Artigos da Federaçãooo

Benfica, Sportiva e GDESSA voltam a ganhar na Liga Betclic Feminina

Este sábado, na Liga Betclic Feminina, o líder SL Benfica prolongou a invencibilidade ao ganhar no reduto do Esgueira Aveiro TRIVGLASS. Por seu turno, o Sportiva AZORISHOTELS bateu o Imortal BC Tcars, fora de portas, naquela que foi a terceira vitória consecutiva do emblema açoriano na competição, enquanto o GDESSA Barreiro alcançou o sexto resultado positivo seguido, na receção à AD Vagos.

O Benfica bateu o Esgueira por 74-63, num jogo em que excetuando nos primeiros minutos, as “águias” estiveram sempre na dianteira. O emblema da Luz alcançou 58% de eficiência (21/36) da linha de dois pontos e viu em destaque, pelas suas cores, as jogadoras Raphaella Monteiro (20pts, 5/5 LL, 13res, 4ast, 1rb, 2dl), Darien Huff (12pts, 2res, 2ast) e Carolina Rodrigues (10pts, 2res, 4ast, 1rb), enquanto no Esgueira, protagonista de 12 roubos de bola, estiveram em evidência Vashti Hill (14pts, 5/5 LL, 3res, 2ast, 2rb), Inês Ramos (14pts, 2res, 2rb), Ana Raimundo (10pts, 4res, 8ast, 2rb, 1dl) e Estefani Fajardo (10pts, 14res, 1rb).

Em Albufeira, o Sportiva ganhou ao Imortal por 80-60. Após um primeiro quarto equilibrado, com vantagem para as algarvias (18-16), a formação de Ponta Delgada reagiu e aplicou um parcial de 24-8, que virou por completo a questão à entrada para o intervalo. Durante o segundo tempo, o avanço açoriano nunca baixou dos dois dígitos, numa partida em que o Sportiva registou 60% de eficácia (24/40) da linha de dois pontos, assim como 11 roubos de bola. No capítulo individual, no Sportiva, realce para as prestações da muito inpirada Alyssa Cerino (31pts, 11/13 2P, 10res, 3ast, 2rb) e de Eva Carregosa (14pts, 6res, 3ast, 2rb), enquanto no Imortal, que alcançou 10 triplos, sobressaíram Érica Baptista (12pts, 2res) e Joana Ramos (11pts, 2res, 9ast, 3rb).

O GDESSA deu continuidade ao seu bom momento de forma e venceu a AD Vagos por 75-68. A equipa da margem sul do Tejo liderou quase sempre as contas diante de um adversário que ofereceu réplica, e que já no último quarto chegou a estar a apenas quatro pontos de distância. O GDESSA apontou 11 triplos e contou com a influência de Maianca Umabano (21pts, 4/6 3P, 5res, 2ast), Márcia da Costa Robalo (19pts, 5/9 3P, 4res, 3ast, 2rb), Britta Daub (13pts, 3res, 7ast, 2rb, 1dl) e Krystal Freeman (12pts, 13res, 2rb, 3dl), ao passo que no Vagos, que encestou 13 dos seus 15 lances livres, Kwanza Murray (33pts, 4/7 3P, 11/11 LL, 6res, 3ast) e Joana Canastra (16pts, 6res, 2rb) assumiram importância no Vagos.


Karissa Kajorinne é a MVP da 9.ª jornada

Peça importante para a formação de Coimbra, Karissa Kajorinne voltou a estar em destaque no Olivais ABTF Betão, desta feita no embate da 9.ª jornada da Liga Betclic Feminina contra o CDE Francisco Franco/Hospital Particular da Madeira.

Com 30 pontos, 13 ressaltos, quatro assistências e um roubo de bola, a canadiana conseguiu uma valorização de 38, a mais elevada da ronda, e leva a distinção de MVP da jornada.

Também em grande plano estiveram Michaela Porter (25pts, 12res, 3ast, 2rb – 37.5val) e Inês Faustino (23pts, 1res, 2ast – 25val), da Quinta dos Lombos, Isabela Quevedo (13pts, 17res, 3ast, 2rb – 25val), do CPN Imopartner, e Anaya McDavid (19pts, 9res, 2ast – 25val), que completam o cinco ideal.


Vagos com importante triunfo, Sportiva sobe para 2.º

A 9.ª jornada da Liga Betclic Feminina continua a par e passo. No primeiro do dia, a AD Vagos deslocou-se ao reduto do Galitos Cl. Dr. Semblano e venceu por 68-64. Nesta que foi a sua segunda vitória na presente edição do campeonato, o conjunto vencedor esteve na liderança do marcador durante grande parte do encontro e mostrou sangue frio nos momentos finais, quando selou a vitória.

Ana Ramos (20pts, 5res, 3ast, 1rb, 1dl), Daniela Domingues (19pts, 6res, 1ast, 2rb) comandaram o Galitos, com destaque também para Bárbara Souza, MVP ad Liga Betclic Feminina em mês de Outubro, que terminou com oito ressaltos, 18 assistências e três assistências.

