Artigos da Federaçãooo

Portugal bateu-se de frente

A comitiva que representa Portugal no torneio de basquetebol 3×3 iniciou hoje a sua participação nos Jogos do Mediterrâneo, que decorrem em Oman, na Argélia. A formação masculina entrou em campo para enfrentar a Espanha, mas, depois de dez minutos de luta, não conseguiu ultrapassar o forte adversário (14-12).

Num embate pautado pelo equilíbrio desde início, as duas formações disputaram o encontro de forma cerrada, com trocas constantes de liderança fruto da baixa eficácia de lançamento. A experiência espanhola fez-se sentir na fase intermédia da contenda, quando chegaram aos três pontos de vantagem (11-8), diferença que acabou por ser determinante para o resultado final.

André Gomes (cinco pontos) foi o mais esclarecido, seguindo-se Jorge Embaló (quatro pontos), Lamine Banora (dois pontos) e Rui Palhares (um ponto).

A equipa masculina volta a entrar em campo esta sexta-feira, pelas 22h40, para enfrentar a Eslovénia. Já o conjunto feminino tem jornada dupla: mede forças com a Argélia (19h40) e depois com a Sérvia (23h).


Portugal fecha Torneio em Pombal com vitória sobre a Lituânia

No encerramento do Torneio Internacional Cidade de Pombal, Portugal não esteve pelos ajustes e venceu a Lituânia, equipa que também milita na Divisão A europeia, por 54-37.

A Seleção Nacional de sub20 femininos rubricou um primeiro quarto de grande nível, que se traduziu num parcial de 25-4, determinante para o desenrolar dos acontecimentos.

A vantagem lusa nunca viria a baixar da dezena de pontos, numa partida em que a nossa Seleção converteu 11 dos 12 lances livres a seu favor, além de 14 roubos de bola.

Jéssica Azulay (9pts, 5res, 2ast, 5rb) e Leonor Paisana (9pts, 5res, 1ast, 2rb) destacaram-se pelas cores nacionais.

Portugal vai competir no Europeu, cujo início está marcado para 8 de julho. A Seleção Nacional encontra-se no grupo D, onde vai defrontar a Sérvia, Irlanda e Letónia.

No outro jogo desta quinta-feira, em Pombal, a Chéquia confirmou uma participação invicta ao bater a Polónia por 74-70.


Seleção Nacional preparada para enfrentar Hungria

Portugal entra em campo esta sexta-feira, pelas 17h00 (RTP2), para defrontar a Hungria naquele que será o penúltimo encontro da equipa das quinas na primeira ronda de qualificação do Mundial 2023. A Seleção Nacional chegou esta quarta-feira a Budapeste e já treinou na Arena Tuskecsarnok, palco da partida com a seleção magiar.

Antes de voar para a capital húngara, o selecionador nacional Mário Gomes e o jovem base Rafael Lisboa foram os porta-vozes da equipa nacional que pretende regressar a Portugal com a primeira vitória conquistada nesta fase de qualificação, mantendo assim viva a esperança de apuramento para a segunda ronda de qualificação.


“O Maia Basket tem um palmarés riquíssimo para a sua idade”

O Maia Basket Clube comemora, esta quinta-feira, o seu 25.º aniversário. Quando se assinala um quarto de século sobre o nascimento do emblema nortenho, a sua presidente, Cristina Quelhas, falou à FPB.

Cristina Quelhas enaltece a prática basquetebolística da coletividade maiata: “O Maia Basket orgulha-se de ser um dos clubes nacionais com todos os escalões em atividade, desde o baby basket às equipas seniores em ambos os géneros. Atualmente contamos com cerca de 250 atletas em atividade, sendo que 20% deste número pertence ao género feminino”, afirma.

A dirigente recorda como foram os últimos meses: “Foi, sem dúvida, uma época difícil a todos os níveis, com eleições em final de setembro, uma temporada que já estava em marcha quando esta direção tomou posse, todas as contingências e desafios que a Covid-19 colocou a todos. Arrancámos com cerca de 150 atletas e duas equipas seniores nas segundas provas nacionais, exigindo de nós um esforço tremendo para corresponder às necessidades de um clube como o Maia Basket. Os principais objetivos foram todos eles conseguidos, com a manutenção das equipas seniores e na formação a conseguir formar mais e melhores atletas, sendo que conseguimos colocar uma equipa na final nacional de sub16 e três presenças nas finais distritais, sub18 masculinos, sub16 femininos e sub14 masculinos, estes com a conquista do título distrital. Mas, acima de tudo, com a certeza de que todos estes atletas, quer os que iniciaram em outubro, quer aqueles que se foram juntando ao clube durante o decorrer da época, e foram bastantes, chegam a esta altura muito mais preparados a nível desportivo. e a nível pessoal. Trabalho esse reconhecido com as inúmeras chamadas de atletas do Maia Basket às seleções nacionais e distritais, que se deve, também, ao bom trabalho que vinha a ser desenvolvido nas últimas épocas”, diz.

