APD Braga e APD Leiria com triunfos categóricos

Regresso do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de BCR

GDD Alcoitão vs APD Leiria
Atletas | Competições
2 MAR 2021

No regresso do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de basquetebol em cadeira de rodas, os favoritos APD Braga e APD Leiria impuseram-se com contundência. Os bracarenses, tetracampeões nacionais, obtiveram a vitória mais folgada (38-80), apesar da boa réplica inicial do Basket Clube de Gaia, enquanto os leirienses trouxeram de Queluz mais dois pontos (49-64), perante um GDD Alcoitão em crescendo.

 

Basket Clube de Gaia 38-80 APD Braga

Em Gaia, os anfitriões obrigaram a APD Braga a esforços redobrados, graças a uma entrada fulgurante, com muito acerto ofensivo, particularmente de Pedro Bártolo (2.5), que capitalizou alguma apatia defensiva adversária. Em zonas mais interiores, João Rumor (4.0), poste dos gaienses, constituiu uma segunda ameaça difícil de parar. Do lado bracarense, Márcio Dias (4.5), Filipe Carneiro (2.0) e José Miguel Gonçalves (3.0) orquestraram o ataque bem oleado de Braga, a par de Eduardo Gomes (4.0), cuja entrada também revestiu a equipa de maior poder de fogo e serenidade. Paulatinamente, os comandados de Ricardo Vieira recuperaram o controlo da partida e, depois de uma segunda parte equilibrada (30-38), a agressividade e concentração a nível defensivo, ora com adoção de pressão, ora com um esquema em linha bem para lá dos 6,75, permitiu um domínio absoluto, à imagem de partidas anteriores. Já o BC Gaia viu ainda mais dificultada a sua missão com as quartas faltas de João Rumor (4.0) e Rui França (2.5), este posteriormente excluído.

Parciais: 13-15 / 17-23 / 3-24 / 5-18

Melhores marcadores: BC Gaia – #8 Pedro Bártolo 18pts, #5 João Rumor 12pts; APD Braga – #4 Márcio Dias 33pts, #9 Eduardo Gomes 14pts

 

GDD Alcoitão 49-64 APD Leiria

O GDD Alcoitão continua a perseguir a primeira vitória. Desta feita, os cascalenses até deram mostras evidentes de evolução, ao pautar o seu jogo por maior entreajuda e pendor coletivo nas ações ofensivas, mas, do outro lado, a APD Leiria não se deixou amedrontar e vincou a sua supremacia do ponto de vista físico e no jogo interior, com as suas três “torres”, Iderlindo Gomes (4.0) – 24pts -, Marco Francisco (4.5) – 20pts –  e João Silva (4.0) – 17pts – altamente produtivas. Nos locais, às ameaças habituais, Hugo Maia(2.5) – 12pts -, Rui Pedro (2.5) – 12pts – e Pedro Macedo (4.0) – 10pts -, juntou-se o contributo valioso do jovem de 19 anos André Gomes (3.0) – 8pts.

Parciais: 8-15 / 17-19 / 8-6 / 16-24

Melhores marcadores: GDD Alcoitão: #15 Hugo Maia 12pts, #8 Rui Pedro 12pts; APD Leiria – #10 Iderlindo Gomes 24pts, #5 Marco Francisco 20pts

Atletas | Competições
2 MAR 2021
publicidade

Mais Notícias