Algés mandou em casa

Mais um resultado positivo alcançado pelo Algés, que ao jogar em casa, não desperdiçou a oportunidade de somar outra vitória, a sétima na fase regular, frente ao Illiabum.

Competições
14 FEV 2015

Os algesinos reagiram bem a um mau inicio de encontro, e com um segundo período de grande qualidade, embalaram para um sucesso que, uma vez mais, assentou num bom desempenho defensivo por parte dos comandados de André Martins.

 

O Illiabum deslocou-se a Lisboa pressionado pela necessidade de conquistar pontos, um objetivo que obriga a equipa de Ílhavo a vencer jogos. E foi com essa determinação que os forasteiros entraram no jogo, pois passados 10 minutos venciam por sete pontos de diferença (20-13).

 

Até ao intervalo, o Algés corrigiu os aspetos defensivos, os forasteiros baixaram a sua marcação, e tudo se tornaria mais fácil para o ataque dos visitados. Em tempo de descanso a equipa lisboeta já seguia na frente do marcador (36-31), uma posição que não mais viria a largar, já que venceu os dois quartos disputados na etapa complementar.

 

Os dois conjuntos equivaleram-se em muitos capítulos do jogo, mas a linha de três pontos acabaria por ser uma área que marcaria a diferença neste encontro. Os jogadores do Algés estiveram melhor nos tiros de longa distância (8/22 – 36% vs 3/16 – 19%), e forçaram o adversário a cometer 19 turnovers durante o encontro. Isto apesar de os ilhavenses se terem mostrado mais coletivos na forma como partilharam a bola nos seus movimentos ofensivos (12 vs 6 assistências).

 

João Santos, autor de 16 pontos, foi o melhor marcador da equipa vitoriosa, seguido depois por Josimar Cardoso (11 pontos e 6 ressaltos) e Henrique Piedade (10 pontos). O norte-americano Darren Townes (8 pontos e 9 ressaltos) voltou a ter papel importante no triunfo do Algés.

 

O duplo-duplo (16 pontos e 13 ressaltos) registado por Stephen Nwaukoni não bastou para que o Illiabum tivesse saído da capital com o tão desejado triunfo.  

Competições
14 FEV 2015

Mais Notícias