taça Betclic Hugo dos Santos, o desfecho foi o mesmo esta sexta-feira, com o Sporting CP a bater a Ovarense GAVEX, por 95-71, na abertura da Liga Betclic Masculina.

Os “leões” tomaram cedo as rédeas do encontro e ao intervalo já venciam por 21 pontos (56-35). Apesar da reação vareira no terceiro quarto, o que se traduziu no reduzir da desvantagem em oito pontos, nos últimos 10 minutos o Sporting voltou à carga e aplicou um parcial de 27-16.

O Sporting apontou 18 triplos, marcou 17 dos seus 20 lances livres, ganhou 45 ressaltos e contou com a inspiração de Travante Williams (37pts, 3/5 2P, 9/16 3P, 4/5 LL, 7res, 5ast, 1rb), autor de uma espetacular exibição, sem esquecer o desempenho de Diogo Ventura (16pts, 4/4 LL, 4res, 2ast, 1rb).

Já na Ovarense, realce para as prestações de Isaiah Johnson (22pts, 3/5 3P, 7/9 LL, 6res, 8ast, 3rb) e Francisco Amiel (10pts, 3/4 LL, 3res, 2ast, 2rb).


CAB ultrapassa Imortal

O CAB Madeira regressou ao caminho das vitórias na Liga Betclic Masculina ao vencer o Imortal LUZiGÁS por 83-76.

A equipa da casa entrou melhor e esteve na liderança do marcador durante grande parte do primeiro quarto, mas a reposta insular não demorou a chegar. Se o conjunto de Albufeira demonstrava a sua força nas zonas próximas ao cesto e na luta das tabelas (41 ressaltos contra 34), a formação visitante mostrou os seus pergaminhos no lançamento exterior ao concretizar 12 lançamentos de três pontos contra apenas cinco do Imortal.

O CAB Madeira passou para a frente do marcador no decorrer do segundo quarto e não mais saiu da liderança, com destaque para os 21 pontos marcados fruto de “turnovers” adversários.

Spencer Littleson (21pts, 2res, 5ast, 2rb), Mojeed Ewuosho (17pts, 2res, 1ast, 3rb, 1dl) e Earl Watson (15pts, 15res, 5ast, 2dl) lideraram a formação algarvia, enquanto Michael Almonacy (21pts, 1res, 7ast, 3rb), Nuno Sá (17pts, 12res, 2ast) e Matthew Johnson (13pts, 5res, 2ast) foram as figuras do emblema madeirense.

 


Travante Williams perto do triplo-duplo fica com o MVP

A 17.ª jornada da Liga Betclic Masculina acabou este domingo e, portanto, está na hora de fazer o balanço estatístico da jornada. O destaque desta ronda do campeonato vai para Travante Williams, que roçou o triplo-duplo depois de marcar 12 pontos, conquistar 14 ressaltos e fazer nove assistências, na vitória do Sporting CP sobre o Esgueira/Aveiro/Oli (89-42). A exibição do internacional luso resultou num total de 32.5 pontos de valorização MVP.

Além de Williams, realce para as boas exibições de Joshua Ferguson (28pts, 11res, 3rb, 1dl – 30 valorização), do Imortal LUZiGÁS Imortal, Zachary Simmons (25pts, 8res, 3ast, 2rb, 1dl – 29.5 valorização), do Vitória SC, Teyvon Myers (17pts, 2res, 6ast, 3rb – 24.5 valorização), do FC Porto e ainda Aaron Broussard (10pts, 7res, 7ast, 1rb – 24.5 valorização) do SL Benfica.


Oliveirense triunfa no Funchal e Lusitânia bate Vitória SC nos Açores

Dois jogos a encerrarem a 17.ª jornada da Liga Betclic Masculina, com UD Oliveirense e SC Lusitânia/Expert a regressarem aos resultados positivos diante o CAB Madeira e o Vitória SC, respetivamente.

