Conhecidos os emblemas apurados para o playoff

Campeonato Nacional da 1.ª Divisão masculina

Arbitragem portuguesa com voto de confiança da FIBA
Competições
8 JUN 2021

No Campeonato Nacional da 1.ª Divisão masculina, a fase regular chegou ao fim e já se conhecem as 16 equipas que avançam para o playoff. Obtiveram a qualificação, na Zona Norte, SC Braga, Guifões SC, BC Barcelos e GDB Leça/Cargolândia; na zona Norte/Centro, Galitos/Clínica Dr Semblano, Olivais ABTF Betão, Beira-Mar/AAUAV e Académico FC; na zona Centro/Sul, Paço de Arcos Clube, Angrabasket, Estoril BC e União Sportiva; e na Zona Sul, ABC Santo André/Móveis Fernandes, Portimonense, BAC e AC Moscavide.

 

Zona Norte

O SC Braga consumou o fecho em primeiro lugar na série com um triunfo, na receção ao Famalicense AC – 62-44 -, com Josimar Cassamá (13pts, 10res, 3ast) a evidenciar-se nos bracarenses e Hugo Mendes (15pts, 8res, 1ast, 2rb) nos visitantes. Os bracarenses suplantaram também o CB Viana Nortaluga – 44-74 -, que recuperou as boas sensações frente ao FC Porto B – 55-73 -, muito por culpa da prestação de excelência de Sekouba Conde (16pts, 19res, 4ast, 5rb, 1dl), cujo arquirrival foi Alexandre Queiroz (17pts, 7res, 2ast). Por sua vez, o Guifões SC caiu às mãos do CAB Serralharia José Luís, por 71-67, encontro onde se notabilizou Nuno Sá (19pts, 10res, 4ast, 1rb, 1dl), nos madeirenses, e Adebayo Jr. (17pts, 11res, 1ast, 3rb), nos vencidos. Em alta, o CAB Serralharia José Luís sobrepôs-se à oposição do BC Barcelos por 81-74, bem como ao GDB Leça/Cargolândia, desta feita fora de portas, por 54-59, novamente com Nuno Sá (17pts, 12res, 1ast, 1rb) a subir a fasquia, enquanto nos barcelenses foi Rui Marques (11pts, 9res, 2ast, 1rb, 1dl) o mais inspirado. Numa semana sem descanso, o CAB Serralharia José Luís levou a melhor sobre o FC Porto B (50-56), com Nuno Sá (20pts, 9res, 2rb) a repetir o protagonismo e Kalebe Lauback (12pts, 9res, 1ast) a sobressair na turma portista. Resta disputar uma única partida, entre Guifões SC e GDB Leça/Cargolândia.

 

Zona Norte/Centro

O Galitos/Clínica Dr. Semblano terminou a fase regular da série como líder, graças a uma vitória indiscutível no reduto do Club 5Basket/SVSilva – 51-77 -, municiada por João Costa (20pts, 5res, 5ast, 3rb), que teve como principal opositor Hugo Portela (13pts, 9res, 2ast). Em igualdade pontual, na segunda posição, surge o Olivais ABTF Betão, que ultrapassou de forma categórica o Illiabum Clube B – 98-25 -, num encontro em que se destacaram João Pinto (16pts, 8res, 7ast, 2rb), pelos anfitriões, e Rodrigo Carrusca (6pts, 3res, 1ast), no conjunto de Ílhavo. Em duplo confronto, Beira-Mar/AAUAV e Ovarense B fizeram prevalecer o fator casa. Primeiro, os aveirenses ditaram leis – 73-60 -, ancorados no desempenho de grande nível de Germaine Roebuck Jr. (31pts, 11res, 2ast, 2dl), não obstante a réplica de André Silva (25pts, 9res, 2ast, 2rb). Depois, os vareiros impuseram-se por 76-64. À boleia dos números de Pedro Figueiredo (17pts, 7res, 1ast, 1rb), o Académico FC bateu o GRIB, apesar do inconformismo de Pedro Macedo (18pts, 3res, 1rb, 1dl), por concludentes 54-89. Antes, no derby frente ao Club5Basket/SVSilva, o Académico FC saiu por cima – 76-74.

