Portugal entra a vencer no “I Torneio Internacional de Matosinhos”

Seleção Nacional superou Eslováquia (75-70)

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2 Imagem de Destaque 3 Imagem de Destaque 4 Imagem de Destaque 5 Imagem de Destaque 6 Imagem de Destaque 7 Imagem de Destaque 8 Imagem de Destaque 9 Imagem de Destaque 10 Imagem de Destaque 11 Imagem de Destaque 12 Imagem de Destaque 13 Imagem de Destaque 14 Imagem de Destaque 15
FPB | Seleções
21 JUL 2021

A Seleção Nacional de seniores masculinos estreou-se no I Torneio Internacional de Matosinhos com uma vitória sobre a Eslováquia (75-70).

A equipa das quinas não teve a melhor entrada em campo, mas rapidamente soube reagir e equilibrar o encontro. A Eslováquia partiu na frente para o segundo quarto (18-19), mas rapidamente Portugal deu a volta ao jogo e foi para o intervalo com uma posse de bola de vantagem (37-35). No regresso dos balneários, a formação nacional surgiu mais forte e apresentou o seu melhor basquetebol, conseguindo um parcial de 24-16. À entrada para o último quarto Portugal tinha uma dezena de pontos de vantagem (61-51), margem que soube gerir até ao final do encontro, fechando o resultado em 75-70.

Ricardo Monteiro (10pts, 2res), Sérgio Silva (10pts, 1ast), Diogo Brito (9pts, 3res, 2ast, 3rb), Francisco Amarante (9pts, 2res, 2ast, 1rb), Gonçalo Delgado (7pts, 9res, 1ast, 1rb) e José Barbosa (5pts, 1res, 7ast) foram os principais destaques de uma equipa que viu todos os jogadores fazerem pontos neste encontro de preparação contra a Eslováquia.

No final do encontro, o selecionador nacional Mário Gomes, analisou a partida e mostrou-se satisfeito pela vitória neste primeiro encontro do “I Torneio Internacional de Matosinhos”: “É óbvio que é sempre melhor ganhar do que perder. Ganhar só traz vantagens. É importante saber ganhar mesmo quando não se joga bem, que penso não ter sido o caso no jogo de hoje. A equipa esteve bem globalmente para primeiro jogo de cariz internacional, sobretudo contra uma seleção que já tinha alguns jogos disputados. Tivemos apenas dois problemas, no arranque do jogo ao não conseguirmos controlar a tabela defensiva e nos últimos três minutos começamos a olhar para o marcador e esquecemo-nos de jogar as últimas posses de bola, deixamos de ser coletivos no ataque. Tirando estes dois aspetos, apesar dos altos e baixos normais de um primeiro desafio de preparação, estou satisfeito com o rendimento da equipa e claro que poderíamos ter ganho o jogo com uma margem maior. O importante era termos oposição forte e metermos toda a gente a jogar. Conseguimos isso e também ganhar. Estamos satisfeitos. As minhas equipas estão organizadas de maneira que todos os jogadores tenham oportunidade de marcar, dependendo das características de cada um. Todos têm as suas oportunidades. Quase nunca forçamos lançamentos e conseguimos ser coletivos”, explicou.

Já o base José Barbosa destacou a reação do coletivo, assim como as boas sensações que a partida proporcionou: “Foi uma boa partida. Um bom teste à equipa. Apesar de não termos entrado bem, soubemos reagir e de facto podíamos ter ganho por mais devido à margem que obtivemos, mas de qualquer das formas podemos retirar aspetos positivos deste jogo, assim como alguns que merecem mais atenção da nossa parte, nomeadamente a reta final do encontro. A Eslováquia é uma equipa boa, com bons jogadores e conseguimos dar uma boa resposta. É sempre importante marcarmos todos, eu pessoalmente mesmo que não tivesse marcado sinto que consegui dar à equipa outras coisas e isso acaba por ser o mais importante. É sempre positivo ter toda a gente a marcar, saímos deste jogo com boas sensações”, confessou.

No segundo encontro do I Torneio Internacional de Matosinhos, Portugal terá pela frente a congénere angolana. Jogo que pode ser acompanhado em direto e exclusivo na FPBtv, a partir das 18h30 de sexta-feira.

FPB | Seleções
21 JUL 2021

Mais Notícias