União Sportiva continua invicto em S. Miguel

O União Sportiva continua a somar resultados positivos, e já são quatro, sendo que a vitória caseira frente ao CDTN / Seven foi bem mais tranquila que as duas últimas obtidas pela equipa açoriana (88-51).

Competições
9 NOV 2013

Um triunfo folgado, que resulta do domínio, exceção feita ao 3º período, exibido pela equipa de S. Miguel. Bem como a mais uma fantástica exibição da norte-americana Jhasmin Player, autora de 37 pontos, 13 ressaltos, 8 roubos de bola e 3 assistências, para uma espetacular valorização de 56.5.

Se no 1º período a equipa da casa começou a ganhar vantagem (25-18), foi no 2º quarto que o União Sportiva disparou em definitivo no marcador (55-30), mercê de mais um quarto muito produtivo em termos ofensivos.No reatamento, o conjunto de Torres Novas esboçou uma ligeira recuperação (68-47), um último período demolidor por parte das açorianas, sobretudo em termos defensivos (20-4), acabou por dar uma imagem bem mais desnivelada ao resultado final.Andreia Santos (5 pontos e 10 ressaltos) ajudou o União Sportiva a dominar a luta das tabelas (37-20), Sílvia Fortunato com 12 pontos e Clara Rodrigues com 11 pontos foram as restantes atletas a terminar o jogo na casa das dezenas.Já na formação de Torres Novas, Kirsten Olowinski (18 pontos, 7 ressaltos, 3 roubos de bola e 2 assistências) foi a mais valorizada.Boa Viagem impõe 1ª derrota ao OlivaisO Boa Viagem continua nos lugares cimeiros da tabela de classificação, já que neste sábado derrotou o Olivais, que ainda não tinha perdido qualquer jogo nesta fase regular da Liga Feminina. A vitória por 50-48, coloca, à condição, a formação da ilha Terceira, a par do União Sportiva, na frente da Liga feminina.Quinta dos Lombos mais forte que LousadaA jogar em casa, a formação de Carcavelos impôs-se com naturalidade à limitada equipa de Lousada (71-44). Fazendo uso de uma constante rotação de jogadoras, a pressionar sempre todo o campo, e o domínio das tabelas, foram factores que acabaram por provocar um normal desgaste na equipa adversária.Mesmo quando a defesa zona parecia resultar para a equipa nortenha, a eficácia do tiro exterior, Maria Kostourkova e Sónia Reis em particular, deitava por terra as intenções do treinador Raul Santos em tentar se aproximar no marcador. Com este triunfo, as comandadas de José Leite aumentaram para quatro o número de vitórias consecutivas, mantendo assim um registo impecável até ao momento.Vagos resistiu à boa reação do GDEMAMAs vaguenses continuam a contar por vitórias todos os jogos até agora disputados, sendo que a “vitima” deste fim-de-semana foi o GDEMAM (52-49). A equipa de Vagos, ainda que por curtas vantagens, liderou toda a 1ª parte, e ao intervalo vencia por três pontos (24-21).Naquele que foi o período mais produtivo do jogo (20-12), as comandadas de João Janeiro distanciaram-se um pouco mais no recomeço da etapa complementar (44-33). Mas a melhoria defensiva da equipa de Algueirão no último período (apenas 8 pontos sofridos), permitiu encurtar distâncias, com o resultado final a confirmar isso mesmo.Daniela Domingues e Janae Fulcher, ambas com 10 pontos, foram as melhores marcadoras do Vagos, embora a melhor tenha sido a norte-americana do GDEMAM, Jennifer Blanding, com 21 pontos.

Competições
9 NOV 2013

Mais Notícias