O simbolismo do 25.º aniversário é abordado por Cristina Quelhas: “25 anos são uma marca de juventude. O Maia Basket é, sem dúvida, um clube jovem, eclético, mas com um palmarés riquíssimo para a sua idade. Significa muito esforço para que o clube possa continuar a traçar o seu caminho, trabalhando em prol do basquetebol, mas também da cidade da Maia. Uma cidade que se orgulha por ter o desporto como uma referência e uma prioridade para a população. Significa a responsabilidade de manter os nossos jovens no caminho do desporto e a formar homens e mulheres com verdadeiros princípios humanos e desportivos. Significa continuar a proporcionar mais e melhores condições a todos aqueles que têm no basquetebol a sua paixão. Significa a responsabilidade de criar um clube com um ADN forte e onde todos se sintam em casa, que o Maia Basket seja a segunda família dos nossos atletas e seus familiares. Daqui já saíram muitos campeões desportivos, mas muitos mais campeões na vida, que acabam, na sua esmagadora maioria, por se formar e concluir os seus estudos”, destaca.

A presidente aponta ao crescimento: “O Maia Basket está vivo e o basquetebol na cidade da Maia também. O futuro reserva-nos o desafio de orientar o clube para que seja o mais “profissional” possível, nesse sentido temos vindo a recrutar uma equipa técnica e de coordenação que nos permita atingir os nossos objetivos de formar atletas com o maior número de valências desportivas e pessoais, mas também de atingir sucessos desportivos. Queremos prolongar estes 25 anos por muitos mais e desenvolver estruturas dentro do clube e da cidade da Maia para elevar o basquetebol. A aposta no feminino será uma realidade, assim como a continuidade no masculino, de forma a cativar mais atletas criando ainda mais o espírito “Redblues”, que caracterizou os 25 anos que agora festejamos. Procuraremos recuperar os melhores momentos dos anos recentes, quer em números de atletas, quer em condições para esses atletas. Apostar na formação de atletas e treinadores para o crescimento da modalidade no distrito, na região e no país”, termina.

 

Nota: Foto retirada do Facebook oficial do Maia Basket Clube

 


Neemias Queta homenageado pela Fundação do Desporto

Decorreu, esta quarta-feira, a III Gala de Prémios Empresariais, uma iniciativa conjunta entre a Fundação do Desporto e a entidade espanhola, “Patrocina un Desportista”.

O evento, que decorreu no Museu do Oriente, em Lisboa, contou com várias personalidades desportivas e institucionais, destacando-se a presença do presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol, Manuel Fernandes, do secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Correia, do presidente do IPDJ, Vítor Pataco, do presidente da Confederação do Desporto, Carlos Paula Cardoso, e do presidente do Comité Paralímpico, José Lourenço.

O basquetebol português acabou por estar em destaque, com Neemias Queta a receber o “Prémio Especial “Fundação Do Desporto” | Desportista da Atualidade” e o Comendador Carlos Barroca a ser homenageado com o “Prémio Especial “Patrocina Un Deportista” | Carreira Desportiva”.

O presidente da FPB, Manuel Fernandes, recebeu o prémio do internacional jovem português, que se encontra na Califórnia com o Sacramento Kings, a preparar a participação na Summer League da NBA.


Frieza polaca parou reação lusa

Portugal bateu-se com a Polónia no segundo jogo do Torneio Internacional Cidade de Pombal, mas acabou por não chegar ao triunfo (62-51).

Num embate pautado pelo equilíbrio, a equipa das quinas entrou melhor e conseguiu manter-se na liderança durante os primeiros vinte minutos. Apoiada na intensidade defensiva (17 roubos de bola contra 7) Portugal recolheu ao intervalo a vencer por 30-26.

