Artigos da Federaçãooo

Miriam McKenzie é MVP da 12.ª jornada da Liga Betclic Feminina

Fim de semana de “decisões” na Liga Betclic Feminina, com o encontro entre o CAB Madeira e o Galitos Cl. Dr. Semblano a encerrar a 12.ª jornada. Foi precisamente do jogo que terminou com vitória madeirense (70-64) que saiu a MVP da jornada.

Miriam McKenzie esteve em particular evidência depois de registar 28 pontos, 13 ressaltos, seis assistências e três roubos de bola, num total de 46 pontos de valorização MVP. Além da experiente norte-americana do CAB, também Rosinha Rosário (33pts, 12res, 3ast, 2rb – valorização 44) do Imortal TCars, Raphaella Monteiro (20pts, 16res, 3ast, 1rb, 1dl – valorização 32.5) SL Benfica, Anaya McDavid (22pts, 10res, 4ast, 2rb – valorização 28.5) também do CAB e ainda Fatumata Djálo (21pts, 6res, 1ast, 2rb – valorização 26.5) do Esgueira Aveiro TRIVGLASS compõe o restante cinco ideal da jornada.


Francisco Franco supera Galitos em jogo de nervos

Em partida em atraso da 13.ª jornada da Liga Betclic Feminina, o CDEFF Part. Hosp. Madeira superou o Galitos Cl. Dr. Semblano por 65-64, numa partida decidida nos últimos minutos de jogo.

O Galitos esteve mais tempo na liderança do marcador e até começou melhor depois de um parcial de 15-20. O Francisco Franco respondeu antes do intervalo e foi para o descanso com apenas um ponto de desvantagem (35-36). O equilíbrio manteve-se no regresso dos balneários, com ambas as equipas a protagonizarem o quarto mais prolifico no 3.º quarto (23-24). Sem conseguirem distanciar-se no marcador, as duas equipas lutaram até ao final com o encontro a decidir-se com um lance livre convertido por Dayna Rouse (15pts, 3res, 1rb).

Além da norte-americana, também Ndioma Kane (27pts, 18res, 1ast, 2rb) foi fundamental nas madeirenses. Já no Galitos sobressaíram Barbara Souza (17pts, 12res, 2ast, 1rb), Maeve Carroll (15pts, 8res, 1ast), Daniela Domingues (14pts, 7res, 3ast, 1rb) e Maria Neto (10pts, 3res, 1rb).

A Liga Betclic Feminina regressa no próximo dia 11 com o embate entre Imortal TCars e o Francisco Franco agendado para as 11h00.


Benfica ultrapassa Olivais e segue invencível

Na Liga Betclic Feminina, o SL Benfica continua invencível depois de levar a melhor no reduto do Olivais ABTF Betão. O Sportiva AZORISHOTELS, GDESSA Barreiro, Esgueira Aveiro TRIVGLASS e CAB Madeira também somaram dois pontos.

Em Coimbra, o Benfica ultrapassou o Olivais por 96-74. A primeira parte foi equilibrada, com as “águias” a chegarem ao intervalo com apenas três pontos de vantagem (42-39). No regresso dos balneários, o Benfica aplicou um parcial de 28-14 e embalou para mais um triunfo, que acabou por ser obtido de forma tranquila, até porque o avanço das campeãs nacionais, no derradeiro quarto, nunca baixou dos dois dígitos. O Benfica registou 68% de eficácia (30/44) a lançar de dois pontos, conquistou 38 ressaltos e contou com as exibições de Joana Soeiro (24pts, 5/5 2P, 3/6 3P, 5/6 LL, 4res, 9ast, 2rb), Courtney Warley (16pts, 7/9 2P, 3ast), Dragana Zubac (12pts, 6/7 2P, 7res, 3ast) e Raphaella Monteiro (11pts, 5/8 2P, 10res, 3ast). Já nas anfitriãs, realce para as prestações de Emma Huff (19pts, 3/5 3P, 4/4 LL, 4res, 1ast, 1rb), Maria Oliveira (18pts, 7/12 2P, 4/5 LL, 13res, 3ast, 3rb), Karissa Kajorinne (13pts, 3/6 3P, 3res, 3ast, 1rb) e Mariana Garrido (10pts, 2res, 5ast, 1rb).

O Sportiva arrancou uma vitória por 79-74 no pavilhão da Quinta dos Lombos, mas a turma de Carcavelos até esteve praticamente sempre no comando do resultado. Os Lombos foram para o intervalo a ganhar por 45-33, contudo estava guardada para o regresso dos balneários a reação açoriana. Com um parcial de 21-11, nos derradeiros dez minutos, o Sportiva garantiu o triunfo, numa partida em que roubou a bola em nove ocasiões, contribuindo para os 22 turnovers do adversário. Alyesha Lovett (28pts, 8/15 2P, 12/18 LL, 3res, 2ast), Eva Carregosa (17pts, 3/4 3P, 6/6 LL, 3res), Emanuely Oliveira (14pts, 3/5 2P, 5/6 LL, 4res, 3ast, 2rb) e Alyssa Cerino (11pts, 4/4 LL, 4res, 1ast, 1rb) sobressaíram no conjunto de Ponta Delgada, enquanto nos Lombos, que apontaram 11 triplos, deram nas vistas Michaela Porter (19pts, 3/4 2P, 4/6 3P, 6res, 1ast), Rosemarie Julien (16pts, 4/6 2P, 2/3 3P, 1res, 2ast, 2rb) e Suraya Rijal (10pts, 4/6 2P, 8res, 2ast, 2rb).

