Artigos da Federaçãooo

Esgueira mais perto da final da Liga Betclic Feminina

No primeiro jogo entre Esgueira Aveiro TRIVGLASS e Sportiva AZORIS HOTELS das meias-finais da Liga Betclic Feminina, o emblema aveirense colocou-se a um triunfo da grande final (63-60).

A equipa da casa dominou o primeiro quarto do encontro com 21-16 pontos, garantindo vantagem até ao final do segundo quarto. Na entrada para o intervalo, a equipa liderada por Ricardo Botelho atingiu uma melhor pontuação nos parciais (10-12), diminuindo assim a distância entre a equipa do Esgueira.

O jogo foi interrompido a meio do terceiro quarto para a assistência da norte americana Audrey Warren, jogadora do Sportiva, Depois de retomada a partida, as insulares reentraram na luta pelo resultado e deram a volta ao resultado, mas um triplo de Fatumata Djalo no soar da buzina colocou o resultado em 50-46 à entrada para os dez minutos finais.

A emoção continuou até ao final do encontro, com as duas equipas a procurarem o triunfo mas a formação de André Janicas mostrou sangue frio e festejou a vitória com os seus adeptos.

Damos destaque às melhores jogadoras em campo: Monique Pereira, da equipa do Sportiva (14pts, 14 res, 5 ast e 7 rb – 30,5val); Gabriela Raimundo (18pts, 6res, 5ast e 5rb – 21val) e Vashti Nwagbaraocha (11pts, 10res e 2rb – 15val) da equipa da casa; Eva Carregosa (17pts, 1res e 1rb -12,5val) também so Sportiva.

 

Estatística completa aqui: Esgueira Aveiro TRIVGLASS 63-60 Sportiva AZORIS HOTELS

 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e TikTok.


GDESSA adianta-se nas meias-finais com triplo sob o soar da buzina

Numa partida simplesmente emocionante, o GDESSA Barreiro venceu o SL Benfica por 50-47, com um “buzzer beater” de Krystal Freeman, e adiantou-se numa das meias-finais dos playoffs da Liga Betclic Feminina.

Naquele que foi o sexto embate da época entre estas equipas, as defesas superiorizaram-se aos ataques, o que se traduziu na eficácia de lançamento de ambos os lados.

O equilíbrio imperou numa partida em que nunca se verificou uma vantagem acima dos 10 pontos, com as campeãs nacionais a irem para intervalo a ganhar por 32-28.

No regresso dos balneários deu-se a fase menos produtiva do jogo, mas em que as “encarnadas” recuperaram graças a um parcial de 2-8.

O Benfica parecia estar no bom caminho para o triunfo e ganhava por 38-45, só que o GDESSA tinha guardado o melhor para o fim, aplicando um parcial de 12-2 consumado por um sensacional triplo sob o soar da buzina de Krystal Freeman.

Em termos individuais, Milica Ivanovic (14pts, 3/6 2P, 5/6 LL, 2res, 2ast, 4rb), Márcia da Costa Robalo (13pts, 2res, 2ast, 2rb, 1dl) e Maianca Umabano (12pts, 2/3 3P, 2res, 1rb) sobressaíram no emblema da margem sul do Tejo.

Por seu turno, nas “águias”, que foram 100% eficazes (13/13) da linha de lance livre e conquistou 40 ressaltos, Isabela Quevedo (13pts, 5/7 2P, 3/3 LL, 9res, 4rb) e Letícia Soares (11pts, 3/5 2P, 7res, 3rb, 1dl) assumiram destaque.

Esta eliminatória regressa a 20 de abril, no Pavilhão Fidelidade, com o Benfica a receber o GDESSA. O campeão nacional está a uma vitória de voltar a marcar presença na final, enquanto o emblema da Luz procura levar a questão para a “negra”.

 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.


GDESSA, Benfica, Sportiva e Esgueira nas meias-finais da Liga Betclic Feminina

O GDESSA Barreiro, SL Benfica, Sportiva AZORIS HOTELS e Esgueira Aveiro TRIVGLASS voltaram a vencer e garantiram lugar nas meias-finais dos playoffs da Liga Betclic Feminina.

 

Em Lisboa, o Benfica ultrapassou o Basquete Barcelos HMMotor por 69-53.

As “encarnadas” controlaram as operações, liderando o marcador desde o quarto inaugural. Apesar das respostas da equipa de Barcelos, as anfitriãs puxaram a si a batuta do duelo, encontrando tempo e espaço para edificar a vantagem (14-9).

No segundo quarto, a resposta das visitantes surgiu pelas mãos da inevitável Rebecca Taylor, que ao intervalo já somava sete pontos e oito ressaltos, e havia sofrido cinco faltas. Todavia, o ímpeto da norte-americana foi insuficiente para contrariar o rumo do encontro.