Apesar dos bons momentos nos dois primeiros quartos, a Polónia voltou melhor do intervalo e, com um parcial de 19-9, passou para a dianteira e não mais a perdeu, apesar das investidas portuguesas para recuperar a vantagem.

Beatriz Santos (12pts, 3res, 2rb), Inês Vieira (8pts, 1res, 3ast, 3rb), Eva Carregosa (5pts, 4res, 3ast, 2rb) estiveram em evidência na equipa comandada por José Araújo.


Participação nos Jogos do Mediterrâneo arranca esta quinta-feira

É já esta quinta-feira que arranca a missão portuguesa no torneio de 3×3 dos Jogos do Mediterrâneo, na cidade argelina de Oran. A Seleção Nacional de sub23 masculinos é composta André Gomes (SC Braga), Jorge Embaló (CAB Madeira), Lamine Banorá (Illiabum Clube) e Rui Palhares (FC Barreirense) e faz parte do grupo B, defrontando a Espanha esta quinta-feira (20h20) e a Eslovénia no dia seguinte (22h40).

João Chaves, selecionador nacional masculino, em declarações à FPB, destaca a boa preparação: “O balanço da preparação é bastante positivo. Apesar de algumas limitações iniciais por haver sobreposição de estágios de outras Seleções Nacionais, conseguimos articular com a FPB, as equipas técnicas e os jogadores, e acabámos por ter excelentes condições de trabalho, quer em Tomar, quer em Évora. De realçar também que, para além das condições logísticas e técnicas, conseguimos cumprir com a nossa responsabilidade como agentes da modalidade, com a presença em Tomar no âmbito do Inter-Seleções de su17, e com a integração de jogadores, treinadores e clubes locais, durante o estágio em Évora. Acreditamos que, para além de prepararmos da melhor forma a competição, podemos e devemos aproveitar estas oportunidades para divulgar e aproximar a comunidade do basquetebol”, afirma,

O treinador mostra-se confiante: “A equipa encontra-se bem preparada e muito motivada para iniciar a competição, sabendo que temos pela frente adversários de grande valor e tradição (Espanha e Eslovénia), mas com a consciência de que podemos competir com qualquer adversário. Prova disso mesmo, são os resultados alcançados no ano passado com as Seleções Nacionais de sub17, e recentemente com a Seleção Nacional sénior feminina”, analisa.

Para João Chaves, a intensidade será fundamental: “Nestas provas não há segredos… é competir no limite e ir ganhando, jogo a jogo, com a entrega máxima em todas as posses de bola, em todos os segundos do jogo e, no somatório de todos os pormenores, sermos capazes de nos superiorizarmos aos nossos adversários”, refere.

O selecionador aponta o foco para os triunfos: “O objetivo no 3×3 é sempre vencer todos os jogos, sabendo que, se isso acontecer, trazemos a medalha de ouro para Portugal. Isso seria, naturalmente, um feito extraordinário, mas estamos confiantes de que, ao nosso melhor nível, esse objetivo é possível de alcançar”, finaliza.

Já na equipa feminina as atletas são Alice Martins (CAB Madeira), Maria Marinho (CLIP), Mariana Silva (SL Benfica) e Raquel Laneiro (União Sportiva). Portugal compete no grupo A e mede forças diante da Argélia (sexta-feira, 19h) e da Sérvia (sábado, 23h).

Américo Santos, selecionador nacional, enaltece a qualidade das atletas: “Faço um balanço muito positivo da preparação. Fizemos três estágios – o primeiro com 12 atletas, os dois seguintes com oito – e a entrega das jogadoras foi excecional, quase todas passaram da seleção universitária para esta, houve muito sacrifício da sua parte. A convocatória final foi uma “dor de cabeça”, o nível geral foi muito bom. Quase podíamos ter vindo com duas equipas e discutiríamos todos os jogos”, vinca.

Na ótica de Américo Santos, todos os pormenores poderão ser decisivos: “Encontramo-nos muito bem. Faz sempre falta um Torneio Internacional, mas tentámos adaptar os treinos à competição. Vamos ter que crescer aqui na prova, procurar entrar bem na fase de grupos. São jogos de “mata-mata”, cada segundo conta, cada posse de bola conta, cada desconcentração pode custar o apuramento”, diz.

Para o treinador português, há um cariz imprevisível neste tipo de prova: “No 3×3 é muito difícil avaliarmos os adversários. Vamos ter que os observar rapidamente em campo, teremos de ser rápidos a tomar decisões, há muito pouca competição de seleções. Arriscamos dizer que a Sérvia é a equipa mais forte, mas no 3×3 tudo muda rapidamente, qualquer equipa pode ganhar”, alerta.