 

Zona Centro/Sul

O Paço de Arcos Clube preservou a liderança na última jornada fruto do êxito alcançado, no embate caseiro com o Odisseia Basket – 74-70. Nos anfitriões, despontou Vinícios Figueiredo (16pts, 8res, 1 ast, 1rb, 1dl), ao passo que pelos forasteiros sobressaiu João Caldeira (20pts, 8res, 1 ast, 5rb). Num duelo entre Angrabasket e União Sportiva, ambos apurados para o playoff, os dois pontos penderam para a equipa da casa – 86-83 -, que beneficiou da produção fértil de Keith Carter (31pt, 6res, 10ast, 4rb), em batalha individual com Garcia Luzolo (33pts, 7res, 1ast, 2rb). Em compromisso duplo, o Estoril BC começou por vencer o Sporting Clube Marinhense – 94-59 – sem sobressalto, mas cedeu ante os Salesianos de Lisboa – 72-74 -, encontro em que se destacaram Daniel Pestana (8pts, 12res, 3ast, 1dl), pela formação vencida, e Sean Doman (29pts, 8res, 3ast), nos vencedores. Na condição de visitado, o Sporting Clube Marinhense averbou os dois pontos diante da Física de Torres Vedras – 75-67.

 

Zona Sul

O ABC Santo André/Móveis Fernandes não deixou fugir o comando nas jornadas derradeiras e amealhou duas vitórias. No reduto do AC Moscavide, face à concorrência de Diogo Lopes (12pts, 9res, 1ast, 2rb), Aylton Medeiros (15pts, 8res, 2 ast, 1dl) contribuiu para impulsionar um primeiro sucesso – 48-56. No despique contra o FC Barreirense B, o ABC Santo André/Móveis Fernandes não facilitou e contornou a resistência local por 47-77, desfecho para o qual se revelou decisivo Daniel Margarido (14pts, 3res). Na turma do Barreiro, ressaltam os dígitos de Rafael Solposto (18pts, 6res, 2 ast, 2rb, 1dl). O Portimonense fez o pleno de vitórias. A jogar em casa, os algarvios superaram o MBA/Montisistemas – 80-65 -, alicerçados na exibição de gala de Menas Stephens (26pts, 18res, 5ast, 1rb, 1dl), que enfrentou a oposição de Ruben Moita (21pts, 4res, 2ast, 3rb). Seguiu-se uma atuação autoritária contra o AC Moscavide – 85-65 -, com Menas Stephens (26pts, 12res, 4ast, 5rb) a voltar a assumir a batuta. Jorge Tati (17pts, 13res, 1ast, 3rb) rubricou a melhor exibição nos visitantes. Por fim, perante o Algés, o Portimonense completou a semana sem mácula – 47-61 -, com o estatuto de MVP a recair outra vez em Menas Stephens (25pts, 13res, 5rb, 1dl), distinção que coube a Helder Semedo (9pts, 6res, 1ast, 1rb) no conjunto derrotado. No campo do Scalipus Tasca Xico da Cana, o Algés caiu por curta margem – 62-57 -, com Fredileny Muachifi (15pts, 12res, 1ast, 2rb) e Vasco Lança (22pts, 4res, 2ast, 3rb, 2dl) em disputa pelo título de MVP. Em sentido inverso, o BAC vergou o Scalipus Tasca Xico da Cana – 56-64 -, mercê, em parte, do engenho de Júlio Cunha (16pts, 5res, 5ast, 3rb), que rivalizou com Vicente Marinho (16pts, 3res, 3ast, 6rb). Após dois desaires, o AC Moscavide imperou na visita ao MBA/Montisistemas – 41-57.

Competições
8 JUN 2021
publicidade

Mais Notícias