Aquando da buzina para a pausa, o Benfica anotava 18 pontos em zona interior – em 24 lançamentos – 15 pontos em zona de triplo – em 13 tentativas – e três pontos a partir da linha de lance livre, em quatro possíveis.

Por sua vez, o Barcelos concretizou cinco lançamentos em zona interior – em 15 tentados – três em zona exterior – em 13 lançamentos – mas conseguiu total acerto na linha de lance livre (4).

Uma vez que o Benfica foi mais eficaz – sobretudo no jogo coletivo, com 10 assistências – a vantagem ao intervalo havia aumentado para 36-23 (22-14).

No segundo tempo, controlar o ímpeto adversário foi suficiente para as comandadas de Eugénio Rodrigues arrecadarem a qualificação para as “meias” da Liga. Após um parcial de 16-13 – durante o qual o Benfica superou a diferença dos 20 pontos no marcador – as águias desaceleraram nos minutos finais (17-17).

Assim, o triunfo, por 69-53 lança a turma de Eugénio Rodrigues para as “meias” da Liga. Destaque para os 52 ressaltos anotados pelas anfitriãs neste encontro.

Isabela Quevedo (8 pontos, 14 ressaltos e 2 assistências), Letícia Soares (15 pontos, 10 ressaltos, 1 assistência e 1 roubo de bola) foram as estrelas mais brilhantes do Benfica. Em simultâneo, Raphaella Monteiro (10 pontos, 6 ressaltos, 7 assistência e 1 desarme de lançamento) merece uma menção honrosa.

No Basquete Barcelos, Rebecca Taylor (23 pontos, 10 ressaltos, 2 assistências e 2 roubos de bola) foi a mais inconformada. Por sua vez, Tanesha Sutton (12 pontos, 5 ressaltos, 3 assistências e 2 roubos de bola) e Teresa Santos (5 pontos, 2 ressaltos, 1 assistência e 2 roubos de bola) estiveram também em evidência.

Estatísticas completa aqui: SL Benfica 69-53 Basquete Barcelos HMMotor.

 

Entretanto, no outro lado do Tejo, o GDESSA triunfou (75-64) na receção ao Imortal TCARS. Num duelo pleno de intensidade e emoção, as algarvias deixaram claro, desde cedo, a ambição de empatar a eliminatória. Contudo, as anfitriãs contaram com a inspiração de Krystal Freeman para assegurar a dianteira do marcador (17-14).

Entre as visitantes, Carolina Gonçalves (12 pontos, 1 ressaltos, 2 assistências e 1 bloqueio de lançamento) e Leonor Serralheiro (8 pontos, 1 ressalto, 1 assistência e 1 roubo de bola) eram as responsáveis pela resistência do Imortal.

Ainda assim, do outro lado, André Martins conseguiu que as suas atletas, nos dois primeiros quartos, cometessem poucas faltas e fossem imperiais (16 ressaltos e 4 roubos de bola). Como tal, na pausa, o GDESSA vencia por 39-28 (22-14), com destaque para Freeman (12 pontos e 3 ressaltos) e Maianca Umabano (5 pontos, 1 ressalto e 2 assistências).

No reatar da partida, o Imortal manteve a intensidade e o foco, arrecadando o parcial (19-23). Nessa fase, Bárbara Souza, Carolina Gonçalves, Sofia Queiroz e a capitã Rosinha Rosário deram o passo em frente, aproximando as algarvias do empate no jogo e na eliminatória. Na antecâmara do quarto quarto, a diferença havia caído para os sete pontos (58-51).

Contudo, o arranque do derradeiro parcial foi um autêntico pesadelo para Adriano Cerdeira, que viu as comandadas de André Martins aplicarem um parcial de 7-0. Galvanizadas, as campeãs nacionais ampliaram diferenças até aos 15 pontos, a maior vantagem na partida.

A buzina final confirmou o triunfo por 75-64 (17-13), e consequente apuramento do GDESSA Barreiro para as “meias” da Liga. Destaque para as exibições de Krystal Freeman (18 pontos, 9 ressaltos e 2 roubos de bola), Márcia Costa (10 pontos, 3 ressaltos, 4 assistências e 5 roubos de bola) e de Maianca Umabano (12 pontos, 2 ressaltos, 2 assistências e 1 desarme).

Entre as algarvias, Bárbara Souza (8 pontos, 5 ressaltos e 5 assistências), Carolina Gonçalves (16 pontos, 1 ressalto, 2 assistências e 2 desarmes) e Leonor Serralheiro (11 pontos, 3 ressaltos, 1 assistência e 1 roubo de bola) foram as mais inconformadas.

Nota para o equilíbrio deste encontro, tanto nos ressaltos (29-22) como nas assistências (12-15).

Estatística completa aqui: GDESSA Barreiro 75-64 Imortal TCars.

Em Ponta Delgada, o Sportiva recebeu e bateu o CPN por 74-58.