No conjunto do Vagos, Kwanza Murray (29pts, 6res, 1ast, 3rb) e Marlyn Caicedo (14pts, 12res, 1rb, 1dl) foram as principais figuras.

No Pavilhão Fidelidade, em Lisboa, o SL Benfica manteve o registo 100% vitorioso na presente temporada da Liga Betclic Feminina, desta feita ao ultrapassar a oposição do Imortal Tcars (69-53).

Num embate de sentido único desde os primeiros instantes, as “águias” entraram a todo o gás e no primeiro quarto conseguiram um parcial de 25-6, sequência que acabou por ser decisiva para o resultado. Estatisticamente importa mencionar a eficácia no lançamento exterior demonstrada pelo conjunto de Albufeira, que concretizou o dobro dos triplos do adversário – oito contra quatro.

Katarina Trehub (14pts, 5res, 1rb), Courtney Warley (12pts, 10res) e Raphaella Monteiro (10pts, 2res, 4ast) lideraram a formação “encarnada”. Já no emblema algarvio, Victoria Reynolds (19pts, 5res, 2rb) e Joana Ramos (17pts, 5res, 6ast, 1rb) mostraram pontaria afinada.

O CAB Madeira venceu o Olivais ABTF Betão por 75-47 e somou a segunda vitória consecutiva, a terceiro nos últimos quatro jogos. A equipa da casa entrou melhor e, com vantagem na luta das tabelas (52 ressaltos contra 31) foi construindo o resultado. As visitantes, mostraram algumas dificuldades e não conseguiram aproveitar os 21 turnovers adversários.

Miriam Mckenzie (23pts, 9res, 5ast, 2rb), Brooklyn Mcdavid (17pts, 7res, 1ast) e Paige Cannon (12pts, 14res, 2ast, 3rb) foram as mais eficazes no conjunto insular. Na equipa de Coimbra, Larisa Sambú (10pts, 1ast, 3rb) foi a melhor marcadora.

No último encontro do dia, o Sportiva AZORISHOTELS bateu o Esgueira Aveiro TRIVGLASS por 70-54 e ascendeu à 2.ª posição da tabela classificativa, ultrapassando o seu adversário deste domingo.

Num embate entre o segundo e terceiro classificados, a equipa da casa desde cedo impôs o seu jogo e, com um parcial de 24-8 no segundo quarto, criou um “fosso” que provou ser determinante.

Eva Carregosa (14pts, 8res, 3ast), Emanuely Oliveira (13pts, 5res, 2ast, 2rb), Susana Carvalheira (12 pts, 10res, 2ast) e Alyssa Cerino (11pts, 8res, 3ast, 1dl) ultrapassaram a marca dos 10 pontos no conjunto açoriano. No Esgueira, Inês Ramos (19pts, 2res, 2ast, 3rb) destacou-se, seguida por Vashti Nwagbaraocha (14pts, 2res, 1ast, 3rb, 2dl) e Estefani Fajardo (12pts, 12res, 1rb).


GDESSA e Quinta dos Lombos triunfam

Com um triunfo por 72-54 na receção ao CPN IMOPARTNER, o GDESSA Barreiro ascendeu à segunda posição da Liga Betclic Feminina, à condição, e continua numa senda de vitórias que dura desde dia 23 de outubro.

A jogar no Pavilhão Vitor Domingos, o conjunto da margem sul do Rio Tejo não entrou bem e viu a formação visitante terminar o primeiro quarto a vencer por 20-16. No entanto, a toada mudou no segundo período e um parcial de 20-13 colocou o conjunto da casa a vencer por 36-33 à saída para o intervalo.

O segundo tempo viu as comandadas de André Martins entrar melhor e continuar a aumentar a diferença, em parte graças à vantagem nas zonas próximas ao cesto – 44 pontos marcados na zona pintada contra 24 do CPN.

O quarto período acabou por ver o GDESSA fugir com o triunfo, novamente com um parcial de 18-10. Num embate em que ambas as formações mostraram dificuldade no lançamento exterior, a equipa da casa manteve a consistência e conseguiu uma importante vitória.

Krystal Freeman (22pts, 11res, 1ast) e Márcia Costa Robalo (19pts, 1res, 2ast, 4rb) comandaram as vencedoras, enquanto Isabela Quevedo (13pts, 17res, 3ast, 2rb) e Alison Lewis (13pts, 6res, 1ast) lideraram o CPN Imopartner.

 

No segundo jogo do dia, a Quinta dos Lombos venceu o CDE Francisco Franco/Hospital Particular da Madeira por 60-58.

O emblema de Carcavelos colocou fim a uma série de duas derrotas consecutivas com um triunfo suado e apenas conquistado na etapa final do encontro. Num embate pautado pelo equilíbrio desde início, os primeiros dez minutos, a equipa da casa distanciou-se antes do intervalo, mas permitiu a reação das visitantes após o descanso.

A emoção estava guardada para o derradeiro quarto, momento em que as comandas de José Leite mostraram sangue frio e conquistaram a vitória.