Na receção ao Imortal TCars, o GDESSA venceu por 74-52. O emblema da margem sul do Tejo controlou as operações e, com um parcial de 25-11, deu o mote para um triunfo tranquilo. O GDESSA converteu 14 dos seus 16 lances livres e teve Márcia Costa Robalo (19pts, 5/8 3P, 8res, 1ast, 7rb), Krystal Freeman (18pts, 5/7 2P, 5/5 LL, 3res, 2ast) e Maianca Umabano (14pts, 4/4 LL, 4res, 1ast, 1rb, 1dl) como elementos em destaque, ao passo que Joana Ramos (12pts, 2/3 3P, 1res, 4ast, 1rb), Rosinha Rosário (12pts, 3/5 2P, 1res, 1ast, 1rb) e Monique Pereira (10pts, 8res, 1ast, 2rb) assumiram preponderância.

O Esgueira levou a melhor (64-54), fora de portas, diante da AD Vagos. A primeira parte foi pautada pelo equilíbrio, mas ainda na reta final do segundo quarto o Esgueira colocou-se em definitivo na liderança. A turma aveirense ganhou 43 ressaltos, sendo que pelas suas cores sobressaíram Estefani Fajardo (12pts, 10res, 2ast, 1rb, 1dl), Gabriela Raimundo (12pts, 4/7 2P, 5res, 3ast, 1dl), Fatumata Djaló (10pts, 4/6 2P, 1res, 2ast, 2rb) e Vashti Hill (14res), enquanto no Vagos despontaram Kwanza Murray (23pts, 3/5 3P, 4/4 LL, 5res, 2ast, 1rb) e Erykah Russell (14pts, 13res, 1ast).

O CAB voltou a sorrir no campeonato, algo que já não acontecia desde 1 de dezembro, ao superar o Galitos Cl. Dr. Semblano por 70-64. Após um empate (15-15) no quarto inaugural, a equipa do Funchal encetou parciais de 24-16 e 15-11 e colocou-se na rota do sucesso, apesar de ainda ter havido uma reação aveirense. O CAB converteu todos os seus 11 lances livres, ganhou 37 ressaltos e beneficiou da grande exibição de Miriam McKenzie (28pts, 10/14 2P, 5/5 LL, 13res, 6ast, 3rb), sem esquecer Anaya McDavid (22pts, 9/17 2P, 4/4 LL, 10res, 4ast, 2rb) e Rita Oliveira (13pts, 4/6 2P, 2res, 4ast). Relativamente ao Galitos, Maeve Carroll (17pts, 9/12 LL, 5res, 2ast, 2rb, 1dl), Daniela Domingues (16pts, 4/8 2P, 5/5 LL, 4res, 6ast, 2rb, 1dl), Sydne Wiggins (13pts, 5/7 2P, 5res, 3ast, 1rb) e Maria Neto (10pts, 3/4 LL, 3ast, 4rb).


“Penso que temos aquilo que é preciso para sermos campeãs”

Reforçou de forma sonante o GDESSA Barreiro, recentemente, num regresso ao clube da margem sul do Tejo. Falamos de Kamilah Jackson, poste norte-americana de 30 anos, que se estreou no último domingo na vitória diante da Quinta dos Lombos.

Em entrevista à FPB, Kamilah, que estava na última equipa campeã pelo GDESSA, não esconde a felicidade por este retorno, mostra-se confiante nas capacidades da sua nova equipa e explica como pode acrescentar qualidade à equipa.

Como te sentiste contra a Quinta dos Lombos? Começaste em grande nível, logo com uma grande importância na vitória.
No jogo contra os Lombos senti-me bem, as minhas colegas fizeram sentir-me confortável, como se estivesse em casa. Ainda estou a trabalhar para conhecer todas as jogadas, mas as minhas colegas têm-me ajudado e dito para onde ir. Ainda sinto que posso aprender mais todo o nosso estilo de jogo, isso virá com o tempo. Também acredito que há sempre espaço para melhorias no meu e no nosso jogo!

O que achas desta equipa do GDESSA? Quais foram as primeira sensações?
Penso que temos uma boa equipa e estamos a trabalhar para sermos ótimas! Temos excelentes bases e boa presença no jogo interior, algo que eu penso que é muito importante para uma equipa.

Como se deu esta oportunidade de regresso ao basquetebol português e ao GDESSA?
Foi interessante ter a oportunidade de voltar a Portugal e ao GDESSA. Falo com várias jogadoras retiradas e atletas no ativo ao longo do ano. O GDESSA é mais do que uma família e eu disse-lhes que voltaria a jogar em Portugal antes de me retirar. A Joana Piteira contactou-me e eu pensei que esta era uma ótima oportunidade para voltar.