As anfitriãs estiveram quase sempre no comando do resultado e na primeira parte chegaram a dispor de uma vantagem de 14 pontos (23-9), mas o adversário de Ermesinde reagiu e encurtou distâncias para apenas um ponto (37-36) à entrada para o intervalo.

No regresso dos balneários, graças a parciais de 20-11 e 17-11, o Sportiva “agarrou” o triunfo, alicerçado em 51 ressaltos, 25 assistências, 10 roubos de bola e cinco desarmes de lançamento. Do ponto de vista individual, na turma insular, de assinalar o duplo-duplo de Monique Pereira (12 pontos e 11 ressaltos).

Quanto ao CPN, Ana Pinheiro apontou 15 pontos.

Estatística completa aqui: Sportiva AZORIS HOTELS 74-58 CPN

 

O Esgueira também assegurou o seu lugar nas meias-finais da Liga Betclic Masculina após ultrapassar a Quinta dos Lombos no segundo jogo.

Jogo de sentido único durante grande parte dos 40 minutos, a equipa da casa entrou melhor e depressa assumiu o controlo dos ritmos da partida, ultrapassando a barreira dez pontos ainda durante o primeiro quarto. Contudo, o segundo parcial viu o emblema de Carcavelos reagir e dar a volta ao resultado, ainda que apenas momentaneamente.

Ao intervalo o marcador assinalava 50-45 para o conjunto de Aveiro e a toada continuou no segundo tempo, em especial nos dez minutos finais. Empurradas pelos seus adeptos, as comandadas de André Janicas fugiram com o triunfo e o apuramento com um parcial de 22-4 a fechar a contenda.

Vashti Nwagbaraocha (23pts, 8res, 4rb) da equipa da casa, e Inês Faustino (24pts, 2res, 2ast, 1rb), das visitantes, foram as grandes figuras.

Estatística completa aqui: Esgueira Aveiro TRIVGLASS 91-65 Quinta dos Lombos 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.

 


GDESSA e Imortal voltam a cruzar-se este sábado

Os playoffs da Liga Betclic Feminina estão de regresso este sábado! Terá lugar o segundo jogo dos quartos de final, numa altura em que Sportiva AZORIS HOTELS, SL Benfica, GDESSA Barreiro e Esgueira Aveiro TRIVGLASS se encontram em vantagem, estando a um triunfo das “meias”.

Num dos encontros (11 horas, transmissão na FPBtv e n’A Bola TV), o GDESSA recebe o Imortal TCARS. Milica Ivanovic e Carolina Gonçalves anteviram este duelo para a FPB, importando recordar que no último sábado a equipa da margem sul do Tejo ganhou em Albufeira por 61-84.

No GDESSA, Milica Ivanovic analisa o opositor: “O Imortal é uma equipa com boa capacidade de lançamento e com qualidades nas trocas defensivas, ajustando-se ao longo do jogo”, descreve.

A base-extremo dá a receita para o GDESSA se qualificar: “Para voltarmos a vencer teremos que estar bem na luta dos ressaltos, não permitir lançamentos exteriores fáceis e reconhecer o tipo de defesa do adversário, ajustando o nosso ataque”, afirma.

Para Ivanovic, não existem dúvidas: “Somos, definitivamente, um dos principais candidatos ao título”, vinca.

De regresso a Portugal a meio da temporada, a experiente jogadora de 35 anos tem-se mostrado um importante reforço para o GDESSA. A atleta sérvia deixa vários elogios ao campeão nacional: “Somos uma equipa lutadora, de muito trabalho. Nunca desistimos até ao soar da buzina e temos vários pontos fortes. Esta experiência no GDESSA tem sido incrível! Estou a desfrutar muito deste grupo e espero continuar a jogar com elas mais um mês”, deixa o desejo.

Quanto ao Imortal, Carolina Gonçalves alerta para os perigos do adversário: “O GDESSA é uma equipa muito completa, com um jogo exterior e interior bastante equilibrado. Tem também atletas experientes e habituadas a jogos decisivos. Diria que a intensidade defensiva e a eficácia no lançamento exterior são os seus pontos fortes”, considera.

O Imortal está obrigado a ganhar para levar a questão para a “negra” de domingo. A jogadora de 26 anos elenca os aspetos em que a sua equipa tem de melhorar: “Acho que é crucial entrarmos bem na partida e ajustar a defesa do bloqueio direto, onde o adversário foi bastante competente no primeiro jogo. Temos trabalhado bem durante a semana e estamos confiantes de que vamos ao Barreiro forçar o terceiro jogo. Como já mencionei, temos que ajustar alguns aspetos técnicos, mas também acreditarmos no nosso valor. Ao longo da época mostrámos que somos capazes de disputar todos os jogos”, salienta.

