FC Porto e Benfica num “clássico” entre equipas invencíveis

Miguel Queiroz e João "Betinho" Gomes anteveem grande jogo que fecha a terceira jornada da Liga Betclic Masculina

Imagem de Destaque 1
Atletas | Competições
4 NOV 2022

Este sábado (15 horas, transmissão na FPBtv) há duelo de luxo no Dragão Arena, com o FC Porto a receber o SL Benfica num “clássico” que reúne duas equipas ainda invencíveis na Liga Betlclic Masculina e que fecha a terceira jornada.

Miguel Queiroz e João “Betinho” Gomes, figuras importantes de “azuis e brancos” e “encarnados”, respetivamente, projetaram para a FPB um embate que reedita a final do último campeonato e que coloca frente a frente as duas equipas mais titulas na prova.

No FC Porto, Miguel Queiroz realça a qualidade do adversário, mas aponta ao triunfo: “O Benfica é uma equipa forte e equilibrada, é difícil de destacar algo em específico. Não pensamos em quem possa ser o nosso maior rival, sabemos qual é nosso objetivo, que é vencer todas as provas em que estamos inseridos e trabalhamos a pensar nisso”, vinca.

O internacional português assume a boa fase dos “dragões”: “É sempre uma boa altura para jogar uma partida desta dimensão. Estamos invictos no campeonato e está tudo em aberto nas competições europeias, estamos num bom momento. Houve algumas mudanças e ainda estamos a trabalhar para atingir o nosso melhor. Mas estou muito satisfeito, a equipa esta a trabalhar muito bem”, destaca.

O poste dá a receita para levar a melhor num duelo desta exigência: “Quem for mais consistente e emocionalmente estável durante os 40 minutos vai sair por cima”, analisa.

O FC Porto vem de um jogo a contar para a FIBA Europe Cup, a meio da semana, que acabou em vitória. Queiroz refere que um eventual desgaste físico é um sinal positivo: “Nós queremos muito ter esse desgaste proveniente das competições europeias, significa que jogamos mais vezes ao alto nível. Estamos habituados a isso, e a nossa natureza faz com que sempre que entramos dentro de campo, ultrapassamos esse desgaste em prol de ganhar”, afirma.

Apesar do impacto de um jogo destes, Miguel Queiroz garante que a preparação não se altera: “Claro que por ser um clássico, a motivação é extra. Mas a preparação é igual, porque para nós todos os jogos são para vencer”, finaliza.

Do lado benfifquista falámos com outro homem experiente, “Betinho” Gomes, que confessa não abordar este encontro de forma diferente: “Só me lembro de que tenho 37 anos quando as pessoas comentam isso, e este é o meu segredo. Continuo a trabalhar como se fosse o mais novo da equipa. Estes jogos são sempre especiais, mais pelo ambiente em volta. Eu encaro como um outro jogo qualquer, todos eles são para ganhar, então a minha rotina é sempre igual, quer seja o FC Porto ou não”, refere.

O extremo elogia o rival “azul e branco”: “Acredito que a melhor qualidade do FC Porto é o seu coletivo, com bom equilíbrio entre o jogo interior e exterior. Esta tem sido a sua imagem deles durante anos e penso que agora, com o novo treinador, não vai mudar muita coisa. O FC Porto continua a ser um dos principais candidatos ao título”, avisa.

“Betinho” Gomes revela o que poderá fazer a diferença no “clássico”: “Qualquer altura é bom para um clássico, tendo em conta o ambiente que isto envolve. Qualquer atleta gosta de jogar com casa cheia e muito barulho. Quem conseguir gerir melhor as emoções, poderá fazer a diferença. Sabemos que os clássicos são jogos de muita intensidade, onde o público tem um peso enorme no desenrolar do jogo. Por isso, quem souber gerir melhor as emoções tem mais probabilidades de ganhar”, analisa.

O internacional luso fala sobre a motivação vinda do recente triunfo em Oliveira de Azeméis e garante que a participação na Champions League dará os seus frutos para a competição interna: “Esta quarta-feira tivemos um jogo muito complicado, numa casa em que é muito difícil ganhar, como a da UD Oliveirense, o que nos vai deixar melhor preparados para este clássico. Os jogos europeus acabam sempre por dar um outro ritmo, algo que se vai notar mais para a frente no campeonato”, assegura.

Embora este embate não seja decisivo, “Betinho” não foge à importância do mesmo: “Todas as equipas são rivais para o Benfica na luta pelo titulo, não podemos cair no erro de nos focarmos em uma ou duas equipas e acabarmos por ser surpreendidos por outras. Tanto a Ovarense como a Oliveirense estão a fazer uma boa campanha e podem causar problemas, caso não estejamos focados. Não vamos ganhar e nem perder o campeonato com este jogo, mas uma vitória seria importante para mostar que estamos aqui para o bicampeonato”, considera.

 

Além do “clássico”, há mais quatro jogos da Liga Betclic Masculina este sábado. Eis o horário dos encontros, todos com transmissão em direto na FPBtv:

Atletas | Competições
4 NOV 2022

Mais Notícias