Num encontro inteiramente marcado pelo equilíbrio, foi a Oliveirense que saiu por cima no duelo com os madeirenses do CAB (77-80). O CAB entrou melhor e começou por dominar um jogo que deixaria escapar ainda antes do intervalo. A vencer por 35-38 ao intervalo, a Oliveirense nunca mais deixou escapar a liderança da partida, apesar do bom esforço do CAB no último quarto (26-16). Com esta vitória a Oliveirense fica mais próxima do 4.º posto do campeonato.

Charles Speelman (18pts, 8res, 1rb), Michael Almonacy (16pts, 3res, 4ast, 3rb), Matthew Johnson (12pts, 3res, 1rb) e AJ Cheeseman (11pts, 2res, 1rb, 2dl) destacaram-se nos madeirenses, que viram Julien Ducree (26pts, 6res, 1dl), Darius Carter (13pts, 5res) e Malcolm Richardson (12pts) brilhar no conjunto de Oliveira do Azeméis.

Em Angra do Heroísmo, o Lusitânia levou a melhor sobre o Vitória, mas precisou do prolongamento para chegar a sexto triunfo na Liga (90-86).

O jogo mais disputado do dia precisou de um prolongamento para ficar decidido. O Lusitânia viu o Vitória entrar mais forte no jogo, mas mesmo com as boas sensações dos vimaranenses, a equipa da casa foi para o segundo quarto na dianteira do marcador. O domínio açoriano antes do intervalo, apesar do Vitória nunca permitir ao Lusitânia uma liderança superior aos dez pontos. No regresso dos balneários, os minhotos superaram-se, mas as alterações na liderança do jogo mantiveram-se e à entrada para os derradeiros dez minutos o Lusitânia estava novamente a liderar o jogo (71-68). Depois do base Derek Jackson Jr. empatar o encontro a 83-83 no final dos 40 minutos regulamentares, os homens da casa fecharam o encontro no prolongamento com um parcial de 7-3.

Nos homens da casa, realce para os bons jogos de Deng Geu (22pts, 4res, 1ast, 2dl), Daniel Relvão (11pts, 13res, 1ast, 1rb, 2dl), Ryan Weber (17pts, 2res, 2ast, 2rb), Derek Jackson Jr. (16pts, 3res, 4ast, 2rb) e Justin Davis (11pts, 8res, 2ast, 3rb), enquanto nos minhotos estiveram em bom plano Zachary Simmons (25pts, 8res, 3ast, 2rb, 1dl), Anthony Roberts (29pts, 3res, 1ast, 2rb) e ainda Jacob Van Tubbergen (15pts, 8res, 4ast, 3rb).

A Liga Betclic Masculina regressa no próximo dia 11 (19h00 na FPBtv), com o jogo entre Imortal LUZiGÁS e CAB Madeira a anteceder a 14.ª edição da Taça Betclic Hugo dos Santos.


Benfica, Porto, Sporting e Imortal triunfam

No embate entre Ovarense GAVEX e SL Benfica, o emblema lisboeta superiorizou-se ao conjunto de Ovar e venceu por 96-75.

O emblema visitante entrou melhor e depressa assumiu a liderança do jogo após um parcial de 25-15 nos dez minutos iniciais. A toada manteve-se no decorrer da partida, com os “encarnados” a superiorizarem-se nos segundo e terceiro períodos, em parte graças à maior eficácia no lançamento exterior (11 em 26 tentativas).

Apesar das tentativas de resposta por parte dos comandados de João Tiago Silva, que se mostraram mais fortes nas zonas próximas ao cesto, o Benfica conseguiu controlar as investidas adversárias e venceu por 96-75.

Na equipa da casa importa mencionar Jacoby Armstrong (18pts, 5res, 1ast, 1rb), Brandon Peel (12pts, 8res, 1rb, 1dl) e Cândido Sá (10pts, 3res, 1ast, 1rb). Já nas “águias”, Makram Ben Romdhane (18pts, 4res, 2ast, 1rb), Ivan Almeida (16pts, 7res, 1rb, 1dl), Terrell Carter II (12pts, 8res, 1ast, 1rb, 1dl) e Aaron Broussard (10pts, 7res, 7ast, 1rb) foram as chaves para a vitória.