Carolina Gonçalves realça a boa carreira da formação algarvia esta temporada: “Acho que tivemos uma grande evolução ao longo da época. A equipa era maioritariamente nova e esse foi um ponto de desenvolvimento importante, mas julgo que fomos encontrando a nossa coesão e união. Terminámos a fase regular no sexto lugar, o que foi a melhor classificação de sempre do clube até à data. Contudo, na minha opinião, tivemos jogos de grande qualidade, em que apresentámos um basquetebol de grande valor!”, lembra.

Chegada a Albufeira esta época, a base-extremo não esconde a satisfação: “Estou muito feliz. Fui muito bem recebida no grupo por todos, treinadores, staff ,jogadoras e adeptos. O clube proporciona-nos condições de trabalho acima da média. Acredito que o projeto do Imortal vai continuar a crescer e, em breve, estará a disputar títulos e a dar merecidas alegrias a todos os que apoiam e “lutam” pelo clube e pelo basquetebol feminino”, termina.


São estes os quatro jogos de sábado relativos aos playoffs da Liga Betclic Feminina. A FPBtv transmite, em direto, todos os encontros!

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Fed. Portuguesa de Basquetebol (@fpbasquetebol)

 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.


Sportiva, Benfica, GDESSA e Esgueira adiantam-se nos playoffs

Os playoffs da Liga Betclic Feminina, disputados à melhor de três jogos, começaram este sábado. Sportiva AZORIS HOTELS, SL Benfica, GDESSA Barreiro e Esgueira Aveiro TRIVGLASS, todos nas condição de visitante, adiantaram-se nas suas respetivas eliminatórias.

 

O Sportiva triunfou por 57-76 face ao CPN, numa partida durante a qual a formação açoriana nunca esteve em desvantagem.

Graças a parciais de 12-17, 13-17, 17-22 e 15-20, o líder da fase regular obteve uma vitória segura e alicerçada em 10 triplos, 49 ressaltos, 23 assistências 15 roubos de bola.

Monique Pereira (valorização de 35 – 18 pontos e 13 ressaltos) revelou-se muito importante no conjunto insular.

Quanto ao CPN, Justina King (15 pontos) foi a jogadora mais concretizadora.

Estatística completa aqui: CPN 57-76 Sportiva AZORIS HOTELS

A Betclic foi outra das partes ativas no espetáculo!

 

Também a norte, o Benfica venceu por 61-71 diante do Basquete Barcelos HMMotor.

As “encarnadas” nunca tiveram que correr atrás do prejuízo e chegaram a dispor de vantagens acima dos 20 pontos, com destaque para a reta final do terceiro quarto, em que o marcador registou mesmo um 39-62.

Nos derradeiros 10 minutos deu-se a recuperação das anfitriãs, o que se traduziu num parcial de 17-9 a seu favor.

O Benfica só falhou um lance livre (10/11), ganhou 50 ressaltos, obteve 15 assistências e roubou a bola em 10 ocasiões. Raphaella Monteiro (14 pontos) foi a jogadora que mais pontos alcançou nas “águias”.

No Barcelos, Rebecca Taylor (valorização de 41 – 33pts, 12/13 LL, 14res, 4ast, 2rb) voltou a realizar uma tremenda exibição, depois de receber o prémio de MVP Betclic de março. A atleta norte-americana recebeu o galardão das mãos de Catarina Monteiro, nadadora olímpica portuguesa.

Estatística completa aqui: Basquete Barcelos HMMotor 61-71 SL Benfica

 

No Algarve, o GDESSA não esteve pelos ajustes e bateu o Imortal TCARS por 61-84.

As campeãs nacionais entraram com tudo, aplicando um parcial de 9-30. Depois das donas da casa reduzirem distâncias em seis pontos (31-46), o GDESSA voltou à carga e, praticamente, decidiu a questão graças a um parcial de 4-23.

O emblema da margem sul do Tejo apontou 12 triplos, foi eficaz a 100% (6/6) da linha de lance livre, conquistou 32 ressaltos e obteve 13 roubos de bola. Milica Ivanovic, com 28 pontos, deu nas vistas no GDESSA.

Por seu turno, no Imortal, Carolina Gonçalves contribuiu com 19 pontos.

Estatística completa aqui: Imortal TCARS 61-84 GDESSA Barreiro

 

Em Carcavelos, o Esgueira ultrapassou a Quinta dos Lombos por 54-63.

As anfitriãs até começaram a liderar as contas, mas a turma aveirense assumiu as rédeas do encontro e chegou ao último quarto com uma vantagem de 14 pontos (34-48).

Apesar do parcial final de 20-15 favorável aos Lombos, o Esgueira adiantou-se na eliminatória, num jogo em que marcou oito triplos, importando ainda destacar os seus nove roubos de bola. Olaoluwatomi Taiwo (15 pontos) sobressaiu do lado visitante.

Nos Lombos, que só falharam um lance livre (16/17) e que ganharam 54 ressaltos, Madelynn Utti (14 pontos e 15 ressaltos) teve sinal mais.