Quanto a objetivos, Américo Santos é pragmático: “Queremos ganhar todos os jogos, o que significa a conquista da medalha de ouro”, conclui.

Podem consultar aqui toda a informação sobre a prova.


“Esta experiência pode significar uma mudança de mentalidade”

A Seleção Nacional sub22 de BCR já realizou os primeiros treinos, no Centro de Treino Olímpico e Paralímpico de Pajulahti, Finlândia. A cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos Europeus da Juventude está prevista para as 16h – hora portuguesa – de amanhã, 30 de junho, ao passo que a estreia em competição acontece na sexta-feira, 1 de julho, com duplo compromisso, frente a Itália e Irlanda.

Ricardo Vieira, selecionador nacional, manifesta o seu contentamento com as primeiras indicações deixadas pelos atletas. “O grupo está entusiasmado. E o facto de termos aqui três jovens de 15 anos na sua primeira experiência, naquilo que é mais parecido com umas Paraolimpíadas, uma competição internacional, acaba por ser muito satisfatório”, sublinha o técnico, que enalteceu a resposta positiva no jogo-treino com a Irlanda, onde o objetivo passava por “terem uma experiência o mais próxima possível do jogo”.

Sem negar a ambição de “trazer uma medalha para Portugal”, o timoneiro da equipa nacional, na génese do projeto sub22, valoriza o potencial impacto transformador da prova no atleta de BCR nacional, à semelhança do que acontecera na edição de 2019. “Já perceberam que esta experiência pode significar uma mudança de mentalidade. É essencial passar aos miúdos que é possível chegarem a atletas profissionais. Para tal, precisam de trabalhar a um nível mais exigente e, como consequência, saírem de Portugal ou operarmos uma mudança tão grande que o atleta começa a procurar outras formas de trabalhar, ajudando assim a nossa seleção principal”, explica.

De salientar que Nuno Nogueira será um dos porta-estandartes de Portugal, na cerimónia de abertura, a par de Catarina Monteiro, atleta de Boccia. A convite da organização, o selecionador nacional Ricardo Vieira integrará o Comité Técnico do torneio.

 

Calendário e transmissões – hora portuguesa


“Sinto que valeu a pena começar”

O Clinic Internacional de Formação de 2022 ficou marcado, não apenas pelo regresso ao formato presencial, mas também pela homenagem a um dos obreiros que iniciou a formação: Eliseu Beja.

Antigo treinador que contou com passagens por Sport Algés Dafunto, CDUL, Estrelas da Avenida e FC Barreirense, Eliseu Beja conquistou inúmeros troféus ao longo da sua carreira como técnico antes de se tornar diretor da Escola Nacional de Basquetebol.

Durante o último dia do Clinic Internacional de Formação, que o próprio ajudou a criar, Eliseu foi surpreendido com a homenagem do “Prémio Carreira” por parte dos seus pares, um dos quais o selecionador nacional de seniores masculinos, Mário Gomes, que não esteve presente na cerimónia, mas fez questão de deixar uma mensagem:

“Quem me conhece, sabe que gostaria muitíssimo de estar hoje convosco e marcar presença “ao vivo” na homenagem que será prestada ao Professor Eliseu Beja.

Não me sendo possível fazê-lo, venho associar-me à mesma através desta singela, mas muito sincera, mensagem.

Para mim, o Eliseu significa Amizade, Solidariedade e Gratidão.

Fico-me por esta última, pois a justíssima homenagem que hoje te prestamos não é mais que transmitir-te a gratidão que, não só eu, mas todos os treinadores portugueses, te devemos pelo muito que fizeste por nós e pela nossa formação, ao longo de tantos e tantos anos!

Basta lembrar que, se hoje há Clinic de Cantanhede, mais, se hoje há Escola Nacional de Basquetebol, a ti o devemos! Dirás que nada fizeste sozinho, o que, sendo verdade, só reforça o teu mérito em conseguir mobilizar pessoas e vontades para trabalharem contigo, em prol do basquete português. Por isso, serás sempre o nosso Magnífico Reitor!