O que pensas que podes acrescentar à equipa? Como caracterizas a Kamilah Jackson de 2023?
O que eu posso acrescentar a esta equipa é a minha liderança e experiência. Joguei em vários países e diferentes estilos de basquetebol. Penso que também posso trazer uma grande presença no jogo interior e ser aquela peça que acalma quando as coisas estão um pouco agitadas. Descrevo-me como uma jogadora experiente, calma, que poderá ver melhor o jogo e ajudar a equipa em tudo aquilo que for preciso.

Sentes que esta equipa pode repetir a conquista da Liga de 2017, da qual fizeste parte?
Honestamente, penso que podemos repetir o sucesso de 2016-17. Esta equipa é completamente diferente, mas a Liga também o é. Ainda temos muitas que temos de trabalhar e melhorar, mas penso que temos aquilo que é preciso para sermos campeãs. Especialmente se continuarmos a trabalhar arduamente e a melhorar diariamente na prática.

Acreditas que a tua experiência pode ser decisiva para o GDESSA?
Penso que a minha experiência vai ajudar muito, o que beneficiará a confiança das jogadoras. Isso permitirá que outras jogadoras tenham oportunidade de fazer lançamentos abertos e a confiança para continuar a atirar. Joguei com diferentes tipos de atletas, portanto consigo adaptar-me facilmente e dar o meu melhor para a equipa tenha sucesso.

Quais são as melhores recordações que guardas da primeira passagem pelo GDESSA?
As minhas melhores memórias são de quando vencemos a Taça de Portugal e a Liga no mesmo ano. Só de poder segurar aqueles grandes troféus e tirar fotografias com ambos foi incrível! Muitas outras ótimas lembranças são as viagens, em que ríamos e fazíamos vídeos, com as minhas colegas a ensinarem-me português, os jantares em casa delas. Foi incrível ter pais a cozinhar para mim e eu amo esses pratos até hoje. Outra grande razão pela qual voltei foi o bacalhau (risos)! Mas, no geral, sentia-me parte de uma família e sempre bem-vinda, que é um dos maiores motivos pelos quais escolhi voltar!


Este fim de semana realizam-se os seguintes seis jogos da Liga Betclic Feminina, todos com transmissão em direto na FPBtv:


Bárbara Souza repete o MVP

A 17.ª jornada da Liga Betclic Feminina chegou ao fim no último domingo e voltou a coroar Bárbara Souza, do Galitos Cl. Dr. Semblano, como a jogadora mais valiosa desta ronda.

A brasileira atingiu os 37.5 pontos de valorização MVP depois de brilhar com 24 pontos, 17 ressaltos, oito assistências e um roubo de bola no triunfo sobre o Olivais ABTF Betão (84-58).

Alem da experiente jogadora do Galitos também estiveram em destaque Maeve Carrol (20pts, 15res, 2ast, 1rb, 1dl – 35 valorização), também do Galitos, Raphaella Monteiro (21pts, 12res, 2ast, 1rb, 2dl – 35 valorização) do SL Benfica, Márcia Robalo (25pts (4/6 3pt), 6res, 1ast, 1rb – 25.5 valorização) do GDESSA Barreiro e Kwanza Murray (28pts (8/11LL), 8res, 2ast, 1rb – 24.5 valorização) da AD Vagos.


GDESSA, Galitos, CPN, Vagos, Benfica e Sportiva com triunfos caseiros

Domingo recheado na Liga Betclic Feminina com todas as equipas que jogaram em casa a conseguirem triunfos. O dia começou com a vitória do GDESSA Barreiro ante a Quinta dos Lombos por 76-64 e com o triunfo do Galitos/Cl. Dr. Semblano face ao Olivais ABTF Betão (84-58). Da parte da tarde, o CP Natação/Imopartner ultrapassou o Esgueira Aveiro TrivGlass (50-46), a AD Vagos levou a melhor sobre o Imortal TCars após duplo prolongamento (82-81), o SL Benfica manteve a invencibilidade depois de levar de vencida o CAB Madeira (70-63) e a fechar o dia de basquetebol feminino o Sportiva Azorishotels derrotou o CDEFF/Hosp. Part. Madeira (72-42).

O primeiro encontro do dia viu o GDESSA superar a Quinta dos Lombos (76-64). A equipa do Barreiro esteve sempre na liderança do marcador, começando por alcançar uma vantagem de dez pontos logo no primeiro quarto. Apesar da boa resposta da formação de Carcavelos, o GDESSA foi para o intervalo a vencer por 40-29. Na segunda metade as diferenças mantiveram-se e a equipa da casa fechou o encontro com um parcial de 21-17.

Destaque para Márcia Robalo (25pts, 6res, 1ast, 1rb), Britta Daub (17pts, 2res, 4ast), Kamila Jackson (15pts, 10res, 2ast, 1rb, 1dl) e ainda Krystal Freeman (13pts, 3res, 1dl) no GDESSA, já nos estiveram em evidência Michaela Porter (19pts, 7res, 2ast, 2rb) e Rosemarie Julien (16pts 5res).