Dayna Rouse (23pts, 9res, 1ast, 2rb, 1dl) e Akila Smith (16pts, 2res, 2ast, 2rb) foram as mais eficazes na formação madeirense. Mariana Carvalho (26pts, 5res, 1ast) foi a figura do emblema lisboeta.

 


CAB e Olivais abrem 9.ª jornada com vitórias

A 9.ª jornada da Liga Betclic Feminina arrancou esta -sexta-feira com o CAB Madeira a vencer a Quinta dos Lombos (87-83) e o Olivais ABTF-Betão a superar a concorrência do CDEFF/ Hosp. Part. Madeira (61-80) e a arrecadar a primeira vitória no campeonato.

O CAB entrou melhor no jogo e aplicou um parcial de 30-17 nos primeiros dez minutos de jogo. No entanto, a resposta da formação visitante não tardou em chegar e no 2º quarto a Quinta dos Lombos foi mais forte depois de um parcial de 14-21. Ao intervalo as madeirenses mantinham-se na liderança do jogo (44-38), mas no regresso dos balneários a Quinta dos Lombos conseguiu a reviravolta no marcador. A única liderança no encontro para a equipa de Carcavelos surgiu a meio do 3.º quarto, mas rapidamente o CAB voltou à liderança do jogo. No último, apesar do jogo disputado e da pressão da Quinta dos Lombos, o conjunto madeirense confirmava o quarto triunfo (87-83) na Liga Betclic Feminina.

Anaya McDavid (19pts, 9res, 2ast), Miriam McKenzie (22pts, 9res, 2ast, 3rb) e Rita Oliveira (24pts, 1res, 4ast, 2rb) foram as melhores na formação do Funchal, enquanto na formação de Carcavelos estiveram em evidência Michaela Porter (25pts, 12res, 3ast, 2rb), Inês Faustino (23pts, 1res, 2ast), Naomis Hardy (13pts, 7res, 2rb) e Mariana Carvalho (11pts, 2res, 5ast, 2rb).

Também na Madeira, o CDEFF recebeu o Olivais ABTF-Betão que conquistou a primeira vitória no campeonato. Depois de um arranque auspicioso para a equipa da casa (24-15), que chegou a estar na dianteira da partida com 15 pontos de vantagem, a formação conimbricense reagrupou-se e foi para o intervalo a apenas duas posses de bola de distância (38-34). No regresso dos balneários a liderança passou a ser do Olivais que aproveitou o que restava do encontro para aumentar diferenças no marcador. A equipa de Coimbra mostrou-se superior e depois de um parcial de 12-23 no 3.º quarto, fechou o encontro com outro parcial idêntico (11-23) que confirmava o primeiro triunfo da temporada para a equipa orientada por Emanuel Seco.

Na equipa madeirense realçar as boas prestações de Akila Smith (16pts, 4res, 1ast, 1rb) e Dayna Rouse (13pts, 5res, 2ast), ao passo que no Olivais estiveram em particular destaque Karissa Kajorinne (31pts, 10res, 5ast), Emma Huff (16pts, 7res, 3ast, 1rb), Raida Luisa (13pts, 12res, 2rb) e Mariana Garrido (11pts, 3res, 2ast).

A Liga Betclic Feminina regressa já este sábado com mais dois jogos que contam com transmissão na FPBtv.


“Queremos ser competitivas nos playoffs. Temos uma equipa tão talentosa”

O CD Escola Francisco Franco/Hosp. Part. Madeira venceu os seus dois últimos jogos na Liga Betclic Feminina, e Dayna Rouse, extremo que está na sua segunda época na Madeira, tem muita influência neste momento.

A jogadora norte-americana, que foi a MVP da sétima jornada, concedeu uma entrevista à FPB onde se mostrou muito confiante na capacidade da Francisco Franco, definindo objetivos, sem esquecer a sua ambição pessoal.

A Escola Francisco Franco tem uma dupla jornada pela frente: esta sexta-feira (20h45) recebe o Olivais ABTF Betão e no sábado (20h) defronta a Quinta dos Lombos.

 

O Olivais ainda não venceu. A Francisco Franco é favorita? Ganhar este jogo é um passo importante rumo à permanência na Liga?
Abordamos cada jogo com o mesmo objetivo, que é o de vencer. Todas as equipas da nossa Liga têm mostrado ser competitivas, por isso temos de nos preparar para este jogo como fazemos para todos os outros.

A Francisco Franco ganhou os seus dois últimos jogos. Quais são as principais razões que explicam este bom momento?

Conseguimos ganhar impulso com as nossas duas últimas vitórias e esperamos continuar esta sequência. Penso que aprendemos com os erros cometidos nos primeiros jogos, e por isso estamos a trabalhar melhor agora ao jogar em equipa.

Qual é o vosso principal objetivo? Acreditas que podem chegar longe na Liga?
O nosso principal objetivo é sermos uma equipa competitiva de playoff. Temos mostrado que podemos competir contra as equipas de topo da Liga, e por isso sabemos que é um objetivo alcançável para nós.