 

No Dragão Arena o FC Porto recebeu e venceu o CD Póvoa ESC Online por 99-69 e continua na liderança da Liga Betclic Masculina. Num encontro de sentido único e em que os “dragões” lideraram desde o início, o primeiro quarto deu o tom para o restante jogo.

A equipa da casa começou forte e depressa construiu uma vantagem que lhe permitiu gerir os minutos que se seguiram. Os visitantes responderam no segundo período e conseguiram estabilizar o seu jogo, mas o intervalo fez bem à formação de Fernando Sá, que voltou a distanciar-se e selou a vitória.

Max Landis (18pts, 2res, 4ast, 2rb), Teyvon Myers (17pts, 2res, 6ast, 3rb) e Luís Silva (13pts, 1res, 1ast, 1rb e 1dl) comandaram os “dragões”, e Cameron Oluyitan (14pts, 1res, 3ast, 1rb) e Christopher Tawiah (14pts, 5res, 1dl) estiveram em grande plano no Póvoa.

 

O Sporting CP triunfou (89-42) na receção ao Esgueira Aveiro OLI e reagiu da melhor forma após a derrota frente ao Vitória SC na última jornada.

Os “leões” controlaram os ritmos de jogo desde o início da contenda e nunca permitiram que os visitantes se conseguissem aproximar, em parte fruto da maior eficácia no lançamento exterior (12 tiros de três pontos convertidos em 25 tentados), da vantagem na luta das tabelas e do contributo dado pelos atletas provenientes do banco de suplentes.

Marcus Lovett Jr. (14pts, 1res, 3ast, 1rb, 1dl), Joshua Patton (13pts, 9res, 2ast, 2rb, 1dl), Diogo Araújo (12pts, 4res, 1rb) e Travante Williams (12pts, 16res, 9ast) foram as figuras do conjunto lisboeta. No Esgueira merece destaque Pedro Catarino (12pts, 3res, 4ast, 2rb).

 

O Imortal LUZiGÁS venceu (78-67) na visita ao pavilhão do Sangalhos DC Boomerang e somou o quarto triunfo nos últimos cinco jogos. Um embate pautado pelo equilíbrio, a equipa da casa esteve na frente durante grande parte do primeiro quarto antes da reação algarvia no segundo período. Os comandados de Luís Modesto conseguiram dar a volta e ao intervalo venciam por 43.38.

O emblema de Sangalhos reagiu após o intervalo e recuperou a liderança chegando aos cinco pontos de vantagem, mas não demorou muito para que a formação de Albufeira chegasse à igualdade e passasse para a frente do marcador.

Apesar dos esforços por parte do conjunto da casa, a vitória ficou na mão dos visitantes que viram Joshua Ferguson (28pts, 11res, 3rb, 1dl) e Spencer Littleson (23pts, 6res, 1ast, 4rb) em grande plano. Já no Sangalhos, Cleusio Castro (18pts, 2res, 2rb, 5dl) foi o mais esclarecido.

 


Vitória triunfante na receção ao Sporting

Na primeira jornada da Liga Betclic Masculina do ano civil, o Vitória SC começou da melhor forma 2023 ao receber e vencer o Sporting CP por 95-90.

Num embate pautado pelo equilíbrio, ambas as equipas procuraram o triunfo desde o primeiro instante, com um ligeiro ascendente do conjunto visitante. O segundo quarto viu a resposta vimaranense, com o encontro a seguir para intervalo com os “leões” na frente por 48-46.

A equipa da casa procurava inverter a toada do jogo enquanto o emblema lisboeta conseguia segurar as respostas adversárias, algo que se verificou até à entrada para o quarto período, quando o Vitória passou para a frente por 72-70. A emoção não abrandou nos derradeiros dez minutos com as duas formações a trocarem lideranças. Nos instantes finais os comandados de Miguel Miranda mostraram sangue-frio e conseguiram um importante triunfo para as contas da equipa de Guimarães.