Em Aveiro, o Galitos somou o sexto triunfo no campeonato depois de um primeiro quarto de excelência (28-12). Apesar de ter equilibrado as contas do marcador no regresso dos balneários, o Olivais foi incapaz de contrariar a eficácia do Galitos que fechou a partida com um parcial de 22-13.

O Galitos contou com a inspiração de Barbara Souza (24pts, 17res, 8ast, 1rb), Maeve Carroll (20pts, 15res, 2ast, 1rb, 1dl), Sydne Wiggins (14pts, 2res, 4rb) e Daniela Domingues (11pts, 4res, 4ast, 1dl), já o Olivais teve em destaque Maria Oliveira (20pts, 14res, 4ast, 1rb) e Emma Huff (10pts, 4res, 1ast, 3rb).

O CPN conseguiu uma importante vitória na receção ao Esgueira. O conjunto de Ermesinde começou melhor, mas as duas equipas chegaram ao tempo de descanso empatadas (22-22). No regresso dos balneários, o equilíbrio manteve-se e nos momentos finais o CPN conseguiu ser mais forte e cavar um pequeno fosso no marcador que se mostrou suficiente para o CPN conseguir a vitória.

Isabela Quevedo (14pts, 17res, 2ast, 2rb, 1dl), Mykea Gray (11pts, 4res, 4ast, 1rb) e Alison Lewis (11pts, 9res, 1rb) brilharam na equipa de Ermesinde, quanto o Esgueira contou com os bons jogos de Vasthi Hill (11pts, 10res, 1ast, 2rb) e Inês Ramos (12pts, 5res).

O encontro mais disputado do dia terminou apenas após duplo prolongamento com a AD Vagos a superar o Imortal. A equipa da casa esteve quase sempre atrás no marcador, salvo o primeiro quarto e grande parte do tempo extra. O equilíbrio foi a tónica de um jogo que se decidiu nos detalhes e na capacidade de ser eficaz da linha de lance livre. Kwanza Murray viria a ser a heroína do jogo depois de converter o lance livre final que confirmaria o quarto triunfo do Vagos no campeonato.

Erykah Russell (22pts, 9res, 1ast, 3rb, 1dl), Kwanza Murray (28pts, 8res, 2ast, 1rb) e Daniela Jesus (14pts, 3res, 4ast, 1rb) foram as melhores no conjunto vaguense, já as algarvias contaram com as boas performances de Joana Ramos (23pts, 7res, 4ast, 1rb), Letícia Lisboa (13pts, 6res) e Victorya Reynolds (12pts, 4res, 1ast, 1rb).

Tal como jogo em Vagos, também o jogo no Pavilhão Fidelidade foi extremamente disputado. O Benfica saiu com o triunfo, mas quem esteve no comando do jogo durante a maioria do encontro foi o CAB. A equipa madeirense esteve a vencer por 18 pontos ainda antes do intervalo e entrou na segunda metade com 14 pontos à maior (31-45). A desvantagem das “águias” foi contrariada no regresso dos balneários e através de um parcial de 16-7, o conjunto encarnado regressou à discussão do jogo. Nos últimos dez minutos, realce para o parcial de 23-11 que viria a confirmar o 17.º triunfo do Benfica no campeonato. A equipa de Eugénio Rodrigues continua sem conhecer o sabor da derrota.

As águias tiveram em Raphaella Monteiro (21pts, 12res, 1ast, 1rb, 2dl), Marta Martins (16pts, 5res, 4ast, 1rb), Courtney Warley (10pts, 7res, 1rb, 3dl) e Darien Huff (10pts, 1res, 3ast) as principais referências, já do lado das madeirenses sobressaíram Anaya McDavid (21pts, 7res, 1ast), Maria Lopes (15pts, 3res, 1ast, 1rb), Miriam McKenzie (11pts, 13res, 2ast) e Andreia Caires (11pts, 1rb, 1dl).

Jogo de “sentido único” no Pavilhão Desportivo Sidónio Serpa, com o Sportiva a bater o CDEFF por 72-42. Durante a primeira metade a vantagem açoriana nunca ultrapassou os dois dígitos, mas a entrada no 3.º quarto viria a revelar-se decisiva (20-10) para a vitória folgada do Sportiva.

Vânia Sengo (15pts, 7res, 2ast, 1rb, 1dl), Emanuely Oliveira (14pts, 6res, 1ast, 2dl) e Alyssa Cerino (14pts, 10res, 1ast, 1rb, 2dl) brilharam no conjunto açoriano, enquanto as madeirenses tiveram em Akila Smith (11pts, 5res, 2rb) e Ndioma Kane (13pts, 12res, 4ast, 3rb, 1dl) as jogadoras mais inconformadas.


“Esta época está a ser uma agradável surpresa. É bom estar de volta à Liga”

Em época de estreia na Quinta dos Lombos, Inês Faustino tem provado toda a sua qualidade e influência na manobra da equipa.

Estivemos à conversa com a internacional portuguesa, que não esconde o entusiasmo por este regresso à Liga Betclic Feminina. A base fala numa estabilização da conjunto e olha para a conquista do título, antes de um fim de semana em que os Lombos defrontam o GDESSA Barreiro, fora de portas (11h de domingo, transmissão na FPBtv e n’A Bola TV).