Foste a MVP da sétima jornada e tens sido uma das figuras da equipa. A Francisco Franco está dependente das tuas exibições? Sentes-te muito influente?
Penso que a equipa precisa de que eu seja uma boa líder e capitã. Elas confiam muito em mim e eu confio muito nelas. SInto-me mais influente nos momento em que consigo reunir a equipa e dar-lhe confiança.

Esta é a tua segunda época no clube e no nosso basquetebol. Este é o teu melhor momento desde que chegaste?
Apenas tento ser melhor jogadora a cada ano. Espero continuar a aprender e a melhorar, e penso que o estou a conseguir aqui na Francisco Franco.

Acreditas que podes ser a MVP da Liga?
Penso que é possível ser a MVP da Liga. Tenho vários aspetos para trabalhar e preciso de ser mais consistente, mas é sempre uma possibilidade.

Qual é a tua opinião sobre o nosso campeonato?
Todas as equipas do campeonato têm mostrado que são capazes de jogar e competir a um nível alto. É difícil dizer quais serão as melhores equipas até ao final da época e podem sempre ocorrer surpresas nos playoffs. Nenhuma equipa é insignificante.

Qual é a tua principal meta enquanto jogadora?
O meu maior objetivo é conseguir liderar a nossa equipa a fazer uma boa campanha nos playoffs. Temos uma equipa tão talentosa e trabalhadora. Estou ansiosa para que possamos mostrar todo o nosso potencial nos playoffs. Quero ser uma força consistente na Liga e espero elevar o nível de jogo da Francisco Franco.

 

Entre esta sexta-feira e domingo decorrem oito jogos da prova, todos com transmissão em direto na FPBtv:


Letícia Lisboa com sinal mais na Liga Betclic Feminina

Depois de concluída a oitava jornada da Liga Betclic Feminina, é hora de analisar a estatística individual. Letícia Lisboa, extremo-poste do Imortal BC Tcars, voltou a destacar-se, o que se traduziu no posto de MVP (16pts, 4/4 2P, 2/2 LL, 16res, 1rb – valorização de 30.5) no triunfo por 82-72 contra o Galitos Cl. Dr. Semblano.

No cinco ideal, para além de Letícia Lisboa, surgem Joana Ramos (19pts, 6/6 LL, 2res, 9ast, 2rb – valorização de 25), sua colega de equipa, Mariana Carvalho (15pts, 4/6 2P, 4/4 LL, 3res, 5as, 2rb – valorização de 20.5), da Quinta dos Lombos, e duas atletas do Galitos Cl. Dr. SemblanoSydne Wiggins (20pts, 4/4 LL, 4res, 6ast, 1rb – valorização de 25.5) e Bárbara Souza (9pts, 3/3 2P, 17res, 6ast, 1rb, 1dl – valorização de 30.5).


Benfica torna-se no único invencível na Liga Betclic Feminina

Na oitava jornada da Liga Betclic Feminina, o SL Benfica tornou-se na única equipa invicta da competição ao ganhar no reduto da Quinta dos Lombos por 82-66, beneficiando da derrota caseira (59-64) do Esgueira Aveiro TRIVGLASS frente ao GDESSA Barreiro. Sportiva AZORISHOTELS, Imortal BC “Tcars”, CP Natação/Imopartner e CD Escola Francisco Franco/Hosp. Part. Madeira também ganharam.

Em Carcavelos, o Benfica não teve vida fácil, apesar de ter comandado o resultado durante grande parte da partida. As “águias” nunca conseguiram descolar, chegaram a estar em desvantagem e à entrada para o derradeiro quarto dispunham de um avanço de apenas dois pontos (60-58). Mas com um parcial de 22-8, impulsionado pela eficácia no tiro exterior, as “encarnadas” embalaram para mais um desfecho positivo. O Benfica registou 58% de acerto (10/17) da linha de três pontos, ganhou a luta das tabelas (36 ressaltos contra 22 do adversário) e teve Joana Soeiro (16pts, 4/6 3P, 2res, 10ast, 3rb), Raphaella Monteiro (16pts, 4res, 3ast, 1rb), Courtney Warley (11pts, 7res, 2ast, 1rb) e Joana Alves (11pts, 2/2 3P, 5res, 1rb). Do lado dos Lombos, protagonista de 12 roubos de bola, sobressaíram Mariana Carvalho (15pts, 4/6 2P, 4/4 LL, 3res, 5ast, 2rb), Michaela Porter (14pts, 3res, 2ast, 4rb), Nahomis Hardy (12pts, 5res) e Luiana Livulo (12pts, 3res, 1rb, 1dl).

A fechar a ronda, o GDESSA obteve o terceiro triunfo seguido, depois de ultrapassar o Esgueira, até este domingo invencível. Contudo, o emblema aveirense entrou a todo o gás, o que se traduziu num parcial de 9-0 e num resultado de 20-8 ao cabo do primeiro quarto. Só que a turma da margem sul do Tejo reagiu em grande estilo, e com um parcial de 28-12 virou por completo a questão até ao intervalo. A partir daí, não mais o GDESSA teve de correr atrás do prejuízo, apesar das aproximações do Esgueira. O GDESSA apontou oito triplos, tendo Erykah Russell (17pts, 8res, 2ast, 1rb), Krystal Freeman (16pts, 12res, 1ast, 2rb) e Márcia Costa (11pts, 3/5 3P, 8res, 1ast, 1rb, 1dl) como jogadoras mais desequilibradoras, ao passo que Inês Ramos (18pts, 2/2 3P, 2res, 1ast, 1rb), Estefani Fajardo (12pts, 11res, 2dl), Vashti Hill (10pts, 4/4 LL, 14res, 1ast, 3rb) e Gabriela Raimundo (10pts, 4/4 LL, 3ast, 3rb).

