CPN e Sportiva vencem nos últimos intantes

CAB Madeira ultrapassou o Imortal na 4.ª jornada da Liga Betclic Feminina

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2
Competições
16 OUT 2022

No primeiro jogo do dia, o CAB Madeira recebeu e venceu o Imortal Tcars por 66-59, conseguindo assim a sua segunda vitória na presente edição da Liga Betclic Feminina.

Em fim de semana de jornada dupla na Madeira, as visitantes entraram com melhor ritmo e assumiram a liderança. As comandadas de Fátima Silva reagiram no segundo período e reduziram a desvantagem na saída para o intervalo.

Ao aproveitar a falta de eficácia algarvia no lançamento exterior, que converteu apenas dois em 19 tentativas, o CAB cresceu após o descanso e chegou à igualdade à entrada para o quarto período. A toada manteve-se nos últimos dez minutos, com o triunfo a ficar no Funchal por 66-59.

Paige Cannon (17pts, 10res, 4ast, 1rb), Miriam Mckenzie (16pts, 9res, 2ast, 1dl), Brooklyn Mcdavid (11pts, 11res, 1rb, 1dl) e Maria Lopes (11pts, 1res, 6ast, 3rb) comandaram a equipa da casa, enquanto Márcia Carvalho (9pts, 4res, 2ast, 1rb) e Letícia Lisboa (9pts, 7res, 2ast, 2rb, 1dl) foram as mais esclarecidas no Imortal.

 

Em Ermesinde, o CPN Imopartner levou a melhor sobre a Quinta dos Lombos por 68-67 num encontro com incerteza até ao último segundo. A equipa da casa entrou melhor, mas a formação lisboeta cresceu com o decorrer do primeiro quarto.

No início do segundo quarto a vantagem do emblema de Carcavelos chegou aos dez pontos, mas foi sol de pouca dura dada a reação das comandadas de Agostinho Pinto, que recuperaram e ao intervalo venciam por 36-33.

O intervalo não alterou a toada e o equilíbrio pautou os primeiros minutos do terceiro período. Contudo, foi a equipa de José Leite que se conseguiu distanciar e entrou para os derradeiros dez minutos a vencer por nove pontos. O CPN não baixou os braços e reentrou na luta pela vitória. Os instantes finais foram pautados por incerteza a igualdades constantes, mas o triunfo acabou por cair para a equipa da casa.

Na formação de Ermesinde importa mencionar Grace Gilmore (16pts, 6res, 1ast), Isabela Quevedo (14pts, 9res, 1rb, 1dl) e Laura Silva (13pts, 2res, 2ast). Já na Quinta dos Lombos, Inês Faustino (18pts, 1res, 1ast, 1rb) e Michaela Porter (17pts, 11res, 2ast, 1rb) destacaram-se.

 

Já em Ponta Delgada, o Sportiva AZORISHOTELS venceu o GDESSA Barreiro nos instantes finais (65-64). A formação açoriana, que chegou a este encontro após uma derrota a contar para a qualificação para a EuroCup Women, entrou a todo o gás e esteve na liderança durante praticamente todo o jogo, com uma vantagem que chegou aos 14 pontos.

À entrada para o quarto período o marcador assinalava 53-47 para as insulares, que conseguiram conter a reação adversária até aos últimos instantes. Contudo, um parcial de 6-2 dentro dos últimos três minutos colocou o GDESSA na frente por 64-62. A emoção continuou até aos últimos segundos, altura em que Vânia Sengo converteu um lançamento de três pontos que deu a vitória à equipa da casa.

Emanuely Oliveira (15pts, 3res, 2ast), Luana Serranho (13pts, 4res, 4ast, 1dl) e Eva Carregosa (10pts, 7res, 4ast, 1rb) comandaram o Sportiva. Krystal Freeman (20pts, 10res, 1ast, 3res) e Márcia Costa Robalo (17pts, 6res, 3ast, 2rb) foram as figuras do GDESSA.

Competições
16 OUT 2022

Mais Notícias