João “Betinho” Gomes é o Jogador da Década

João "Betinho" Gomes é o Jogador da Década 2010-20 da Liga Placard. Após votação realizada por 44 personalidades ligadas ao basquetebol nacional, o extremo de 35 anos superou a concorrência e conquistou a distinção. Na Equipa da Década, "Betinho" tem a companhia de José Barbosa, Nuno Marçal, Carlos Andrade e Sasa Borovnjak.

Atletas | Competições
30 AGO 2020

João “Betinho” Gomes é o Jogador da Década 2010-20 da Liga Placard. Após votação realizada por 44 personalidades ligadas ao basquetebol nacional, o extremo de 35 anos superou a concorrência e conquistou a distinção. Na Equipa da Década, “Betinho” tem a companhia de José Barbosa, Nuno Marçal, Carlos Andrade e Sasa Borovnjak.

Na última década, João “Betinho” Gomes conseguiu médias de 12.7 pontos, 6.3 ressaltos, 1.5 assistências e 1.2 roubos de bola em 78 partidas realizadas na Liga Placard. O ex-internacional português é o oitavo mais eficaz da década nos lançamentos de dois pontos (60,8%) e está no top-20 dos rankings da média de pontos (12.7 PPJ), da média de ressaltos (6.3 RPJ) e de valorização individual (16.5 MVP).

O jogo “all-around” de Carlos Andrade coloca-o no top-20 de 4 dos 5 itens estatísticos principais: 19.º melhor marcador (1592), 9.º melhor ressaltador (910), 18.º do ranking das assistências (390) e 14.º nos roubos de bola (199). O ex-jogador somou médias de 10.1 pontos, 5.8 ressaltos, 2.5 assistências e 1.3 roubos de bola em 158 jogos realizados na Liga Placard, na última década.

Nuno Marçal foi MVP da Liga Placard três épocas seguidas (entre 2014 e 2017) e, num total de 117 jogos, conseguiu médias de 16.5 pontos, 7.8 ressaltos, 1.5 assistências e 1.2 roubos de bola. O antigo jogador detém a terceira melhor média de pontos da década e a melhor entre atletas portugueses (16.5 PPJ), é o 8.º melhor ressaltador total (912) e regista a segunda melhor média de valorização da década (20.7 MVP).

José Barbosa foi um de apenas cinco atletas com mais de 240 jogos na última década, nos quais o base registou médias de 6.7 pontos, 2.0 ressaltos, 4.6 assistências e 1.6 roubos de bola.‬ O internacional português é o único jogador com mais de mil assistências (1114) e também liderou o ranking dos roubos de bola (377).

O poste Sasa Borovnjak foi o 5.º melhor marcador da década (2371 pontos) e, em 146 jogos realizados na Liga Placard, somou médias de 16.2 pontos, 6.0 ressaltos e 1.2 assistências.‬

Na Liga Feminina, a Jogadora da Década foi Márcia Costa , que teve a companhia de Laura Ferreira, Daniela Domingues, Joana Lopes e Ana Teixeira na Equipa da Década. Da segunda melhor equipa feminina fazem parte Inês Viana, Sara Djassi, Josephine Filipe, Jasmine Crew e Ladondra Johnson.

O convite foi feito a treinadores que fazem parte de todas as seleções nacionais masculinas e femininas, jornalistas especializados em basquetebol da Agência Lusa e dos três diários desportivos (A Bola, Record e O Jogo), e comentadores da FPBtv (entre atletas e treinadores atuais ou já retirados).

Ao todo, 44 personalidades ligadas à modalidade votaram nesta sondagem inédita no basquetebol nacional. O único critério definido à partida foi o de incluir apenas atletas que participaram em, pelo menos, 50 jogos da fase regular da Liga Placard ou Liga Feminina entre as épocas 2010/11 e 2019/20.

Atletas | Competições
30 AGO 2020
publicidade

Mais Notícias