O Sportiva regressou aos bons resultados, depois de ganhar em Coimbra, diante do Olivais ABTF Betão, por 66-54. A formação açoriana controlou as operações, embora as donas da casa tenham estado por perto, no marcador, em mais do que uma fase. No início do último quarto, o Sportiva teve mesmo um avanço de 22 pontos (60-38), só que o Olivais ainda reduziu distâncias. Num jogo em que cada equipa apontou nove triplos, com o Sportiva a marcar nove dos seus 11 lances livres, destacaram-se pelas suas cores Luana Serranho (16pts, 3/4 3P, 6ast, 2rb), Eva Carregosa (12pts, 3/3 LL, 3res, 3rb), Emanuely de Oliveira (10pts, 5res, 1ast, 1dl) e Susana Carvalheira (11res). Quanto ao Olivais, que ainda procura o primeiro triunfo, teve Mariana Garrido (20pts, 5/7 3P, 4res, 4ast, 1rb) e Emma Huff (11pts, 3/3 3P, 6res, 1ast, 1rb) como principais intervenientes.

No Algarve, o Imortal bateu o Galitos Cl. Dr. Semblano por 82-72. Até aos derradeiros 10 minutos assistiu-se a um duelo equilibrado, com as equipas a alternarem períodos de liderança da contenda, mas um parcial de 25-17 para as anfitriãs decidiu a questão. O conjunto de Albufeira converteu 15 dos seus 18 lances livres, ganhou 54 ressaltos e para a sua vitória foram influentes Joana Ramos (19pts, 6/6 LL, 2res, 9ast, 2rb), Letícia Lisboa (16pts, 4/4 2P, 16res, 1rb), Victoria Reynolds (14pts, 4/4 LL, 5res, 1rb), Rosinha Rosário (11pts, 10res, 7ast) e Monique Pereira (11res), enquanto no adversário de Aveiro, que em 17 lances livres encestou 14, deram nas vistas Sydne Wiggins (20pts, 4/4 LL, 4res, 6ast, 1rb), Daniela Domingues (14pts, 3res, 3ast, 3rb), Maria Neto (14pts, 2res, 3ast, 2rb, 1dl) e Bárbara Souza (17res).

O CPN quebrou um ciclo de quatro derrotas consecutivas ao levar a melhor (59-53), em casa contra o CAB Madeira, igualando assim na classificação o opositor insular. O encontro foi equilibrado, com nenhuma das equipas a conseguir distanciar-se, sendo que o CAB entrou no último quarto na frente por 46-42. Depois do CAB chegar a um resultado de 50-46 a seu favor, o CPN aplicou um parcial de 10-0 , que incluiu três triplos consecutivos. Em termos individuais, na turma de Ermesinde, as melhores em campo foram Isabela Quevedo (14pts, 4/4 LL, 9res, 2ast, 5rb), Alison Lewis (14pts, 7res, 1ast, 1rb, 2dl) e Mariana Pereira (10pts, 6res, 2ast, 1rb), enquanto no CAB as jogadoras Alice Martins (11pts, 4/6 2P, 3/3 LL, 7res), Miriam McKenzie (11pts, 8res, 2ast, 3rb), Anaya McDavid (10pts, 8res, 2ast), Maria Lopes (10pts, 1res, 2rb) e Paige Cannon (12res) assumiram importância.

Num embate entre equipas que se encontravam em igualdade pontual, a Escola Francisco Franco levou a melhor no pavilhão do Vagos por 52-50, naquele que foi o seu segundo triunfo consecutivo. A turma madeirense esteve quase sempre na dianteira, chegou a ter 15 pontos de vantagem (37-22) no terceiro quarto, mas o segundo tempo foi dominado pela anfitriãs, que obtiveram parciais de 10-3 e 18-14. Um lance livre de Dayna Rouse, sob o soar da buzina, finalizou as contas para a Escola Francisco Franco, que ganhou 41 ressaltos e contou com as exibições de Dilma Semedo (17pts, 4/6 2P, 7res, 1ast, 1rb) e Akila Smith (15pts, 8res, 1ast, 1rb, 1dl). Por seu turno, no Vagos, sinal mais para Kwanza Murray (16pts, 6/6 LL, 1res, 2ast) e Joana Canastra (10pts, 2/2 3P, 5res, 7ast, 2rb).