 

Vem aí um jogo contra o GDESSA. Quais são as maiores qualidades deste adversário?
Sem dúvida, a intensidade e agressividade defensiva. O GDESSA consegue impor um bom ritmo de jogo durante os 40 minutos. Temos de tentar controlar isso.

Os Lombos estão a apenas um ponto do GDESSA. Por esse motivo, este jogo torna-se ainda mais importante?
Estamos num bom momento e queremos continuar. Não damos mais importância a este jogo do que àqueles que já passaram ou aos que ainda estão para vir. Queremos ser competitivas sempre.

Os Lombos têm cinco vitórias consecutivas na Liga, mas vêm de uma eliminação em casa na Taça Federação. Isso poderá pesar no bom momento que atravessavam?
Não. Às vezes ganhamos, outra vezes perdemos. Faz parte do processo. Estamos desde o início da semana focadas neste novo jogo. A derrota no jogo da Taça Federação apenas serve para percebermos os erros que não podemos repetir.

Quais são as principais razões que explicam a subida de rendimento dos Lombos na Liga?
Conseguirmos a estabilidade da equipa. Passámos por lesões e trocas de estrangeiras que atrasaram algum processo de construção da equipa. Conseguirmos esta estabilidade permite-nos ser mais consistentes e, em resultado disso, mais competitivas.

Qual é o principal objetivos dos Lombos neste campeonato? Olham para a conquista do título?
Queremos ser competitivas e consistentes. Temos uma plantel vasto e cheio de qualidade, temos de aproveitar isso. E sim, a conquista do título é um dos objetivos.

Como tem sido esta época de estreia nos Lombos?
Tem sido uma agradável surpresa. É bom estar de volta à competição da Liga. O nosso plantel é competitivo e isso permite que os treinos também o sejam.

Tens sido uma peça-chave na equipa. Esperava uma influência tão grande?
Acho que temos um plantel variado e cheio de qualidade, o que torna todas as jogadoras importantes para o sucesso do grupo. Fico contente por poder contribuir para isso.

Numa equipa com muita juventude, acabas por ser uma das “conselheiras” das jovens atletas?
Nao sei se “conselheira” é a palavra. Quero ajudar o máximo e acho que a minha experiência pode ajudar nalgumas situações.


A 17.ª jornada da Liga Betclic Feminina vai marcar o próximo domingo. A FPBtv transmite, em direto, os seis embates.


Benfica, Sportiva e Imortal somam triunfos

Este domingo, na Liga Betclic Feminina o SL Benfica bateu o CDEFF/Hosp. Part. Madeira, o Sportiva AzorisHotels superou o CAB Madeira e o Imortal BC Tcars impôs-se no reduto do CP Natação/Impartner.

As campeãs nacionais tiveram que suar para ultrapassar  (73-56) o adversário insular, já que no final do terceiro quarto a Escola Francisco Franco se encontrava em vantagem por 51-49. Nos derradeiros 10 minutos, o Benfica acelerou e aplicou um decisivo parcial de 24-5, prosseguindo assim invencível na competição. As “encarnadas” registaram 60% de eficácia (23/38) da linha de dois pontos, converteram 12 dos seus 14 lances livres, alcançaram 14 roubos de bola e tiveram Raphaella Monteiro (22pts, 7/10 2P, 14res, 5ast, 6rb), com uma espetacular exibição, Courtney Warley (20pts, 9/12 2P, 7res, 2ast, 2rb) e Dragana Zubac (15pts, 6/6 LL, 4res, 2ast, 3rb) como melhores em campo. Por seu turno, na Escola Francisco Franco, sobressaíram Dayna Rouse (18pts, 4/6 3P, 5res, 4ast, 2rb), Akila Smith (15pts, 7/8 LL, 6res, 1ast, 2rb) e Ndioma Kane (12pts, 9res, 3ast, 4dl).

Em Ermesinde, o Imortal não teve dificuldades para superar o CP Natação/Imopartner e acabou por vencer por 36-61. Depois de um primeiro quarto demolidor, com um parcial de 6-19 que em muito limitou a ambição da formação da casa, o CPN equilibrou o encontro no 2.º quarto, mas sem conseguir reduzir diferenças no marcador. A equipa de Albufeira continuou a apresentar-se mais eficaz e, além da maior capacidade para finalizar perto do cesto, soube explorar o contra-ataque para nunca mais permitir ao à equipa da casa qualquer reação. No final dos quarenta minutos, a formação algarvia viria a somar o segundo triunfo consecutivo no campeonato. No Imortal TCars brilhou Monique Pereira (21pts, 22res, 2ast, 3rb, 1dl), enquanto no CP Natação Isabela Quevedo (10pts, 12res, 2rb) foi a atleta mais inconformada.