Estatística completa aqui: Quinta dos Lombos 54-63 Esgueira Aveiro TRIVGLASS

 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.


Quinta dos Lombos e Esgueira Aveiro TRIVGLASS num dos duelos dos playoffs

A Liga Betclic Feminina vai entrar nas grandes decisões, com o início dos playoffs, disputados à melhor de três jogos, a marcar este sábado!

Uma das eliminatórias opõe a Quinta dos Lombos, quinta classificada da fase regular, ao Esgueira Aveiro TRIVGLASS, que terminou no quarto posto.

Nahomis Hardy e Vashti Hill, atletas dos Lombos e do Esgueira, respetivamente, falaram à FPB sobre o primeiro duelo (18h30 de sábado, transmissão em direto na FPBtv) e uma eliminatória que promete emoção.

Na Quinta dos Lombos, Nahomis Hardy não dá ênfase ao facto da sua equipa ter levado a melhor sobre o adversário na fase regular: “Penso que as duas vitórias frente ao Esgueira não nos tornam favoritas. Sabemos que devemos melhorar em vários aspetos técnicos e táticos. O grupo toma decisões e joga coletivamente”, afirma.

A poste cubana deixa elogios ao grupo de trabalho: “A nossa equipa é aguerrida e muito coesa. Somos uma família dentro e fora de campo”, destaca.

Nahomis Hardy mostra-se confiante no apuramentos dos Lombos: “Os prognósticos quanto ao vencedor da Liga são reservados, visto que todas as equipas se prepararam. Não podemos subestimar nenhuma equipa, mas podemos ultrapassar o Esgueira. É só uma questão de acreditar”, refere.

A viver a sua segunda época em Carcavelos, a atleta de 20 anos assume que esta tem sido a “sua” época: “Esta temporada sinto-me mais comprometida com a equipa. As minhas colegas e os treinadores têm confiado mais em mim. Tem sido uma experiência maravilhosa já que tenho interagido com atletas de outros países, aprendi culturas diferentes da minha”, diz.

Do lado do Esgueira, Vashti Hill analisa o opositor: “A Quinta dos Lombos é uma equipa de qualidade, um adversário difícil. Penso que a sua maior qualidade é capacidade ganhar ressaltos”, avalia.

A extremo-poste recorda os dois embates anteriores do Esgueira frente aos Lombos, que tiveram um desfecho negativo: “No primeiro jogo não foi o nosso dia. Não conseguimos fazer aquilo em que normalmente somos muito boas enquanto equipa. O segundo jogo foi muito bom de ambas as partes, portanto só ficámos aquém no primeiro embate. Claro que podemos fazer sempre algo melhor, há sempre espaço para melhorias. Temos de aplicar em campo aquilo em que somos melhores: estarmos bem na defesa, controlarmos o ritmo do jogo e mantermos os Lombos longe dos ressaltos ofensivos”, dá a receita.

Para Vashti Hill, “especial” é a palavra que melhor define a sua equipa: “A nossa equipa é muito especial! Temos uma excelente ética de trabalho e temos treinado arduamente para tudo aquilo que conquistamos. Mas entre todas as coisas esta equipa tem coração e isso é algo que não se pode ensinar. Não importa qual é o resultado, jogamos até ao fim e isso ficou provado na última partida contra o GDESSA. Somos lutadoras! Esse jogo é a prova daquilo que somos capazes e se estivermos assim nos playoffs as nossas possibilidades são infinitas. Honestamente, penso que o Esgueira tem hipóteses de conquistar o título. Temos provado que conseguimos competir as melhores equipas da Liga. Sim, perdemos vários jogos esta época que deveríamos ter vencido. Mas penso que aprendemos com essas derrotas. Tal como já disse, temos um grupo especial de atletas, e quando trabalhamos juntas e damos tudo aquilo que temos, alimentando-nos da energia umas das outras dentro e fora de campo, conseguimos alcançar coisas incríveis!”, salienta.

A viver a sua terceira época em Esgueira, a jogadora norte-americana não poupa nos elogios: “Tem sido fantástico fazer parte desta equipa nestes três anos. Esta equipa e o clube tornaram-se na minha família. Não tenho palavras para poder dizer o quão orgulhosa estou por jogar no Esgueira. Esta equipa é única porque nunca se sabe quem se vai destacar em cada jogo. Cada atleta é uma ameaça para o adversário. Apoiamo-nos sempre, independentemente do resultado, não há ciúmes nem invejas. Tudo aquilo que queremos é ganhar. Não nos importa quem pontua mais, quem ganha mais ressaltos… jogamos para ganhar. Estamos preparadas para dar tudo de nós nos playoffs”, garante.


São estas as partidas que vão animar este sábado basquetebolístico, todas elas com transmissão em direto na FPBtv!

 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.