“Chegar à final da Liga é aquilo que mais desejamos”

Foi a MVP da quinta jornada da Liga Betclic Feminina, já figurou em cincos ideais e tem sido uma das figuras da caminhada invencível, até ao momento, do Esgueira Aveiro TRIVGLASS na prova. Falamos de Estefani Fajardo, jogadora venezuelana que chegou a Aveiro esta temporada, e que em entrevista à FPB anteviu o jogo deste domingo (18h30, transmissão na FPBtv) frente ao GDESSA Barreiro, deixando ainda rasgados elogios ao seu clube e apontando a altos voos para esta temporada.

 

Com base naquilo que já estudaram sobre o GDESSA Barreiro, quais são as suas maiores qualidades?

O GDESSA é uma equipa competitiva e rápida, já tive oportunidade de jogar contra elas. Considero que tem uma equipa semelhante à nossa, vai ser um jogo muito físico.

Quais são as principais razões que explicam este início de época do Esgueira?

O trabalho em equipa tem sido a chave para este início invicto. Todas nós nos apoiamos e trabalhamos, somando coisas positivas à equipa!

Esperavas um começo tão positivo por parte do Esgueira?

Esperava tudo inicialmente, pois era a minha primeira experiência em Portugal, mas logo que fui conhecendo a equipa e me adaptando, percebi que era natura este início de época. O trabalho diário traduziu-se em seguirmos invictas.

Definiram como objetivo ganhar a Liga? Sonham com o título de campeão?

Quando começas um campeonato, o objetivo é ganhar todos os jogos. Chegar à final é o objetivos que todas nós desejamos. O Esgueira, com estas exibições, tem demonstrado que quer chegar à final da Liga. Mas isto é só o começo. ainda faltam muitos jogos. Não tenho a menor dúvida de que estaremos entre os quatro primeiros!

A nível individual, esperavas ter tanto impacto no nosso campeonato?

Sou-te sincera, preparei-me para ter impacto no basquetebol português. Agradeço às minhas colegas de equipa, elas também são parte disto. Senão fossem elas e a motivação que me transmitem diariamente, isto não era possível.

Como te caracterizas como jogadora?

Sou uma jogadora alegre, desfruto daquilo que faço. Considero-me uma atleta com técnica e trabalhadora. Sou competitiva e gosto de ganhar! Mas claro que continuo a trabalhar para melhorar a minha técnica, capacidade de ressalto, lançamentos de três pontos, etc.

Como avalias estes primeiros meses em Portugal, o que estás a achar do clube e do nosso basquetebol? Foi difícil a adaptação?
Gosto da Liga, é o meu estilo de jogo. Não foi difícil adaptar-me, as minhas características encaixaram muito com as da equipa. O Esgueira é um grande clube, uma grande família. Toda a gente me tem tratado super bem, desde as jogadoras à equipa técnica. Estou muito feliz por poder estar aqui!

Marcaste alguma meta individual para esta temporada?
Continuar a trabalhar é a minha fortaleza, para que siga a somar e mantenha nesta linha.

 

No domingo realiza-se a oitava jornada da Liga Betclic Feminina, que conta com os seguintes jogos, todos transmitidos na FPBtv:


Dayna Rouse dominante na 7.ª jornada da Liga Betclic Feminina

Finalizada a 7.ª jornada da Liga Betclic Feminina, está na hora de conhecer os destaques individuais de mais uma jornada do campeonato. Na 7.ª jornada, Dayna Rouse, foi a jogadora em evidência depois de marcar 30 pontos, conquistar nove ressaltos, fazer três assistências e ainda somar um roubo de bola e um desarme de lançamento, resultando num total de 42 pontos de valorização MVP. A exibição dominante da jogadora do CDEFF/ Hosp. Part. Madeira foi fundamental para a conquista da primeira vitória da equipa madeirense no campeonato, diante do CP Natação/Imopartner (52-74).

Miriam McKenzie (26pts, 7res, 3ast, 1rb – 31val) do CAB Madeira, Estefani Fajardo (24pts, 12res, 2rb – 28val) do Esgueira Aveiro TRIVGLASS, Michaela Porter (11pts, 13res, 1ast – 23val) da Quinta dos Lombos e Carolina Rodrigues (7pts, 4res, 5ast, 3rb, 60% LC – 18.5val) do SL Benfica, compõem o cinco ideal da jornada.


Francisco Franco estreia-se a vencer na Liga Betclic Feminina

A Liga Betclic Feminina não parou e aproveitou o feriado de 1 de novembro para realizar a 7.ª jornada da competição. No arranque de uma terça-feira recheada de basquetebol, o Esgueira Aveiro TRIVGLASS manteve-se invencível e bateu o Galitos Clínica Dr. Semblano por 62-70, já o CAB Madeira visitou a AD Vagos e somou nova vitória (68-78) na Liga. Em Ermesinde, o CP Natação/Imopartner cedeu perante o CDEFF/Hosp. Part. Madeira (52-74), tal como o Sportiva Azorishotels que foi batido pela Quinta dos Lombos (59-60). Nos últimos dois encontros do dia, o SL Benfica não teve dificuldades para ultrapassar o Olivais ABTF-Betão (75-45) e o GDESSA Barreiro também foi ao Algarve superar o Imortal Tcars (52-78).