Mas, o Eliseu foi muito mais que isso e é, para muitos de nós, uma referência da nossa modalidade, infelizmente pouco, ou nada, reconhecida, como tantos outros…

No entanto, quem com ele contactou de forma próxima, reconhece-o como grande Treinador que foi, assim como foi um Professor e Formador de elevadíssimo nível. Bastará indagar junto dos Clubes em que trabalhou ou dos estudantes e colegas do ISEF de Lisboa de há umas décadas, para comprovar e reforçar quão justa é esta homenagem.

Por tudo isto e muito mais e, acima de tudo, por seres a Pessoa que és,

Muito obrigado! Aquele abraço”

Após a cerimónia, Eliseu Beja falou à FPBtv sobre a homenagem e confessou sentir-se orgulhoso pelo reconhecimento, mas destacou que apenas fez “o que alguém na sua posição faria” e que teve o apoio de inúmeros colegas.


FPBtv acompanha preparação das seleções jovens

Com as diferentes seleções nacionais jovens a preparar a sua participação nos respetivos Campeonatos da Europa, a FPBtv vai acompanhar a par e passo todos os encontros de treino.

Fruto da presença das equipas portuguesas nos europeus de sub20, sub18 e sub16 ao longo de julho e agosto, e com vários encontros de preparação já marcados para cada seleção, o canal federativo irá garantir a transmissão de todos em sinal aberto. Assim, apenas será necessário criar conta para assistir a todas as partidas já agendadas.

FEMININO

Sub20

Sub18

Sub16

 

MASCULINO

Sub20

Sub18

Sub16

Sub15

A FPBtv é o serviço de streaming online da Federação Portuguesa de Basquetebol, que garante a transmissão de conteúdos audiovisuais acerca da atualidade do basquetebol nacional, com a transmissão, na íntegra, das Liga Betclic Feminina e Liga Betclic Masculina, bem como de vários encontros relativos às edições feminina e masculina da Taça de Portugal, todos os pontos altos do basquetebol português e ainda vários encontros dos restantes campeonatos seniores – Proliga, 1.ª e 2.ª Divisões Feminina e Masculina e o Campeonato Nacional de BCR.


Portugal quase bate o pé à Espanha

No segundo teste face à Espanha, candidata a ganhar o Europeu, a Seleção Nacional de sub20 masculinos realizou uma grande exibição, apesar do resultado final de 67-72. Contra uma formação composta por jogadores já habituados a palcos importantes, como na Liga ACB e na Euroliga, Portugal esteve na dianteira por mais do uma vez, inclusivamente perto do soar da buzina.

A equipa lusa chegou a ter uma desvantagem acima da dezena de pontos na primeira parte, mas recuperou de uma forma espetacular, com destaque para o parcial de 20-7 no terceiro quarto.

No início dos derradeiros 10 minutos, a vantagem portuguesa chegou a ser de oito pontos (54-46), até que a turma do país vizinho voltou para o comando. Entrou-se então num ritmo imprevisível, com a nossa Seleção a ter mesmo mais uma situação de liderança, a 2:27 do final, só que oito pontos consecutivos para a Espanha decidiram a questão.

Portugal ganhou a luta das tabelas (43-32 em ressaltos) e viu sobressaírem um inspirado André Cruz (23pts, 10res, 2ast, 2rb) e Diogo Seixas (9pts, 3res, 2ast). Contribuíram ainda para a noite positiva portuguesa os atletas Rúben Prey, Stanley Bordon, António Lucas, , Guilherme Saiote, Hugo Silva, Diogo Soares, Vasco Lança, Afonso Parrinha, Tiago Almeida e Afonso Guedes.

Os sub20 masculinos vão disputar o Europeu da Divisão A em Montenegro, na cidade de Podgorica. A competição arranca a 16 de julho e Portugal faz parte do grupo B, juntamente com a Grécia, Itália e Israel.


Pedidos de acreditação para o Portugal vs. Montenegro

Informam-se os órgãos de comunicação social que o pedido de acreditação para estar presente no último encontro da 3.ª janela de qualificação para o Campeonato do Mundo FIBA 2023, entre Portugal e Montenegro, a disputar-se no próximo dia 4 de julho (segunda-feira) no Pavilhão Multiusos de Odivelas, pelas 19h00, deve ser requerido na plataforma de acreditação da FIBA.

O pedido de acreditação deve ser feito após registo na plataforma da FIBA, seguindo-se a requisição da acreditação no menu reservado aos próximos eventos – FIBA Basketball World Cup 2023 European Qualifiers (window 3).