Rebecca Taylor fecha fase regular da Liga Betclic Feminina com chave de ouro

A fase regular da Liga Betclic Feminina chegou ao fim e a competição avança para os playoffs. Contudo, é importante destacar as atletas que estiveram em maior evidência na 22.ª e última jornada.

Concluído o balanço estatístico, um nome voltou a brilhar mais que todos os outros: Rebecca Taylor. A norte-americana do Basquete Barcelos HMMotor esteve em grande na vitória (70-58) sobre o CPN e por isso é a MVP da última ronda do campeonato. Com 26 pontos, 21 ressaltos, seis assistências e cinco roubos de bola, para uma valorização total de 46 pontos, a mais elevada de entre todas as atletas.

O restante cinco ideal é composto por Ana Paz (30pts, 11res, 4ast – 41 valorização), do CAB Madeira, Evelyn Ovner (28pts, 14res, 2ast – 32 valorização), da ACD Ferragudo, Milica Ivanovic (19pts, 8res, 4ast – 24.5 valorização), do GDESSA Barreiro, e Luana Serranho (15pts, 3res, 3ast – 20.5 valorização), do Sportiva AZORISHOTELS.

*O fator principal na escolha de MVP é o índice MVP que se encontra na estatística do jogo. Em caso de igualdade, o critério de desempate é o tempo de jogo, sendo dada prioridade a/ao atleta que jogou menos tempo.

*O cinco ideal é selecionado com base em todas as posições em campo e não pela simples ordem de valorização.

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e TikTok.


Emparelhamento definido para os playoffs da Liga Betclic Feminina

Terminada a fase regular da Liga Betclic Feminina, a época entra na fase de todas as decisões: os playoffs.

Assim, a classificação final dos oito primeiros é a seguinte:

Com base nesta classificação, os embates da primeira jornada dos quartos de final da Liga Betclic Feminina são os seguintes, com data a indicar.

Os playoffs tem transmissão completa na FPBtv.

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.


Fase regular da Liga Betclic Feminina chega ao fim com emoção à mistura

A 22.ª jornada da Liga Betclic Feminina trouxe o fim da fase regular e várias mudanças na tabela classificativa o que dita o emparelhamento para os playoffs.

O Imortal TCars venceu na receção à Quinta dos Lombos.

Num jogo de sentido único durante grande parte dos 40 minutos, a equipa da casa entrou a todo o gás e esteve no comando do marcador ao longo dos dois primeiros quartos.

Ao intervalo o marcador assinalava uma diferença de cinco pontos, mas o descanso fez bem às visitantes que reentraram com outra intensiadae e começaram a reduzir o diferencial de tal forma que deram a volta ao resultado. No entanto, diante do seus adeptos, o Imortal voltou a tomar as rédeas e concluiu o jogo com um parcial de 23-14.

Estatística completa aqui: Imortal TCars 65-55 Quinta dos Lombos 

 

Já em Esgueira, o Esgueira Aveiro TRIVGLASS recebeu e venceu o GDESSA Barreiro por 75-65.

Um dos embates mais antecipados e que podia levar a maiores mudanças na tabela, o emblema visitante, que entrou para a partida na segunda posição, depressa tomou conta dos ritmos de jogo e terminou o primeiro quarto a vencer por 15 pontos. Num jogo em que as defesas se superiorizavam aos ataques no primeiro tempo, ao intervalo o marcador mostrava 30-23.

Após o intervalo a intensidade ofensiva mudou. Ambos os ataques começaram a afinar a pontaria e as duas equipas entraram para os últimos 10 minutos separados pela margem mínima.

Empurradas pelo público, a formação da casa esteve em grande no quarto período e conquistaram o triunfo com um parcial de 29-20.

Estatística completa aqui: Esgueira Aveiro TRIVGLASS 75-65 GDESSA Barreiro

O Basquete Barcelos HMMotor recebeu e venceu o CPN, assegurando assim os playoffs da Liga Betclic Feminina.

Com as bancadas do pavilhão da Escola Secundária de Barcelos bem compostas, a equipa da casa conquistou os quatro parciais do jogo. Os minutos iniciais foram equilibrados, mas no segundo a diferença começou a aumentar. As visitantes passaram para a dianteira, mas o conjunto de Ricardo Lajas depressa recuperou a liderança.

A toada continuou no terceiro período, mas nos minutos finais. empurrado por Rebecca Taylor, o Basquete Barcelos fugiu com a vitória e festejou efusivamente um triunfo que assegurou a 7.ª posição e os playoffs.

Estatística completa aqui: Basquete Barcelos HMMotor 70-68 CPN

 

As líderes da tabela classificativa, Sportiva AZORISHOTEIS, bateram o Galitos FFonseca em Aveiro.

Já com o primeiro lugar assegurado, o conjunto açoriano viu a equipa da casa assumir o controlo do jogo nos primeiros dez minutos. Contudo, as comandadas de Ricardo Botelho foram paulatinamente recuperando a liderança e o domínio dos ritmos do encontro.

