«Capacidade de luta e entreajuda»

O ciclo de maus resultados do Esgueira foi interrompido com um triunfo diante de uma das melhores formações da Proliga, o Dragon Force.

Atletas | Competições
5 MAR 2014

A vitória é moralizadora e “serve para mostrar que a equipa tem valor”. Segue-se o Terceira Basket e o conjunto de Esgueira não quer sair do trilho do sucesso.

Depois de um inicio brilhante, a equipa viveu um ciclo menos positivo. Encontra alguma explicação para esta aparente baixa de rendimento?É verdade que realizámos uma primeira volta de campeonato com resultados muito positivos, aumentando, de certa forma, as expectativas em relação à nossa equipa. O que é facto é que fomos ganhando com mérito, conseguindo ser fortes nas partes finais dos encontros, mas, na minha opinião, alguns desses jogos também poderiam ter caído para os nossos adversários. Assim, não podemos encontrar uma grande explicação para esta fase negativa que temos vindo a atravessar, temos é que atribuir mérito e competência aos nossos adversários que demonstraram ser mais fortes e eficazes. Acredita que esta vitória frente ao Dragon Force poderá ser o inicio de uma nova fase?Mais importante do que pensar num novo ciclo, acredito que esta vitória foi importante para demonstrar que, apesar dos resultados negativos que temos vindo a obter, esta equipa tem valor.Consegue apontar os fatores que permitiram quebrar o ciclo vitorioso do Dragon Force?Na minha opinião, a vitória contra o Dragon Force só foi alcançada devido ao reaparecimento dos fatores que mais caraterizam a nossa equipa, capacidade de luta, entreajuda defensiva e um forte espírito de união em campo. Para além destes, é importante destacar que o apoio incondicional que o público de Esgueira nos transmite é, sem dúvida, uma grande ajuda para os jogadores.Julga que os próximos jogos em casa serão decisivos para definir a vossa posição final nesta fase regular?Faltando-nos, apenas, dois jogos para terminarmos a fase regular, parece-me, que para almejarmos mais que o sétimo lugar teremos que ganhar os próximos dois jogos, sendo certo que mesmo assim poderá não chegar para subirmos na tabela. O próximo frente ao Terceira, adversário direto na classificação, será importante para a luta pelo 5º lugar. Um adversário que se mostrou muito complicado na 1ª volta. A ausência de alguns jogadores explicam o resultado desnivelado desse jogo?O jogo com o Terceira é tão importante como foram todos os outros anteriormente. É importante termos presente que sofremos uma derrota pesada nos Açores, e, nesse sentido, não será uma tarefa fácil conseguir ter vantagem no confronto direto. Na minha opinião, é mais importante pensar, apenas, em ganhar os próximos jogos sem olhar muito para o que vai acontecer com os nossos adversários. Quanto às ausências, para mim, não explicam a derrota que sofremos, na verdade eles conseguiram ser melhores que nós em todos os aspectos do jogo.Concorda que a luta das tabelas e o jogo exterior do Terceira serão os principais problemas a ter em conta no jogo do próximo fim-de-semana?Concordo plenamente. A equipa do Terceira possui um jogo interior forte que aliado à grande rapidez dos jogadores exteriores nos irá causar imensos problemas. Na sua opinião, o que mudou na equipa do Esgueira no jogo frente ao Dragon Force, e que deverá ser mantido no próximo confronto?Será importante manter uma boa atitude defensiva e conseguir equilibrar a luta das tabelas.

Atletas | Competições
5 MAR 2014

Mais Notícias