Sporting garante comando da fase regular da Liga Placard

Equipas presentes nos playoffs já estão definidas

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2 Imagem de Destaque 3 Imagem de Destaque 4 Imagem de Destaque 5 Imagem de Destaque 6 Imagem de Destaque 7 Imagem de Destaque 8 Imagem de Destaque 9 Imagem de Destaque 10 Imagem de Destaque 11
Atletas | Competições
3 ABR 2021

O Sporting CP venceu no reduto da Ovarense Gavex, por 97-92, resultado que garante aos “leões” o comando da fase regular da Liga Placard e que deixa a turma vareira sem hipóteses de alcançar os playoffs, que já tem as suas oito equipas definidas: além do Sporting, o FC Porto, SL Benfica, Imortal LUZiGÁS, UD Oliveirense, Lusitânia Expert, CAB Madeira SAD e Vitória SC.

O Sporting colocou um ponto final na sequência vitoriosa da Ovarense. Foi um triunfo arrancado a ferros pelos “leões”, que no derradeiro quarto chegaram a ter uma desvantagem de 14 pontos, para depois aplicarem uma grande recuperação. Na turma de Alvalade, mais forte na luta dos ressaltos (42 contra 27 do adversário), sobressaíram Travante Williams (27pts, 7res, 4ast, 3rb), muito influente na reta final do encontro, John Fields (15pts, 10res, 2ast, 1dl), Shakir Smith (14pts, 2res, 4ast), Diogo Ventura (11pts, 3res, 3ast, 1dl), João Fernandes (10pts, 8res, 4ast, 1rb) e James Ellisor (10pts, 3res, 4ast, 1dl). Por seu turno, no conjunto vareiro, realce para as prestações de Christopher Knight (33pts, 10res, 1ast), Marcus LoVett (28pts, 3res, 6ast, 3rb, 1dl) e George Beamon (10pts, 3res, 5ast).

Em Guimarãres, o Vitória SC suplantou a Académica Efapel por 80-72, num regresso aos bons resultados. Os donos da casa lideraram quase sempre as contas e tiveram como maiores protagonistas Jaron Hopkins (26pts, 7res, 3ast, 7rb, 2dl), Alex Peacock (17pts, 5res, 1ast, 1rb), Tyler Seibring (12pts, 4res, 3ast, 3rb, 1dl) e Ricardo Monteiro (10res), enquanto nos “estudantes”, que averbaram a quarta derrota consecutiva, assumiram destaque Daniel Relvão (16pts, 9res, 2ast, 3rb, 1dl), Ashford Golden (16pts, 1res, 2ast, 1rb), Paulo Caldeira (11pts, 5res, 1ast, 2rb), Robert McCoy (11pts, 5res, 2ast, 2rb) e Malcolm Richardson (10ast).

Também a norte, o FC Porto não permitiu veleidades (99-72) na receção ao CAB Madeira SAD. Com parciais de 25-18, 29-19, 23-17 e 22-18, os “dragões” construíram um triunfo seguro, numa tarde em que teve como melhores em campo Tanner McGrew (13pts, 5res, 4ast, 2dl), Larry Gordon (13pts, 2res, 4ast, 1rb), Eric Anderson Jr. (12pts, 5res, 3ast, 3rb, 3dl), João Soares (12pts, 2res), Garrett Nevels (11pts, 2rb) e Miguel Queiroz (10res), enquanto no CAB as melhores prestações pertenceram a Justin Gray (23pts, 8res, 2ast, 4rb, 2dl), Paul Jorgensen (14pts, 3res, 5ast), Amen Cheeseman (11pts, 7res, 1dl), Robertas Grabauskas (10pts, 4res, 1ast) e Arvydas Gydra (10pts, 3res, 1rb).

Na Luz, o SL Benfica ultrapassou o Galitos Barreiro por 97-77, mas só na segunda parte se distanciou do adversário da margem sul do Tejo, com parciais de 29-17 e 30-18. Nas “águias” assumiram as despesas João “Betinho” Gomes (26pts, 6res, 2ast), Cameron Jackson (23pts, 8res, 3ast, 1rb), Bryce Alford (17pts, 4res, 4ast, 1rb) e Quincy Miller (15pts, 12res, 2ast, 1dl), enquanto no Galitos os jogadores com sinal mais foram Derreck Brooks Jr. (18pts, 13res, 3ast, 4rb), Lynden Rose Jr. (17pts, 3res, 10ast), Rozelle Nix (12pts, 9res, 1dl), Quinton Dogget (12pts, 4res, 1ast) e Daniel Machado (10pts, 3res, 1ast).

O Imortal LUZiGÁS mostrou-se inspirado na deslocação ao reduto do FC Barreirense e ganhou por 89-48. Depois de um primeiro quarto equilibrado (15-17), o conjunto algarvio disparou graças a parciais de 27-16, 22-9 e 23-8. Na formação de Albufeira destacaram-se DJ Fenner (24pts, 4res, 1ast), Jalen Jenkins (13pts, 8res, 1ast, 2rb, 1dl), Tyere Marshall (12pts, 5res, 2ast) e Nuno Morais (11pts, 2res) e nos anfitriões despontaram Tony Lewis Jr. (11pts, 9res, 1rb) e Miguel Correia (10pts, 3res, 1ast).

Num duelo regional, a UD Oliveirense levou a melhor (82-68) no pavilhão do Esgueira/Aveiro/OLI. O quarto inaugural acabou por se revelar importante para o bicampeão nacional, que obteve um parcial de 28-15, para nunca mais largar o comando da partida. Apesar da superioridade do Esgueira nos ressaltos (41-31), o emblema de Oliveira de Azeméis beneficiou dos 16 turnovers e da maior ineficácia da linha de lance livre do opositor. Na Oliveirense sobressaíram Justin Alston (18pts, 10res, 3ast, 1dl), EC Matthews (17pts, 6res), Terrell Carter (12pts, 3res, 2ast, 2rb, 1dl), José Barbosa (10pts, 5ast, 3rb) e João Guerreiro (10pts, 5res, 1ast, 1rb) e no Esgueira realçaram-se Kareem Brewton (18pts, 10res, 5ast, 1rb), Christian Fox (12pts, 6res) e Gustavo Teixeira (10pts, 6res, 7ast, 1rb).

No jogo que fechou a 25.ª jornada, o Lusitânia Expert ultrapassou o Maia Basket por 93-67. A equipa maiata até liderou o primeiro quarto (12-19), mas a partir daí deu-se a fuga insular, numa partida em que registou 13 triplos e 46 ressaltos. No Lusitânia estiveram em bom plano Kyle Mallers (26pts, 7res), Montell Goodwin (20pts, 4res, 2ast, 3rb, 1dl), Sérgio Silva (16pts, 5res, 5ast, 1rb), Fernando Ferreira (14pts, 5res, 1rb, 1dl) e Keven Gomes (11pts, 9res, 1ast, 2rb, 1dl), ao passo que no Maia Basket há que mencionar as exibições de Bright Mensah (22pts, 3res, 3ast, 3rb), David Gomes (12pts, 3res, 2ast, 1rb), Theo Johnson (12pts, 9res, 1ast, 4rb, 1dl) e Lamar Morgan (11pts, 5res).

Highlights de toda a 25.ª ronda para ver na FPBtv.

Atletas | Competições
3 ABR 2021
publicidade

Mais Notícias