Anthony Roberts (22pts, 2res, 3ast), Jacob Tubbergen (20pts, 10res, 4rb, 1dl) e Phlandrous Fleming Jr. (18pts, 6res, 5ast, 4rb, 1dl) lideraram os vimaranenses. No Sporting, Marcus Lovett Jr. (26pts, 2res, 3ast, 2rb) foi o mais esclarecido.

 

Já em Oliveira de Azeméis, o FC Porto bateu a UD Oliveirense por 83-71. A equipa da casa entrou melhor no jogo e liderou durante grande parte do primeiro quarto. O equilíbrio foi maior no segundo período e acabou por ser o ponto de viragem que permitiu aos “dragões” dispararem com a vitória.

Apesar das tentativas de reação da Oliveirense, o triunfo não fugiu ao conjunto azul-e-branco, que viu Max Landis (21pts, 3res, 1ast) liderar a ofensiva. Quanto ao conjunto da casa, Darius Carter (16pts, 5res, 3ast, 2rb, 1dl) mostrou pontaria afinada.

 

No Pavilhão Clube do Povo de Esgueira, a Ovarense GAVEX venceu o Esgueira Aveiro OLI por 87-70. Se o primeiro período viu a equipa da casa estar sempre na liderança, a toada mudou por completo no segundo quarto, altura em que a Ovarense, com um parcial de 9-1, chegou aos dez pontos de vantagem.

O intervalo não alterou o ritmo de jogo e a formação de Ovar fugiu com a vitória fruto de um parcial de 25-14 no terceiro quarto. Apesar da exibição de Ryan Ogden (30pts, 12res, 1ast, 1rb, 1dl) pelo Esgueira, Jordan Robertson (21pts, 6res, 2ast, 2rb, 1dl), Cristovão Cordeiro (13pts, 3res) e Isaiah Johnson (13pts, 1res, 4ast, 7rb) levaram a Ovarense ao triunfo.

 

No último jogo do dia, o Póvoa ESC Online ultrapassou o Lusitânia Expert por 70-63 numa partida marcada pelas várias trocas de liderança que ocorreram durante os 40 minutos.

Num embate decidido nos detalhes e em que as equipas estiveram várias vezes separadas pela margem mínima já nos derradeiros instantes, os 27 pontos marcados por jogadores provenientes do banco acabaram por ser decisivos para a formação da Póvoa de Varzim, que somou a sexta vitória na Liga Betclic Masculina.

Nuno Oliveira (15pts, 5res, 2rb) e Cameron Oluyitan (13pts, 2res, 2ast, 1rb, 1dl) estiveram em grande plano na formação vencedora. Pelo Lusitânia Expert, Ryan Weber (18pts, 3res, 4ast, 1rb) foi o mais certeiro.


FPBtv com quatro transmissões a abrir o ano

Entrámos no ano novo, mas a Liga Betclic Masculina está de regresso esta quarta-feira, com a realização de quatro jogos.

A FPBtv transmite em direto os seguintes encontros:

04/01, 19h00 | Liga Betclic Masculina | UD Oliveirense – FC Porto
04/01, 20h00 | Liga Betclic Masculina | Vitória SC – Sporting CP
04/01, 21h00 | Liga Betclic Masculina | Esgueira Aveiro OLI – Ovarense GAVEX
04/01, 21h30 | Liga Betclic Masculina | CD Póvoa ESC Online – SC Lusitânia Expert


Sporting sorri no “réveillon”

Naquela que foi a última partida de 2022 da Liga Betclic Masculina, o Sporting CP bateu o CD Póvoa ESC Online por 86-73.

Os “leões” ocupam o terceiro lugar da classificação, enquanto a formação nortenha se encontra no nono lugar.

O Sporting controlou as operações durante grande parte do encontro, embora a formação poveira tenha conseguido deixar tudo em aberto até perto do final.