Ao intervalo a diferença já se aproximava dos 20 pontos, marca que foi atingida no decorrer do terceiro e quarto períodos. A formação de Aveiro foi mais eficaz no lançamento exterior (50% contra 40%), ainda que tenha lançado metade das vezes (10 contra 25). As insulares comandaram a luta das tabelas e viram as atletas provenientes do banco de suplentes apontar 46 pontos.

Estatística completa aqui: Galitos FFonseca 57-81 Sportiva AZORISHOTEIS

 

No Pavilhão Fidelidade, o SL Benfica recebeu e venceu a ACD Ferragudo. Fruto do resultado do GDESSA, as “águias” conseguiram ascender à 2.ª posição da tabela classificativa.

O emblema lisboeta entrou a todo o gás, mas permitiu a reação algarvia no final do primeiro e início do segundo períodos. Contudo, e apesar da resposta por parte do conjunto de Ferragudo, a formação liderada por Eugénio Rodrigues voltou a assumir o controlo do jogo e distanciou-se ainda antes do descanso.

O intervalo não mudou os ritmos do jogo, com as “encarnadas” em destaque, mas os primeiros minutos do quarto período trouxeram nova reação por parte da equipa de José Calabote. Contudo, a vitória ficou em Lisboa, com Isabela Quevedo (19pts, 13res, 2ast, 3rb) em evidência.

Estatísticas completas aqui: SL Benfica 75-65 ACD Ferragudo

 

O CAB Madeira saiu vitorioso do dérbi madeirense frente ao CDEFF Hosp. Part. Madeira, jogo que encerrou a 22.ª jornada da Liga Betclic Feminina.

Jogo de sentido único, o CAB esteve sempre na dianteira e nunca permitiu a aproximação por parte da Francisco Franco. As comandadas de Fátima Freitas foram mais eficazes no lançamento e dominaram a luta dos ressaltos (41-28).

Os turnovers também foram fonte de ataque por parte das visitantes (24 pontos contra 12), que viram Ana Paz apontar 30 pontos.

Estatística completa aqui: CDEFF Hosp. Part. Madeira 67-82 CAB Madeira

 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.

 


Última jornada da fase regular da Liga Betclic Feminina de calculadora

É já este domingo que se encerra a fase regular da Liga Betclic Feminina, com a realização da 22.ª jornada. Num domingo recheado de basquetebol, os seis jogos realizam-se em simultâneo, e com transmissão na FPBtv, com início marcado para as 15 horas.

Ainda que se trate da última jornada, ainda existem muitas incertezas relativamente à classificação final e a que equipas seguem em frente para os playoffs.

No que toca aos playoffs, as contas são as seguintes:

Sportiva AZORIS HOTELS

GDESSA Barreiro

SL Benfica

Esgueira Aveiro TRIVGLASS

Quinta dos Lombos

Imortal TCars

CPN

Basquete Barcelos HMMotor

CAB

 

Muita emoção e incerteza na tabela classificativa da Liga Betclic Feminina! Estão reunidos os ingredientes para uma tarde de basquetebol emocionante, para acompanhar de perto na FPBtv.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Fed. Portuguesa de Basquetebol (@fpbasquetebol)

 

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.


“A promoção da igualdade de género é muito importante”

No âmbito do Mês da Mulher, e no intervalo do Quinta dos Lombos vs. GDESSA Barreiro, a contar para a Liga Betclic Feminina e que se realizou no passado domingo, a FPBtv entrevistou Isabel Ribeiro dos Santos, as suas filhas Carolina e Filipa Bernardeco, e Joana Fogaça.

Tendo em comum o facto de serem ou terem sido jogadoras internacionais portuguesas e, claro, de serem mulheres ligadas ao nosso basquetebol, as quatro abordaram a evolução do entretenimento em redor dos jogos da Liga Feminina, as saudades da prática da modalidade, os seus atuais momentos profissionais e a importância de enaltecer a mulher e a igualdade de género.

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.


Rebecca Taylor coleciona mais um MVP do mês

A fase regular da temporada está cada vez mais perto do fim, mas Rebecca Taylor continua a todo o gás! A atleta do Basquete Barcelos HMMotor voltou a ser decisiva, agora em Fevereiro, e continua a dominar os prémios de MVP do mês somando o seu quinto em outros tantos possíveis.

Antes do encontro frente ao CAB Madeira, a jogadora norte-americana recebeu mais um prémio de MVP, entregue por Elvis Évora, antigo jogador internacional português.

Com exibições de destaque, Rebecca manteve o nível ao longo do mês. Em Fevereiro disputou três encontros, frente a Ferragudo, Galitos FFonseca e Sportiva AZORISHOTELS, contabilizando dois triunfos (Ferragudo e Galitos). Nesses três embates acumulou uma valorização média de 38.7.

