Galitos vence Ovarense em jogo emocionante

Benfica e Oliveirense também venceram para a Liga Placard

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2
Competições
23 JAN 2021

Em duelo entre duas equipas que estavam lado a lado na classificação, o Galitos Barreiro venceu a Ovarense Gavex e saltou para o 9.º lugar da Liga Placard. Por sua vez, SL Benfica e UD Oliveirense também triunfaram na condição de visitados, diante de Académica/Efapel e Maia Basket Clube respetivamente.

 

Grande jogo de basquetebol, no Restelo, casa improvisada para receber o embate entre Galitos Barreiro e Ovarense Gavex. A equipa treinada por Hugo Salgado, graças a uma enorme exibição de Patrick McGlynn, esteve na liderança até ao último quarto, altura em que os vareiros saltaram para a liderança, mas Derreck Brooks Jr. assumiu o jogo nas derradeiras posses de bola e deu a vitória ao conjunto da margem Sul do Tejo por 103-98.

Os 40 minutos ficaram marcados pela emoção e intensidade colocada dentro das quatro linhas pelos dois conjuntos. À excelente prestação individual de McGlynn, a Ovarense respondeu com defesa, trazudida em 12 roubos de bola que resultaram em 21 pontos marcados em contra-ataque. Venceu o Galitos, que esteve mais eficaz (64% de 2P e 56% de 3P) e porque geriu melhor as últimas posses de bola da partida.

Patrick McGlynn (40pts, 3res, 3ast) esteve inspirado, mas foi bem acompanhado por Derreck Brooks Jr. (23pts, 6res, 2ast) e Alonzo Ododa (12pts, 11res, 1ast, 4dl). Pelos vareiros, destaque para Marcus Lovett Jr. (18pts, 5res, 4ast, 3rb), Trey Moses (16pts, 8res, 3ast), Christopher McKnight (16pts, 7res, 1ast, 1rb), Brock Gardner (13pts, 5res, 2ast, 2rb) e Jeffrey Early Jr. (11pts, 1res, 2ast, 5rb).

 

Na Luz, o SL Benfica recebeu e bateu a Académica/Efapel por 115-78. Uma entrada forte dos «encarnados», com 38 pontos marcados logo no 1.º quarto, ajudou a construir uma vantagem acima de dois dígitos desde cedo, que a turma orientada por Carlos Lisboa soube gerir até à buzina final. As «águias» beneficiaram da vantagem nas tabelas (47 ressaltos contra 31) e da maior profundidade do banco de suplentes (32 pontos contra 6).

João “Betinho” Gomes (24pts, 9res, 2ast, 2dl), Bryce Alford (23pts, 3ast), Fábio Lima (15pts, 3res), Cameron Jackson (14pts, 4res, 2ast, 1rb, 2dl), Demond Carter (12pts, 3ast) e Arnette Hallman (10pts, 9res, 5ast, 1rb) brilharam pelos anfitriões, enquanto Ashford Golden (24pts, 1res, 4ast, 2rb), Josh McNair (22pts, 7res, 2ast, 1rb), Bakary Konate (15pts, 9res, 3ast) e Robert McCoy (11pts, 4res, 2ast, 1rb) foram os melhores entre os atletas da formação da Coimbra.

 

Em Oliveira de Azeméis, a UD Oliveirense superou o Maia Basket Clube por 87-59, numa partida em que se fez valer da superioridade nas alturas, uma vez que somou mais 19 ressaltos do que os visitantes (51 contra 32). Apesar de ter concretizado apenas um dos 18 triplos tentados, os oliveirenses estiveram muito eficazes nos lançamentos mais curtos (70%), o que contribuiu para o triunfo.

Justin Alston (24pts, 8res, 2ast, 1rb, 2dl), E.C. Matthews (15pts, 3res, 6ast, 2rb) e Thomas de Thaey (11pts, 7res, 1dl) lideraram o conjunto treinado por Norberto Alves, perante uns maiatos que tiveram em Lamar Morgan (15pts, 7res), Daniel Fidalgo (11pts, 1rb) e Theophilus Johnson (10pts, 2res, 1rb) os seus melhores elementos.

 

Competições
23 JAN 2021

Mais Notícias