Noticias da Federação (Custom)

“Foi um jogo muito competitivo e o benfica levou a melhor”

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam iaculis blandit magna, scelerisque ultricies nisi luctus at. Fusce aliquam laoreet ante, suscipit ullamcorper nisl efficitur id. Quisque id ornare est. Nulla eu arcu neque. Sed ornare ex quis pellentesque tempor. Aenean urna enim, commodo ut nunc sit amet, auctor faucibus enim. Nullam vitae felis ipsum. Etiam molestie non enim quis tincidunt. Pellentesque dictum, nulla id ultricies placerat, neque odio posuere orci, quis vestibulum justo odio ut est. Nullam viverra a magna eu tempor. Nullam sit amet pellentesque magna. Vestibulum vel fermentum turpis, nec rhoncus ipsum. Ut et lobortis felis, sed pellentesque dolor. Nam ut porttitor tellus, ac lobortis est. Fusce vitae nisl vitae ante malesuada venenatis. Sed efficitur, tellus vel semper luctus, augue erat suscipit nunc, id hendrerit orci dui ac justo.

Pellentesque eleifend efficitur orci, et pulvinar dui tempus lobortis. Proin accumsan tempus congue. Cras consectetur purus et lacinia rhoncus. Ut eu libero eget quam semper malesuada. Aliquam viverra vulputate tempor. Sed ac mattis libero, a posuere ligula. Quisque tellus dui, placerat vel ex in, fringilla fringilla tellus. Aliquam erat volutpat. Aenean convallis quis eros vel ornare. Aliquam et lorem vestibulum, posuere quam ac, iaculis arcu. Fusce feugiat blandit mattis.

Legenda

Praesent sed metus euismod, varius velit eu, malesuada nisi. Aliquam aliquet quam tempor orci viverra fermentum. Sed in felis quis tortor accumsan vestibulum. Aliquam erat volutpat. Maecenas pretium sem id enim blandit pulvinar. Pellentesque et velit id arcu feugiat hendrerit ac a odio. Sed eget maximus erat. Phasellus turpis ligula, egestas non odio in, porta tempus urna. Fusce non enim efficitur, vulputate velit in, facilisis metus.

Nulla sagittis risus quis elit porttitor ullamcorper. Ut et dolor erat. Ut at faucibus nibh. Cras nec mauris vitae mauris tincidunt viverra. Donec a pharetra lectus, vitae scelerisque ligula. Integer eu accumsan libero, id sollicitudin lectus. Morbi at sem tincidunt augue ullamcorper tristique. In sed justo purus. Aenean vehicula quam quis pellentesque hendrerit. Fusce mattis mauris lorem, in suscipit diam pretium in. Phasellus eget porttitor mauris. Integer iaculis justo ut commodo eleifend. In quis vehicula nisi, non semper mauris. Vivamus placerat, arcu et maximus vestibulum, urna massa pellentesque lorem, ut pharetra sem mauris id mauris. Vivamus et neque mattis, volutpat tortor id, efficitur elit. In nec vehicula magna.

Miguel Maria

“Donec Aliquam sem eget tempus elementum.”

Morbi in auctor velit. Etiam nisi nunc, eleifend quis lobortis nec, efficitur eget leo. Aliquam erat volutpat. Curabitur vulputate odio lacus, ut suscipit lectus vestibulum ac. Sed purus orci, tempor id bibendum vel, laoreet fringilla eros. In aliquet, diam id lobortis tempus, dolor urna cursus est, in semper velit nibh eu felis. Suspendisse potenti. Pellentesque ipsum magna, rutrum id leo fringilla, maximus consectetur urna. Cras in vehicula tortor. Vivamus varius metus ac nibh semper fermentum. Nam turpis augue, luctus in est vel, lobortis tempor magna.

Ut rutrum faucibus purus ut vehicula. Vestibulum fermentum sapien elit, id bibendum tortor tincidunt non. Nullam id odio diam. Pellentesque vitae tincidunt tortor, a egestas ipsum. Proin congue, mi at ultrices tincidunt, dui felis dictum dui, at mattis velit leo ut lorem. Morbi metus nibh, tincidunt id risus at, dapibus pulvinar tellus. Integer tincidunt sodales congue. Ut sit amet rhoncus sapien, a malesuada arcu. Ut luctus euismod sagittis. Sed diam augue, sollicitudin in dolor sit amet, egestas volutpat ipsum.