Já no derradeiro quarto, o Póvoa chegou a estar a apenas três pontos de distância (67-64) dos “verde e brancos”, mas os anfitriões acabaram por obter um parcial de 21-15 e somar dois pontos.

Em termos estatísticos, o Sporting ganhou 42 ressaltos e teve Marcus LoVett Jr. (22pts, 5/7 3P, 3res, 9ast, 1rb), Isaiah Armwood (16pts, 6/7 LL, 6res), Diogo Ventura (13pts, 5/10 2P, 3/3 LL, 5res, 4ast, 1rb), Joshua Patton (10pts, 4/8 2P, 7res, 1rb, 2dl) e Travante Williams (10pts, 3/5 2P, 5res, 6ast, 2rb, 3dl).

Por seu turno, no Póvoa, que obteve 10 triplos e 10 roubos de bola, realce para as prestações de Sherwood Brown (14pts, 3/6 3P, 9res, 3ast, 6rb), Cameron Oluyitan (13pts, 3/3 3P, 4/5 LL, 1res, 3ast, 1rb, 1dl) e Abdoulaye Ngom (11pts, 5/7 LL, 8res, 2dl).


Benfica, FC Porto, Ovarense e Esgueira fecham ano a ganhar

A fechar o ano, SL Benfica e FC Porto, dupla da frente da Liga Betclic Masculina, venceram o CAB Madeira e o Imortal Luzigás, respetivamente. Já o Esgueira Aveiro OLI bateu o Vitória SC e a Ovarense GAVEX ultrapassou o Sangalhos DC Boomerang. O duelo entre SC Lusitânia Expert e UD Oliveirense, que estava agendado para esta quarta-feira à noite, foi adiado.

Na Madeira, o Benfica regressou aos triunfos, após a derrota caseira contra o FC Porto, ao superar o CAB por 107-78. Os anfitriões conseguiram manter o equilíbrio durante a maioria do quarto inaugural, mas a partir daí as “águias” fugiram no marcador e nunca mais passaram por sobressaltos. Com parciais de 26-19, 24-16, 31-22 e 26-21, o Benfica construiu um resultado indiscutível, alicerçado em 73% de eficácia (28/38) da linha de dois pontos, 14 triplos e 12 roubos de bola, assim como nas exibições de James Ellisor (21pts, 7/7 2P, 2/3 3P, 2res, 3ast), Terrell Carter (20pts, 9/12 2P, 13res, 3ast, 3rb, 1dl), Ivan Almeida (17pts, 4/6 2P, 5res, 5ast, 2rb, 1dl) e José Silva (13pts, 2/2 2P, 3/5 3P, 2res, 2ast). Por seu turno, no CAB, deram nas vistas Nuno Sá (17pts, 5/5 2P, 9res, 3rb), Charles Speelman (15pts, 3/4 3P, 6res, 2ast), AJ Cheeseman (12pts, 3/5 2P, 3/3 LL, 4res) e Matt Johnson (10pts, 2res, 1rb, 1ast). De referir que este jogo foi antecedido pela entrega do prémio de MVP de novembro da Liga Betclic Feminina a Miriam McKenzie, atleta do emblema insular.

No Dragão Arena, o FC Porto bateu o Imortal por 89-69, depois de estar no comando do resultado durante quase todo o encontro mas o adversário algarvio, em mais do que uma fase, provou por que razão chegou a esta partida com quatro triunfos consecutivos no campeonato. Apesar dos “azuis e brancos” terem chegado a dispor de 16 pontos de vantagem no terceiro quarto, o Imortal ainda conseguiu recuperar terreno. Só que um parcial de 18-7, nos derradeiros 10 minutos, guiou o FC Porto a mais um bom resultado, num encontro em que os donos da casa registaram 61% de eficácia da linha de dois pontos (24/39), sendo que ambas as equipas apontaram oito triplos e averbaram 11 roubos de bola. No capítulo individual, no FC Porto, destaque para as exibições de Max Landis (31pts, 5/8 2P, 6/11 3P, 3/3 LL, 1res, 2ast, 3rb), Michael Finke (15pts, 4/6 2P, 2res, 1ast) e Miguel Queiroz (10pts, 4/7 2P, 12res, 1ast), sobressaindo ainda o facto de 10 dos seus 12 atletas terem pontuado. Quanto ao Imortal, Joshua Ferguson (22pts, 4/6 LL, 11res, 3rb, 1dl), Spencer Littleson (17pts, 6res, 2ast, 2rb) e Marquise Moore (10pts, 4res, 3ast, 1dl).