Dérbi aveirense com casa cheia e com transmissão em direto n’A Bola TV, que terminou com vitória do Esgueira (62-70). A partida começou equilibrada (16-21), mas no segundo quarto a equipa visitante conseguiu aumentar diferenças e foi para o intervalo a vencer por 26-38. Apesar de uma segunda metade mais disputada, momento em que o Galitos conseguiu reduzir diferenças no marcador, a maior eficácia esgueirense acabou por ditar a sétima vitória consecutiva no campeonato.

Barbara Souza (19pts, 12res, 5ast, 1rb) e Sydne Wiggins (16pts, 3res, 1ast, 1rb) destacaram-se no Galitos, já nas visitantes de Esgueira sobressaíram Estefani Fajardo (24pts, 12res, 2rb) e Inês Ramos (13pts, 4res, 3ast, 2rb).

Em Vagos, o CAB chegou ao terceiro triunfo na Liga depois de superar a AD Vagos (68-78). Logo no primeiro quarto as madeirenses cavaram um fosso de oito pontos no marcador, seguindo-se um parcial igualmente positivo, mas mais equilibrado e que levava a equipa do Funchal mais tranquila para o intervalo (30-39). No regresso dos balneários, a equipa insular foi novamente mais forte e, além de dominar nas tabelas, foi mais eficaz na hora de lançar ao cesto. No final dos quarenta minutos regulamentares, o CAB vencia por 68-78.

No Vagos brilharam Kwanza Murray (28pts, 3res, 3ast), Joana Canastra (13pts, 2res, 7ast, 4rb, 1dl) e Marlyn Caicedo (13pts, 9res, 2rb), enquanto Miriam McKenzie (26pts, 7res, 3ast, 1rb), Rita Oliveira (14pts, 1res, 3ast) e Brooklyn McDavid (13pts, 5res, 3ast) foram protagonista na formação madeirense.

O Francisco Franco conquistou a primeira vitória no campeonato depois de vencer na deslocação a Ermesinde. A equipa madeirense entrou a todo o gás no jogo e depois do parcial de 12-22 nos primeiros dez minutos, continuou a limitar o CPN e a aumentar diferenças no marcador. Sem dificuldades para atingir os vinte pontos de vantagem ao intervalo (23-43), o CDEFF controlou o encontrou na segunda metade e firmou a primeira vitória na Liga (52-74).

Isabela Jourdain (21pts, 11res, 1rb, 1dl) foi a jogadora em destaque no CPN, ao passo que nas madeirenses estiveram em alta Dayna Rouse (30pts, 9res, 3ast, 1rb, 1dl), Akila Smith (15pts, 7res, 2ast, 3rb, 1dl) e Carolina Gonçalves (11pts, 7res, 4ast, 3rb, 1dl).

O jogo mais equilibrado do dia, viu a Quinta dos Lombos levar a melhor sobre o União Sportiva (59-60), triunfo obtido durante o último quarto do encontro. As açorianas impuseram-se nos primeiros dois quartos do encontro (34-31), mas a reviravolta surgiu nos últimos dez minutos graças a um triplo de Mariana Carvalho. Da linha de lance livre, Inês Faustino colocou o jogo a duas posses de bola e garantiu a quarta vitória dos “Lombos” no campeonato.

Emanuely Oliveira (12pts, 4res), Susana Carvalheira (10pts, 3res, 1ast) e Eva Carregosa (14pts, 4res, 4ast, 1rb) evidenciaram-se no conjunto açoriano, enquanto na equipa de Carcavelos importa realçar as prestações de Inês Faustino (12pts, 2res, 3ast), Mariana Carvalho (10pts, 3res, 1ast, 1rb, 1dl) e Michaela Porter (11pts, 13res, 1ast).

O Benfica somou a sétima vitória consecutiva na Liga na receção ao Olivais (75-45). Depois de um quarto inicial em que as encarnadas saíram por cima (27-20), o Olivais sentiu dificuldades para marcar e o Benfica aproveitou para aumentar diferenças (45-28). Com uma margem pontual confortável, a equipa da casa controlou a segunda metade e ficou o resultado em 75-45.

As “águias” tiveram em Carolina Cruz (14pts, 7res, 1ast), Darien Huff (15pts, 1res, 2ast) e Joana Soeiro (10pts, 2res, 8ast) as principais protagonistas, já no Olivais estiveram em bom plano Emma Huff (11pts, 9res, 3ast, 1rb) e Karissa Kajorinne (11pts, 2res, 1ast).

O GDESSA chegou à quinta vitória no Algarve depois de ultrapassar o Imortal (52-78). A vitória da equipa do Barreiro começou a construir-se no quarto inicial do jogo através de um parcial de 7-22. Apesar de equilibrar o jogo no segundo quarto, o Imortal não teve resposta para a eficácia apresentada pelo GDESSA (12 triplos convertidos em 26 tentativas). A entrada na segunda metade acabou por demonstrar a superioridade da formação orientada por André Martins que, com um parcial de 13-23, sentenciou o jogo somando novo triunfo no campeonato.