O Sportiva Azorishotels regressou às vitórias na Liga Betclic Feminina depois de ultrapassar o CAB Madeira (74-61). Apesar de ter estado sempre em vantagem durante os quarenta minutos regulamentares, o União Sportiva teve de lutar para ultrapassar o CAB Madeira. A equipa açoriana começou melhor e colocou-se em uma vantagem de cinco pontos (24-19), sendo que ainda antes do intervalo acabou por ver o conjunto madeirense reagir. O CAB foi para o intervalo a apenas uma posse de bola distância (40-37). A “resistência” madeirense viria a terminar nos últimos dez minutos, momento da partida em que a formação da casa puxou dos galões e, através de um parcial de 17-9, conseguiu cimentar a liderança isolada da partida e o consequente regresso aos triunfos no campeonato. O CAB contou com a inspiração de Rita Oliveira (25pts, 2res, 4ast, 1rb) e Miriam McKenzie (12pts, 17res, 5ast, 4rb), enquanto nas açorianas sobressaíram Aleysha Lovett (23pts, 4res, 5ast, 4rb, 1dl) e Alyssa Cerino (15pts, 5res, 2ast, 1dl).


Olivais bate o pé ao GDESSA na Liga Betclic Feminina

Na Liga Betclic Feminina, o Olivais ABTF Betão arrancou um precioso triunfo no reduto do GDESSA Barreiro, segundo classificado, enquanto a Quinta dos Lombos bateu o Galitos Cl. Dr. Semblano.

No Barreiro, o Olivais obteve o seu segundo triunfo consecutivo, agora por 68-66 face ao GDESSA. O equilíbrio imperou, com vários alternâncias na liderança do marcador e nenhuma das equipas a dispor de vantagens na casa dos dois dígitos. A 1:41 do soar da buzina, as anfitriãs alcançaram um resultado de 66-61, mas um parcial de 7-0 para o Olivais decidiu a questão. O GDESSA conquistou 41 ressaltos e teve Maianca Umabano (16pts, 5/8 2P, 4res, 4ast, 2rb), Krystal Freeman (12pts, 12res, 2ast, 2rb, 1dl) e Márcia Costa Robalo (11pts, 4/6 2P, 3res, 1ast, 5rb, 2dl). Por seu turno, no Olivais, que converteu os seus 11 lances livres e averbou 12 roubos de bola, assumiram destaque Mariana Garrido (17pts, 6/7 2P, 5/6 LL, 6res, 4ast), Karissa Kajorinne (16pts, 4/5 2P, 1res), Emma Huff (12pts, 4/6 2P, 7res, 1ast) e Maria Oliveira (10pts, 6/7 LL, 14res, 3ast, 1dl),

Em Carcavelos, os Lombos alcançaram a sexta vitória seguida, depois de suplantarem o Galitos por 81-62. As donas da casa comandaram sempre as contas, sendo que o seu parcial de 26-11 no segundo quarto acabou por se mostrar determinante. Os Lombos marcaram 20 dos seus 23 lances livres, ganharam 43 ressaltos e roubaram a bola em 14 ocasiões, numa partida em que beneficiaram das exibições de Rosemarie Julien (27pts, 9/9 LL, 8res, 2ast, 3rb, 1dl), Michaela Porter (15pts, 6res, 2ast, 3rb), Mariana Carvalho (10pts, 3/5 2P, 2res, 3ast, 3rb), Marta Roseiro (10pts, 4/4 LL, 1res) e Suraya Rijal (10res). Por seu turno, no Galitos, deram nas vistas Barbara Souza (16pts, 5res, 3ast), Maeve Carroll (12pts, 4/6 2P, 4/4 LL, 4res, 1ast, 1dl) e Daniela Domingues (11pts, 6res, 4ast, 1dl).


MVP para Vashti Hill

Na 15.ª jornada da Liga Betclic Feminina, foi a extremo-poste do Esgueira/Aveiro/OLI, Vasthi Hill, que se evidenciou ao obter uma valorização de 38 pontos MVP. A norte-americana alcançou o duplo-duplo com 22 pontos, 13 ressaltos, acrescentando ainda uma assistência e cinco roubos de bola, no triunfo do Esgueira diante do CDEFF/Hosp. Part. Madeira (66-52).

Marlyn Caicedo (15pts (71.4%), 13res, 1rb – 29 valorização) e Kwanza Murray (22pts, – 6res, 4ast, 3rb – 23 valorização), da AD Vagos, e Raphaella Monteiro (18pts, 10res, 1rb – 26.5 valorização) e Joana Soeiro (14pts, 4res, 7ast, 2rb – 16.5 valorização), do SL Benfica, completam o restante cinco ideal da jornada.


GDESSA, Imortal, Olivais, Benfica e Lombos celebram vitórias

 A 15.ª jornada da Liga Betclic Feminina terminou este domingo e viu o SL Benfica manter a liderança invicta do campeonato depois de superar o Galitos Cl. Dr. Semblano (58-88), o GDESSA Barreiro bater o Sportiva AzorisHotels (70-68), O Olivais ABTF-Betão levar a melhor sobre a AD Vagos (65-74), o Imortal TCars vencer o CAB Madeira (75-73), e ainda a Quinta dos Lombos ultrapassar o CP Natação Imopartner (73-57).