Depois de quatro derrotas seguidas na Liga, a Ovarense voltou às vitórias ao suplantar o Sangalhos por um expressivo resultado de 108-60. O embate até começou equilibrado, mas depressa a formação vareira assumiu distâncias. Graças a parciais de 23-15, 26-11, 34-12 e 25-22, a Ovarense cavou uma larga diferença, que em muito se deve a 15 triplos, 27 lances livres certeiros num total de 29, 46 ressaltos, 23 assistências e 11 roubos de bola. Em termos individuais, na Ovarense sobressaíram Jordan Robertson (17pts, 3/5 2P, 8/9 LL, 8res, 3ast, 2rb), Davell Roby (16pts, 3/3 2P, 3/5 3P, 2res, 2ast, 1rb), Nuno Morais (16pts, 4/8 3P, 1res, 1ast, 1dl), Jacoby Armstrong (12pts, 8/8 LL, 5res, 2ast, 1dl), Brandon Peel (11pts, 4/4 LL, 10res, 2ast, 2rb, 1dl) e Cândido Sá (10pts, 5res, 3rb), ao passo que no Sangalhos os principais elementos foram Nikita Kasongo (19pts, 7/8 LL, 3res, 2ast, 2rb), Cléusio Castro (10pts, 3/4 2P, 8res, 1ast, 2rb, 2dl), Jerónimo Luís (10pts, 5/6 2P, 6res) e José Maconda (10pts, 3/4 LL, 6ast, 1rb).

O Esgueira sorriu (88-77) na receção ao Vitória, numa partida quase sempre equilibrada. Os anfitriões lideraram as contas ao longo da maioria do jogo, embora com os “conquistadores” por perto e em mais do que um momento no comando. Só que um parcial de 21-13 no último quarto acabou por levar o Esgueira à soma dos dois pontos, numa noite em que o emblema de Aveiro concretizou 14 triplos e 16 dos seus 19 lances livres. Trevon Evans (27pts, 5/6 3P, 4/6 LL, 3res, 3ast), Thomas Laerke (17pts, 5/6 3P, 2res, 3ast), Ryan Ogden (15pts, 3/3 2P, 6/7 LL, 6res, 5ast, 3rb) e Alexander Kappos (12pts, 3/5 2P, 2/3 3P, 7res, 1ast) despontaram no Esgueira, enquanto no Vitória, eficiente em 81% (9/11) da linha de lance livre, assumiram destaque Zachary Simmons (23pts, 10/16 2P, 5res, 1ast, 1rb, 1dl), Saiquan Jamison (15pts, 5/7 2P, 11res, 1ast, 3rb), Pedro Pinto (13pts, 5/8 2P, 2res, 7ast, 1rb), Phlandrous Fleming Jr (12pts, 4/4 LL, 8res, 2ast, 2rb, 1dl) e Pedro Bastos (11pts, 3res, 3ast).


