Primeira volta da Liga Betclic Masculina fecha com vitórias do FC Porto e CAB

"Dragões" acompanham Benfica, Sporting e Ovarense na Taça Hugo dos Santos

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2 Imagem de Destaque 3 Imagem de Destaque 4 Imagem de Destaque 5 Imagem de Destaque 6 Imagem de Destaque 7 Imagem de Destaque 8 Imagem de Destaque 9 Imagem de Destaque 10 Imagem de Destaque 11
Atletas | Competições
4 DEZ 2022

A primeira volta da primeira fase da Liga Betclic Masculina terminou este domingo, com um difícil triunfo do FC Porto em Esgueira e uma vitória caseira do CAB Madeira diante do SC Lusitânia Expert.

Os “dragões”, a ocuparem o segundo lugar da classificação, vão disputar a Taça Hugo dos Santos (14 e 15 de janeiro) com o líder SL Benfica, Sporting CP (terceira posição) e Ovarense GAVEX (quarto posto).

Num espetáculo emotivo, o FC Porto arrancou uma vitória no reduto do Esgueira Aveiro OLI por 87-83. A formação “azul e branca” esteve na dianteira do resultado durante grande parte do encontro e chegou a dispor de um avanço de 10 pontos no segundo quarto, mas os donos da casa reagiram. A partida entrou num ritmo de toada e resposta, com o emblema aveirense a colocar em sentido o FC Porto e a ter posições de liderança nos últimos minutos. A 55 segundos do soar da buzina, a contenda estava empatada (81-81), mas quatro pontos consecutivos do conjunto da Invicta revelaram-se decisivos. O FC Porto alcançou 60% de eficácia (26/43) da linha de dois pontos, conquistou 38 ressaltos e beneficiou das prestações de Max Landis (18pts, 3/4 2P, 6/7 LL, 5ast, 2rb), Teyvon Myers (15pts, 9/10 LL, 5res, 3ast), Miguel Queiroz (10pts, 4/6 2P, 9res, 1ast) e Brian Conklin (10pts, 5/7 2P, 2res, 2ast), enquanto no Esgueira, que só falhou um dos seus 19 lances livres e que apontou nove triplos, sobressaíram Ryan Ogden (22pts, 4/6 2P, 11/12 LL, 11res, 2ast, 3rb, 1dl), Alexander Kappos (21pts, 5/6 2P, 3/5 3P, 3res), Trevon Evans (17pts, 5/5 LL, 4res, 3ast) e Thomas Laerke (16pts, 4/5 3P).

Por seu turno, o CAB voltou aos triunfos, algo que não acontecia desde 5 de outubro, ao bater o Lusitânia por 101-86. O conjunto madeirense dominou os acontecimentos, com um parcial de 27-18 no primeiro quarto a servir de mote para uma tarde mais tranquila para os donos da casa. O CAB foi eficiente a lançar de dois pontos (69%), converteu 10 triplos e teve como melhores em campo os atletas Amen Cheeseman (21pts, 6/9 2P, 3/5 3P, 1res), Diogo Peixe (19pts, 5/5 2P, 4res, 6ast, 1rb), Matthew Johnson (18pts, 5/6 2P, 5/6 LL, 7res, 6ast, 1rb, 1dl), Charles Speelman (18pts, 5/7 2P, 4res, 1rb) e Nuno Sá (16pts, 6/9 2P, 10res, 5ast, 2rb). Relativamente ao Lusitânia, sinal mais para Justin Davis (24pts, 6/7 2P, 6/6 LL, 9res, 2ast, 2rb), Deng Geu (15pts, 5/7 2P, 7res, 2ast, 1rb, 1dl) e Derek Jackson Jr (14pts, 3res, 4ast, 1rb).

Atletas | Competições
4 DEZ 2022

Mais Notícias