O GDESSA ascendeu ao 2.º lugar do campeonato depois de levar a melhor sobre o União Sportiva (70-68). No encontro mais equilibrado da jornada, as duas equipas equivaleram-se nos primeiros dez minutos, mas foi o Sportiva que foi para o descanso na frente do marcador (42-44). A segunda parte pertenceu à equipa da casa que, através de um parcial de 17-12 conseguiu fixar o resultado final em 70-68.

No GDESSA sobressaíram Sara Ressurreição (16pts, 1res, 1ast, 3rb), Krystal Freeman (18pts, 8res), Maianca Umabano (12pts, 7res, 1ast, 2rb), enquanto no Sportiva foram protagonistas Emanuely Oliveira (16pts, 6res, 3ast), Aleysha Lovett (14pts, 7res, 2ast, 2rb), Alyssa Cerino (10pts, 5res, 1dl) e Susana Carvalheira (10pts, 5res, 1rb, 1dl).

O Olivais aproximou-se da AD Vagos depois de triunfar na visita ao reduto da equipa aveirense (65-74). Para o terceiro triunfo conimbricense no campeonato foi determinante o parcial obtido nos últimos dez minutos (17-24), já que o Vagos conseguiu esbater diferenças no final do 3.º período. Apesar da curta liderança, o Olivais que dominou a segunda metade do jogo, fechou a partida com um 65-74.

Kwanza Murray (22pts, 6res, 4ast, 3rb), Marlyn Caicedo (15pts, 13res, 1rb) e Daniela Jesus (14pts, 2res, 6ast, 3rb) evidenciaram-se na equipa da casa, já no Olivais brilharam Emma Huff (14pts, 7res, 2ast, 5rb), Karissa Kajorinne (14pts, 1res, 1ast, 3rb), Mariana Cegonho (13pts, 2res, 3ast), Maria Oliveira (11pts, 10res, 2ast, 2rb).

Partida de altos e baixos em Albufeira, com o Imortal a dominar a primeira metade do encontro, mas a deixar escapar a liderança ainda antes do intervalo. O reatar do jogo foi algo titubeante, mas demonstrou um CAB mais forte que dominou a marcha do marcador até aos últimos minutos do jogo, momento em que a formação algarvia voltou a apresentar-se mais forte e que permitiu consolidar a sétima vitória na Liga (75-73). Destaque ainda para a entrega do prémio de MVP do mês de dezembro à poste do Imortal, Monique Pereira.

Rosinha Rosário (13pts, 11res, 3ast, 1dl), Márcia Carvalho (20pts, 1res, 3ast) e Monique Pereira (15pts, 7res, 3ast, 3rb, 1dl) estiveram em bom plano, já o CAB contou com as performances de Brooklyn McDavid (21pts, 8res), Miriam McKenzie (16pts, 6res, 1ast, 3rb) e Rita Oliveira (13pts, 2res, 4ast, 1rb).

O Benfica não encontrou grandes obstáculos na deslocação a Aveiro e somou a décima quinta vitória em outros tantos jogos no campeonato. As “águias” dominaram do primeiro ao último minuto e foram paulatinamente aumentando a vantagem que alcançaram no 1.º quarto (14-24). Sem capacidade para fazer frente ao poderio encarnado, o Galitos atravessou o melhor momento no jogo nos últimos dez minutos, mas não foi suficiente para impedir o triunfo encarnado (58-88).

Barbara Souza (13pts, 11res, 3ast, 1rb), Maria Neto (11pts, 1res, 1ast), Maeve Carroll (10pts, 3res, 4ast, 1rb) foram as mais influentes no Galitos, já nas “águias” os holofotes viraram-se para Joana Soeiro (14pts, 4res, 7ast, 2rb), Marta Martins (14pts, 4res, 1ast, 2rb), Courtney Warley (16pts, 4res,1 rb) e Raphaella Monteiro (18pts, 10res, 1rb).

Em Carcavelos, foi o CPN que começou melhor com um parcial de 16-20, tendo aumentado a vantagem pontual no 2.º quarto (11-15). Apesar dos oito pontos de desvantagem (27-35) antes de entrar no 3.º quarto, a Quinta dos Lombos operou a reviravolta no marcador na 2.ª metade apoiada no parcial de 25-10 logo a seguir ao descanso. A equipa da casa chegou mesmo a vencer por mais de 20 pontos, confirmando a nona vitória no campeonato.

Nos Lombos realçar os bons jogos de Michaela Porter (28pts, 6res, 3ast, 3rb), Rosemarie Julien (18pts, 5res, 2rb) e Mariana Carvalho (11pts, 2res, 2rb, 1dl), enquanto o conjunto de Ermesinde contou com a inspiração de Mykea Gray (23pts, 3res, 3ast, 2rb), Isabela Quevedo (14pts, 9res, 3rb) e Alison Lewis (10pts, 9res, 1ast, 1rb).

A Liga Betclic Feminina regressa no próximo sábado!


Quinta dos Lombos com vitória caseira sobre o Vagos

A Quinta dos Lombos tem razões para sorrir neste final de ano, depois de ganhar à AD Vagos por 75-40 e, assim, somar o seu terceiro triunfo consecutivo na Liga Betclic Feminina.

As anfitriãs nunca estiveram em desvantagem e ao intervalo já dispunham de um avanço de 20 pontos (41-21).

