Sporting, Imortal, Benfica e Lusitânia somam triunfos

Jogos referentes à 3.ª jornada da Liga Betclic Masculina

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2
Competições
16 OUT 2021

O Sporting CP regressou aos triunfos ao bater a Académica EFAPEL por 98-59 na 3.ª jornada da Liga Betclic Masculina.

A equipa da casa entrou melhor e esteve na frente do marcador durante os minutos iniciais, mas os “leões” não demoraram a responder e a passar para a liderança.  Os “estudantes” reagiam, mas o emblema de Alvalade conseguia controlar as iniciativas adversárias e ao intervalo vencia por 45-35.

No regresso dos balneários a toada manteve-se semelhante e o terceiro período acabou por decidir o vencedor do encontro. Os comandados de Luís Magalhães aproveitaram as falhas do conjunto de Coimbra e foram-se distanciando paulatinamente até ao soar da buzina.

Davon Clare (18pts, 4res, 2ast, 5rb, 1dl) e Nikola Vujovic (12pts, 4res) foram as figuras do lado da Académica. Já no Sporting, Seydougou Santis (24pts, 6res, 1ast, 4rb), Joshua Patton (13pts, 2res, 1rb, 2dl), Diogo Ventura (12pts, 3res, 7ast, 3rb), Daniel Relvão (12pts, 8res, 3rb, 1dl), António Monteiro (11pts, 6res, 3ast) e Joshua Martin (10pts, 13res, 1ast, 3rb) mostraram pontaria afinada.

Já em Aveiro, o Imortal LUZiGÁS conseguiu uma reviravolta notável frente ao Illiabum e venceu por 84-74. O encontro começou pautado pelo equilíbrio de parte a parte, com os dois emblemas a tentarem assumir o controlo, e quem o conseguiu foi o emblema aveirense, que se distanciou com um parcial de 7-0.

Por cima da partida, o Illiabum conseguiu aumentar o fosso cada vez mais e chegou aos 20 pontos de diferença ainda dentro da primeira metade da disputa, mas tudo mudou após o descanso.

O Imortal voltou do intervalo com energia redobrada e conseguiu um parcial de 21-7 que relançou a incerteza no marcador à entrada para os derradeiros dez minutos. Com a intensidade e pressão a aumentar cada vez mais, os algarvios controlaram o ritmo e conseguiram dar a volta ao resultado, vencendo por 84-74.

Na equipa da casa destacaram-se Lamar Morgan (17pts, 2res, 1ast, 1rb, 1dl), Jaylen Key (14pts, 5res, 1ast, 1rb) e Montell Goodwin (14pts, 1res, 1ast). Já pelos visitantes, Anthony Smith (23pts,7res, 1ast, 1rb), Marqueze Coleman (20pts, 7res, 5ast, 1rb), Dontae Bruner (13pts, 3res, 4ast) e Fábio Lima (10pts, 7res, 3ast, 1rb) evidenciaram-se.

O Pavilhão Fidelidade acolheu SL Benfica e UD Oliveirense para o embate da 3.ª jornada. A equipa da casa impôs um ritmo elevado desde o início e conseguiu capitalizar nos erros provocados no adversário. Os comandados de Norberto Alves dominaram no jogo interior (25 ressaltos contra 10) e conseguiram chegar várias vezes à linha de lance livre, concretizando 16 dos 18 tentados.

Ao intervalo o marcador assinalava 59-31 e na segunda metade da partida conseguiram controlar os ritmos do encontro. A formação de Oliveira de Azeméis tentou reagir no terceiro quarto e conseguiu reduzir ligeiramente a desvantagem, no último período as “águias” voltaram a distanciar-se e festejaram um triunfo confortável por 97-70.

Pelos “encarnados” importa mencionar Makram Romdhane (18pts, 11res, 4ast, 4rb), Traviis Munnings (18pts, 8res, 1ast) e Diogo Gameiro (12pts, 1res, 6ast, 1rb). Já na Oliveirense, João Balseiro (18pts, 1res, 1rb) e Derrick Colter (17pts, 1res, 7ast) estiveram em bom nível.

No último jogo do dia, o Lusitânia EXPERT continua o seu arranque 100% vitorioso, desta feita com um triunfo nos Açores contra o Vitória SC.

O conjunto vimaranense entrou melhor e esteve por cima durante grande parte dos primeiros 20 minutos, mas sem nunca conseguir criar uma margem confortável com que pudesse gerir os ritmos do embate. A correr atrás do resultado, a equipa insular não baixava os braços e reagia às iniciativas visitantes.

No regresso dos balneários o equilíbrio imperou, mas tudo mudou nos últimos dez minutos, altura em que o conjunto açoriano deu a volta ao resultado, com um aumento de intensidade no ataque e na defesa. O resultado foi um triunfo por 80-71, muito festejado no Pavilhão Municipal da Angra do Heroísmo.

A grande figura do Lusitânia foi o base Devon Goodman (25pts, 10res, 5ast, 2rb), com o apoio de Julien Ducree (15pts, 8res, 1ast, 1dl), Jacob Gibson (14pts, 9res, 2ast, 1rb) e Alexander Thompson (14pts, 5res, 2ast, 3rb). Quanto ao conjunto de Guimarães, Malcom Drumwright (17pts, 3res, 2ast), Eric Coleman (12pts, 10res, 2ast, 1rb, 3dl), Matthew Mccarthy (12pts, 9res, 2ast, 1rb), Deangelo Dtewart (12pts, 6res) e Carlos Cardoso (11pts, 6res, 8ast) mostraram-se certeiros.

A partida entre a Ovarense GAVEX e o FC Porto não se realizou dado que o FC Porto não compareceu na Arena de Ovar.

Competições
16 OUT 2021

Mais Notícias