CAB Madeira e Quinta dos Lombos na decisão

A primeira palavra terá que ir para a magnifica organização e para um pavilhão repleto de público que fizeram do primeiro dia da Final 4 da Taça de Portugal um sucesso ainda antes do inicio dos jogos.

Competições | FPB
7 MAR 2015

 

No primeiro jogo da tarde, as “amigas” desenvencilharam-se de um incómodo Sportiva que nunca se entregou e que manteve, quase até final, o jogo em aberto. 73-61 foi o resultado favorável às madeirenses que, assim, defenderão na Final de amanhã o troféu que ainda detém.

 

No segundo jogo, a Quinta dos Lombos foi mais forte na reta final e garantiu a presença na Final depois de derrotar a aguerrida formação do Boa Viagem por 67-83.

 

A Final joga-se amanhã pelas 16h00.

Um duelo insular entre CAB Madeira e União Sportiva abriu as hostilidades no Funchal. Teórico favoritismo do CAB e ambição legítima do Sportiva encontravam-se dentro das 4 linhas perante um pavilhão completamente cheio e um ambiente fantástico.

 

Começou melhor a equipa madeirense com um parcial de 11-5 que ampliou para 13 pontos de vantagem no final dos primeiros 10 minutos (24-11). Cedo no jogo se marcava alguma distância no marcador.

 

O segundo período pouco trouxe de novo e durante 2 minutos ninguém acertava com o cesto. Um triplo para cada lado marcou a tendência até ao intervalo que chegaria com um empate nos segundos 10 mn e os mesmos 13 pontos de distância no placard (39-26).

 

As micaelenses insistiam na zona defensiva e poucos dividendos recolhiam no regresso dos balneários com as madeirenses a controlarem diferenças mantendo as adversárias à distância de dois dígitos (53-42) apesar da aparente tentativa de reação.

 

Nada estava decidido mas também se percebia que o CAB Madeira tinha a partida sob controlo. Algumas tentativas esporádicas de reação não colocaram em causa a superioridade do CAB e a 3 mn do final poucas dúvidas quanto ao primeiro finalista da taça (68-52). O final chegou com um triunfo de 73-61.

 

Destaques individuais para Kristen Mann com 18 pts e 9res e para o duplo-duplo de Ashley Brunner (16 pts e 10 res) no CAB e para Rosinha Rosário (23 pts e 9 res), Tamara Milovac (14 pts) e Felicité Mendes (12 pts) nas açorianas.

 

Na segunda meia final, bom inicio da Quinta dos Lombos que cedo cavou um fosso na ordem da dezena de pontos. Todavia, paulatinamente, as terceirenses foram encontrando o seu jogo e reagindo. No final do primeiro parcial as diferenças já estavam em apenas 5 pontos e o segundo período viria a acentuar o equilíbrio. Apesar da equipa do continente continuar na liderança o marcador já não registava duplo digito e o equilíbrio era repartido. O Boa Viagem ia batalhando pelo resultado e ao intervalo estava a 7 pontos (34-41) deixando tudo em aberto para a segunda metade.

 

 

Melhor inicio da equipa da linha de Cascais que voltou a marcar diferenças na ordem da dezena de pontos. No entanto, as terceirenses estavam decididas a lutar palmo a palmo pela vitória e pela presença na final e, de pronto, voltaram a reagir. Pouco a pouco reentraram na discussão do jogo e chegavam ao decisivo período a apenas 6 pontos de distância (54-60).

 

Tudo em aberto para 10 minutos finais de emoção. A tendência ia-se mantendo e nada estava resolvido. O Boa Viagem lutava por “encostar” o marcador e os Lombos por aumentar distância. À entrada dos 5 minutos finais tudo ainda por resolver mas um contra-ataque bem urdido coloca 10 pontos favoráveis à formação oriunda do continente (61-71). Foi, provavelmente, o momento decisivo da partida. Alcançados os duplos dígitos a equipa terceirense já não conseguiu esboçar reação e a 3 minutos do final estavam a 13 pontos (63-76).

 

As pupilas de José Leite sentiram o jogo “na mão” e geriram o resultado garantindo o triunfo e a presença na final depois da vitória por 67-83

 

Destaques individuais nas vencedoras para os duplos-duplos americanos de D’Lesha Loyd (21 pts e 12 res) e Shanel Harrison (17pts e 13 res). No Boa Viagem, Myneshia Mackenzie ainda batalhou com 28 pts e 14 res bem secundada pelos 19 pts e 8 res de Vitória Pacheco e os 13 pts de Célia Simões.

Competições | FPB
7 MAR 2015

Mais Notícias