Após um terceiro quarto igualado, nos derradeiros 10 minutos os Lombos voltaram a ampliar a vantagem graças a um parcial de 15-0.

A Quinta dos Lombos registou 10 triplos, ganhou 54 ressaltos e alcançou 21 assistências, numa partida em que teve Michaela Porter (21pts, 4/6 2P, 3/6 3P, 4/5 LL, 10res, 2ast, 1rb), Marta Roseiro (13pts, 3/6 3P, 3res, 1ast, 1rb) e Rosemarie Julien (12pts, 6/11 2P, 10res, 4ast, 1rb) como principais figuras.

Do lado do Vagos, sinal mais para Kwanza Murray (18pts, 6res, 2rb) e Marlyn Caicedo (13res).


Noticias da Federação (Custom)

“Foi um jogo muito competitivo e o benfica levou a melhor”

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam iaculis blandit magna, scelerisque ultricies nisi luctus at. Fusce aliquam laoreet ante, suscipit ullamcorper nisl efficitur id. Quisque id ornare est. Nulla eu arcu neque. Sed ornare ex quis pellentesque tempor. Aenean urna enim, commodo ut nunc sit amet, auctor faucibus enim. Nullam vitae felis ipsum. Etiam molestie non enim quis tincidunt. Pellentesque dictum, nulla id ultricies placerat, neque odio posuere orci, quis vestibulum justo odio ut est. Nullam viverra a magna eu tempor. Nullam sit amet pellentesque magna. Vestibulum vel fermentum turpis, nec rhoncus ipsum. Ut et lobortis felis, sed pellentesque dolor. Nam ut porttitor tellus, ac lobortis est. Fusce vitae nisl vitae ante malesuada venenatis. Sed efficitur, tellus vel semper luctus, augue erat suscipit nunc, id hendrerit orci dui ac justo.

Pellentesque eleifend efficitur orci, et pulvinar dui tempus lobortis. Proin accumsan tempus congue. Cras consectetur purus et lacinia rhoncus. Ut eu libero eget quam semper malesuada. Aliquam viverra vulputate tempor. Sed ac mattis libero, a posuere ligula. Quisque tellus dui, placerat vel ex in, fringilla fringilla tellus. Aliquam erat volutpat. Aenean convallis quis eros vel ornare. Aliquam et lorem vestibulum, posuere quam ac, iaculis arcu. Fusce feugiat blandit mattis.

Legenda

Praesent sed metus euismod, varius velit eu, malesuada nisi. Aliquam aliquet quam tempor orci viverra fermentum. Sed in felis quis tortor accumsan vestibulum. Aliquam erat volutpat. Maecenas pretium sem id enim blandit pulvinar. Pellentesque et velit id arcu feugiat hendrerit ac a odio. Sed eget maximus erat. Phasellus turpis ligula, egestas non odio in, porta tempus urna. Fusce non enim efficitur, vulputate velit in, facilisis metus.

Nulla sagittis risus quis elit porttitor ullamcorper. Ut et dolor erat. Ut at faucibus nibh. Cras nec mauris vitae mauris tincidunt viverra. Donec a pharetra lectus, vitae scelerisque ligula. Integer eu accumsan libero, id sollicitudin lectus. Morbi at sem tincidunt augue ullamcorper tristique. In sed justo purus. Aenean vehicula quam quis pellentesque hendrerit. Fusce mattis mauris lorem, in suscipit diam pretium in. Phasellus eget porttitor mauris. Integer iaculis justo ut commodo eleifend. In quis vehicula nisi, non semper mauris. Vivamus placerat, arcu et maximus vestibulum, urna massa pellentesque lorem, ut pharetra sem mauris id mauris. Vivamus et neque mattis, volutpat tortor id, efficitur elit. In nec vehicula magna.

Miguel Maria

“Donec Aliquam sem eget tempus elementum.”

Morbi in auctor velit. Etiam nisi nunc, eleifend quis lobortis nec, efficitur eget leo. Aliquam erat volutpat. Curabitur vulputate odio lacus, ut suscipit lectus vestibulum ac. Sed purus orci, tempor id bibendum vel, laoreet fringilla eros. In aliquet, diam id lobortis tempus, dolor urna cursus est, in semper velit nibh eu felis. Suspendisse potenti. Pellentesque ipsum magna, rutrum id leo fringilla, maximus consectetur urna. Cras in vehicula tortor. Vivamus varius metus ac nibh semper fermentum. Nam turpis augue, luctus in est vel, lobortis tempor magna.

Ut rutrum faucibus purus ut vehicula. Vestibulum fermentum sapien elit, id bibendum tortor tincidunt non. Nullam id odio diam. Pellentesque vitae tincidunt tortor, a egestas ipsum. Proin congue, mi at ultrices tincidunt, dui felis dictum dui, at mattis velit leo ut lorem. Morbi metus nibh, tincidunt id risus at, dapibus pulvinar tellus. Integer tincidunt sodales congue. Ut sit amet rhoncus sapien, a malesuada arcu. Ut luctus euismod sagittis. Sed diam augue, sollicitudin in dolor sit amet, egestas volutpat ipsum.