Orçamento histórico aprovado por unanimidade

Primeira Assembleia Geral do mandato 2022-26

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2 Imagem de Destaque 3 Imagem de Destaque 4
FPB
17 DEZ 2022

Decorreu, este sábado, em Lisboa, a Assembleia Geral Ordinária da Federação Portuguesa de Basquetebol, a primeira do mandato 2022-2026.

O momento, que contou com a presença de representantes e delegados das várias associações, clubes, arbitragem, jogadores, órgãos sociais da FPB e restantes funcionários federativos, começou com um minuto de silêncio em memória de Hermínio Barreto, antigo selecionador nacional e diretor técnico nacional da FPB.

A Ordem de Trabalhos foi composta por dois pontos: a aprovação da ata da Assembleia Geral anterior, aprovada por unanimidade, e a discussão e votação do plano de atividades e orçamento para 2023.

O presidente da Direção, Manuel Fernandes, iniciou a sua intervenção ao relembrar a memória e impacto de Hermínio Barreto na modalidade, afirmando que será levado a votação, na próxima Assembleia Geral, a entrega do título de sócio honorário. O líder federativo fez um balanço positivo ao último ano de trabalho, destacando alguns dos recentes feitos do basquetebol nacional, tanto a nível de seleções como de equipas portuguesas nas competições europeias.

O Diretor Técnico Nacional, Nuno Manaia, fez um balanço do ponto atual das Seleções Nacionais seniores e jovens de 5×5 e 3×3. Foi abordado o programa de deteção de talentos, e também o balanço das competições de clubes na época 2021/2022, em que foram atribuídos os títulos de campeão em todas as competições de seniores e jovens.

Ernesto Ferreira da Silva, presidente da Assembleia Geral, destacou o número notável de seleções (21) que estiveram em competição e preparação na temporada transata.

Foi analisado o orçamento proposto para o ano de 2023, o maior da história da Federação Portuguesa de Basquetebol num valor de 11 milhões de euros, com o Secretário-Geral da FPB, João Carvalho, a explicar o plano para o ano que se avizinha.

Concluídas as intervenções, o presidente da Assembleia Geral passou a palavra aos delegados para colocarem questões. Pediram a palavra os delegados Rui Valente, José Oliveira, Frederico Bento, Eduardo Cruz, Pedro Brilhante, Luís Santarino, Rogério Mota e Bruno Fangueiro, antes da votação do orçamento, que foi aprovado por unanimidade.

Importa mencionar a elevada participação dos delegados presentes, bem como a troca de contributos e ideias entre os vários presentes.

A FPBtv marcou presença na Assembleia Geral e ouviu Ernesto Ferreira da Silva e Manuel Fernandes.

 

FPB
17 DEZ 2022

Mais Notícias