As algarvias contaram com Rosinha Rosário (15pts, 8res, 1ast) e Victoria Reynolds (11pts, 5res, 1ast, 3rb), enquanto a formação da margem Sul do Tejo contou com as exibições inspirada de Krystal Freeman (22pts, 7res, 2rb) e Maianca Umabano (20pts, 5res, 2ast, 2rb).

A Liga Betclic Feminina regressa no próximo domingo, com todos os encontros a serem transmitidos em direto na FPBtv.


Feriado com jornada completa de Liga Betclic Feminina

Esta terça-feira, feriado do 1 de novembro, realiza-se a sétima jornada da Liga Betclic Feminina.

A FPBtv transmite em direto todos os encontros, numa tarde recheada de basquetebol!

São estas as partidas que prometem agitar este Dia de Todos os Santos:


Noticias da Federação (Custom)

“Foi um jogo muito competitivo e o benfica levou a melhor”

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam iaculis blandit magna, scelerisque ultricies nisi luctus at. Fusce aliquam laoreet ante, suscipit ullamcorper nisl efficitur id. Quisque id ornare est. Nulla eu arcu neque. Sed ornare ex quis pellentesque tempor. Aenean urna enim, commodo ut nunc sit amet, auctor faucibus enim. Nullam vitae felis ipsum. Etiam molestie non enim quis tincidunt. Pellentesque dictum, nulla id ultricies placerat, neque odio posuere orci, quis vestibulum justo odio ut est. Nullam viverra a magna eu tempor. Nullam sit amet pellentesque magna. Vestibulum vel fermentum turpis, nec rhoncus ipsum. Ut et lobortis felis, sed pellentesque dolor. Nam ut porttitor tellus, ac lobortis est. Fusce vitae nisl vitae ante malesuada venenatis. Sed efficitur, tellus vel semper luctus, augue erat suscipit nunc, id hendrerit orci dui ac justo.

Pellentesque eleifend efficitur orci, et pulvinar dui tempus lobortis. Proin accumsan tempus congue. Cras consectetur purus et lacinia rhoncus. Ut eu libero eget quam semper malesuada. Aliquam viverra vulputate tempor. Sed ac mattis libero, a posuere ligula. Quisque tellus dui, placerat vel ex in, fringilla fringilla tellus. Aliquam erat volutpat. Aenean convallis quis eros vel ornare. Aliquam et lorem vestibulum, posuere quam ac, iaculis arcu. Fusce feugiat blandit mattis.

Legenda

Praesent sed metus euismod, varius velit eu, malesuada nisi. Aliquam aliquet quam tempor orci viverra fermentum. Sed in felis quis tortor accumsan vestibulum. Aliquam erat volutpat. Maecenas pretium sem id enim blandit pulvinar. Pellentesque et velit id arcu feugiat hendrerit ac a odio. Sed eget maximus erat. Phasellus turpis ligula, egestas non odio in, porta tempus urna. Fusce non enim efficitur, vulputate velit in, facilisis metus.

Nulla sagittis risus quis elit porttitor ullamcorper. Ut et dolor erat. Ut at faucibus nibh. Cras nec mauris vitae mauris tincidunt viverra. Donec a pharetra lectus, vitae scelerisque ligula. Integer eu accumsan libero, id sollicitudin lectus. Morbi at sem tincidunt augue ullamcorper tristique. In sed justo purus. Aenean vehicula quam quis pellentesque hendrerit. Fusce mattis mauris lorem, in suscipit diam pretium in. Phasellus eget porttitor mauris. Integer iaculis justo ut commodo eleifend. In quis vehicula nisi, non semper mauris. Vivamus placerat, arcu et maximus vestibulum, urna massa pellentesque lorem, ut pharetra sem mauris id mauris. Vivamus et neque mattis, volutpat tortor id, efficitur elit. In nec vehicula magna.

Miguel Maria

“Donec Aliquam sem eget tempus elementum.”

Morbi in auctor velit. Etiam nisi nunc, eleifend quis lobortis nec, efficitur eget leo. Aliquam erat volutpat. Curabitur vulputate odio lacus, ut suscipit lectus vestibulum ac. Sed purus orci, tempor id bibendum vel, laoreet fringilla eros. In aliquet, diam id lobortis tempus, dolor urna cursus est, in semper velit nibh eu felis. Suspendisse potenti. Pellentesque ipsum magna, rutrum id leo fringilla, maximus consectetur urna. Cras in vehicula tortor. Vivamus varius metus ac nibh semper fermentum. Nam turpis augue, luctus in est vel, lobortis tempor magna.

Ut rutrum faucibus purus ut vehicula. Vestibulum fermentum sapien elit, id bibendum tortor tincidunt non. Nullam id odio diam. Pellentesque vitae tincidunt tortor, a egestas ipsum. Proin congue, mi at ultrices tincidunt, dui felis dictum dui, at mattis velit leo ut lorem. Morbi metus nibh, tincidunt id risus at, dapibus pulvinar tellus. Integer tincidunt sodales congue. Ut sit amet rhoncus sapien, a malesuada arcu. Ut luctus euismod sagittis. Sed diam augue, sollicitudin in dolor sit amet, egestas volutpat ipsum.