Favoritos não facilitam

A ronda de domingo da Taça de Portugal feminina não trouxe surpresas, já que as equipas que, em teoria, eram apontadas como favoritas, confirmaram-no dentro do campo.

Competições
22 FEV 2015

O União Sportiva recebeu na ilha de S. Miguel a formação do SL Benfica e bateu as encarnadas por 70-55. Não foi decidido no último segundo, mas a Quinta dos Lombos voltou a derrotar o GDESSA (91-80), com a equipa do Barreiro a voltar a oferecer boa réplica. Já o CAB conseguiu em Lousada o apuramento para a fase seguinte da competição, ao superar a equipa da casa por 78-60.

 

A eliminatória que colocou frente a frente Quinta dos Lombos e GDESSA foi extremamente equilibrada, já que só no 4º período as atuais campeãs nacionais confirmaram a passagem à fase seguinte da competição. Isto apesar de um inicio de encontro muito forte por parte dos Lombos, que com sete minutos jogados já vencia por 24-9.

 

Mas uma excelente reação das visitantes nos minutos finais do 1º período encurtava a diferença pontual para apenas seis pontos (26-20). Até ao intervalo, a Quinta dos Lombos controlou quase sempre a marcha do marcador, mas seriam novamente as escolares a terminar melhor o período, ao ponto de conseguir a reviravolta no marcador até se atingir o intervalo (44-40).

 

Os 10 primeiros minutos do segundo tempo trouxeram ainda mais emoção e incerteza quanto à equipa que iria seguir em frente, pois as duas equipas entravam no derradeiro quarto separadas por três pontos (64-61), com a formação de Carcavelos a recuperar a liderança.

 

O GDESSA entrou muito bem no 4º período, tendo chegado mesmo à frente do resultado (66-64), mas seria a última vez que as comandadas de Nuno Manaia comandariam o jogo até final. Com pouco mais de dois minutos para jogar, os Lombos conseguiam doze pontos de vantagem (86-74), e acabavam em definitivo com as esperanças da equipa adversária.

 

Na equipa de Carcavelos, Shanel Harrison (27 pontos e 12 ressaltos) voltou a mostrar muita qualidade, algo que Diesha Lloyd (21 pontos, 8 ressaltos e 3 assistências) já vem demonstrando desde o inicio da temporada. As duas desempenharam papel importante para que a Quinta dos Lombos tivesse dominado a luta das tabelas (43-26).

 

A jovem Catarina Neves atingiu a marca dos 30 pontos, esteve com a mão quente de três pontos (3/4 – 75%), mas nem com a ajuda do duplo-duplo (19 pontos e 10 ressaltos) de Ladondra Johnson, a atleta do GDESSA conseguiu evitar a eliminação da sua equipa.

 

CAB começou a resolver no 1º período

 

Consciente que não havia margem para erro, o CAB cedo mostrou que não pretendia alimentar aspirações à equipa de Lousada quanto à possibilidade de discutir a eliminatória. Com um parcial de 26-7 no quarto inicial, as madeirenses praticamente resolveu o jogo a seu favor, já que a partir daí o trabalho das nortenhas tornou-se muito mais complicado, uma vez que se viram obrigadas a ter que correr atrás de um prejuízo bem gordo.

 

Ashley Bruner (25 pontos, 16 ressaltos e 4 roubos de bola) voltou a realizar uma bela exibição, tal como a sua compatriota K.Mann (15 pontos, 14 ressaltos e 7 assistências), bem como Carla Freitas, autora de 19 pontos e 3 ressaltos.

 

 

Competições
22 FEV 2015

Mais Notícias