Noticias da Federação (Custom)

“Foi um jogo muito competitivo e o benfica levou a melhor”

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam iaculis blandit magna, scelerisque ultricies nisi luctus at. Fusce aliquam laoreet ante, suscipit ullamcorper nisl efficitur id. Quisque id ornare est. Nulla eu arcu neque. Sed ornare ex quis pellentesque tempor. Aenean urna enim, commodo ut nunc sit amet, auctor faucibus enim. Nullam vitae felis ipsum. Etiam molestie non enim quis tincidunt. Pellentesque dictum, nulla id ultricies placerat, neque odio posuere orci, quis vestibulum justo odio ut est. Nullam viverra a magna eu tempor. Nullam sit amet pellentesque magna. Vestibulum vel fermentum turpis, nec rhoncus ipsum. Ut et lobortis felis, sed pellentesque dolor. Nam ut porttitor tellus, ac lobortis est. Fusce vitae nisl vitae ante malesuada venenatis. Sed efficitur, tellus vel semper luctus, augue erat suscipit nunc, id hendrerit orci dui ac justo.

Pellentesque eleifend efficitur orci, et pulvinar dui tempus lobortis. Proin accumsan tempus congue. Cras consectetur purus et lacinia rhoncus. Ut eu libero eget quam semper malesuada. Aliquam viverra vulputate tempor. Sed ac mattis libero, a posuere ligula. Quisque tellus dui, placerat vel ex in, fringilla fringilla tellus. Aliquam erat volutpat. Aenean convallis quis eros vel ornare. Aliquam et lorem vestibulum, posuere quam ac, iaculis arcu. Fusce feugiat blandit mattis.

Legenda

Praesent sed metus euismod, varius velit eu, malesuada nisi. Aliquam aliquet quam tempor orci viverra fermentum. Sed in felis quis tortor accumsan vestibulum. Aliquam erat volutpat. Maecenas pretium sem id enim blandit pulvinar. Pellentesque et velit id arcu feugiat hendrerit ac a odio. Sed eget maximus erat. Phasellus turpis ligula, egestas non odio in, porta tempus urna. Fusce non enim efficitur, vulputate velit in, facilisis metus.

Nulla sagittis risus quis elit porttitor ullamcorper. Ut et dolor erat. Ut at faucibus nibh. Cras nec mauris vitae mauris tincidunt viverra. Donec a pharetra lectus, vitae scelerisque ligula. Integer eu accumsan libero, id sollicitudin lectus. Morbi at sem tincidunt augue ullamcorper tristique. In sed justo purus. Aenean vehicula quam quis pellentesque hendrerit. Fusce mattis mauris lorem, in suscipit diam pretium in. Phasellus eget porttitor mauris. Integer iaculis justo ut commodo eleifend. In quis vehicula nisi, non semper mauris. Vivamus placerat, arcu et maximus vestibulum, urna massa pellentesque lorem, ut pharetra sem mauris id mauris. Vivamus et neque mattis, volutpat tortor id, efficitur elit. In nec vehicula magna.

Miguel Maria

“Donec Aliquam sem eget tempus elementum.”

Morbi in auctor velit. Etiam nisi nunc, eleifend quis lobortis nec, efficitur eget leo. Aliquam erat volutpat. Curabitur vulputate odio lacus, ut suscipit lectus vestibulum ac. Sed purus orci, tempor id bibendum vel, laoreet fringilla eros. In aliquet, diam id lobortis tempus, dolor urna cursus est, in semper velit nibh eu felis. Suspendisse potenti. Pellentesque ipsum magna, rutrum id leo fringilla, maximus consectetur urna. Cras in vehicula tortor. Vivamus varius metus ac nibh semper fermentum. Nam turpis augue, luctus in est vel, lobortis tempor magna.

Ut rutrum faucibus purus ut vehicula. Vestibulum fermentum sapien elit, id bibendum tortor tincidunt non. Nullam id odio diam. Pellentesque vitae tincidunt tortor, a egestas ipsum. Proin congue, mi at ultrices tincidunt, dui felis dictum dui, at mattis velit leo ut lorem. Morbi metus nibh, tincidunt id risus at, dapibus pulvinar tellus. Integer tincidunt sodales congue. Ut sit amet rhoncus sapien, a malesuada arcu. Ut luctus euismod sagittis. Sed diam augue, sollicitudin in dolor sit amet, egestas volutpat ipsum.