Frente à ACD Ferragudo apontou 29 pontos, 20 ressaltos, 5 assistências, 5 roubos de bola. Já na receção ao Galitos FFonseca obteve 31 pontos, 12 ressaltos, 4 assistências, 1 roubo de bola. Contra o Sportiva Azorishotels terminou a partida com 31 pontos, 11 ressaltos, 3 assistências, 1 roubo de bola.

Acompanha tudo sobre Basquetebol em Portugal através das nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e TikTok.


Noticias da Federação (Custom)

“Foi um jogo muito competitivo e o benfica levou a melhor”

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam iaculis blandit magna, scelerisque ultricies nisi luctus at. Fusce aliquam laoreet ante, suscipit ullamcorper nisl efficitur id. Quisque id ornare est. Nulla eu arcu neque. Sed ornare ex quis pellentesque tempor. Aenean urna enim, commodo ut nunc sit amet, auctor faucibus enim. Nullam vitae felis ipsum. Etiam molestie non enim quis tincidunt. Pellentesque dictum, nulla id ultricies placerat, neque odio posuere orci, quis vestibulum justo odio ut est. Nullam viverra a magna eu tempor. Nullam sit amet pellentesque magna. Vestibulum vel fermentum turpis, nec rhoncus ipsum. Ut et lobortis felis, sed pellentesque dolor. Nam ut porttitor tellus, ac lobortis est. Fusce vitae nisl vitae ante malesuada venenatis. Sed efficitur, tellus vel semper luctus, augue erat suscipit nunc, id hendrerit orci dui ac justo.

Pellentesque eleifend efficitur orci, et pulvinar dui tempus lobortis. Proin accumsan tempus congue. Cras consectetur purus et lacinia rhoncus. Ut eu libero eget quam semper malesuada. Aliquam viverra vulputate tempor. Sed ac mattis libero, a posuere ligula. Quisque tellus dui, placerat vel ex in, fringilla fringilla tellus. Aliquam erat volutpat. Aenean convallis quis eros vel ornare. Aliquam et lorem vestibulum, posuere quam ac, iaculis arcu. Fusce feugiat blandit mattis.

Legenda

Praesent sed metus euismod, varius velit eu, malesuada nisi. Aliquam aliquet quam tempor orci viverra fermentum. Sed in felis quis tortor accumsan vestibulum. Aliquam erat volutpat. Maecenas pretium sem id enim blandit pulvinar. Pellentesque et velit id arcu feugiat hendrerit ac a odio. Sed eget maximus erat. Phasellus turpis ligula, egestas non odio in, porta tempus urna. Fusce non enim efficitur, vulputate velit in, facilisis metus.

Nulla sagittis risus quis elit porttitor ullamcorper. Ut et dolor erat. Ut at faucibus nibh. Cras nec mauris vitae mauris tincidunt viverra. Donec a pharetra lectus, vitae scelerisque ligula. Integer eu accumsan libero, id sollicitudin lectus. Morbi at sem tincidunt augue ullamcorper tristique. In sed justo purus. Aenean vehicula quam quis pellentesque hendrerit. Fusce mattis mauris lorem, in suscipit diam pretium in. Phasellus eget porttitor mauris. Integer iaculis justo ut commodo eleifend. In quis vehicula nisi, non semper mauris. Vivamus placerat, arcu et maximus vestibulum, urna massa pellentesque lorem, ut pharetra sem mauris id mauris. Vivamus et neque mattis, volutpat tortor id, efficitur elit. In nec vehicula magna.

Miguel Maria

“Donec Aliquam sem eget tempus elementum.”

Morbi in auctor velit. Etiam nisi nunc, eleifend quis lobortis nec, efficitur eget leo. Aliquam erat volutpat. Curabitur vulputate odio lacus, ut suscipit lectus vestibulum ac. Sed purus orci, tempor id bibendum vel, laoreet fringilla eros. In aliquet, diam id lobortis tempus, dolor urna cursus est, in semper velit nibh eu felis. Suspendisse potenti. Pellentesque ipsum magna, rutrum id leo fringilla, maximus consectetur urna. Cras in vehicula tortor. Vivamus varius metus ac nibh semper fermentum. Nam turpis augue, luctus in est vel, lobortis tempor magna.

Ut rutrum faucibus purus ut vehicula. Vestibulum fermentum sapien elit, id bibendum tortor tincidunt non. Nullam id odio diam. Pellentesque vitae tincidunt tortor, a egestas ipsum. Proin congue, mi at ultrices tincidunt, dui felis dictum dui, at mattis velit leo ut lorem. Morbi metus nibh, tincidunt id risus at, dapibus pulvinar tellus. Integer tincidunt sodales congue. Ut sit amet rhoncus sapien, a malesuada arcu. Ut luctus euismod sagittis. Sed diam augue, sollicitudin in dolor sit amet, egestas volutpat ipsum.