Vitória e Benfica avançam para as “meias” da Liga Skoiy

Guifões SC e CAB Madeira forçam jogo 3 este domingo

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2

O Vitória SC garantiu a passagem às meias-finais dos playoffs da Liga Skoiy, ao bater o GDESSA Barreiro por 79-66.

Com a obrigatoriedade de vencer para forçar um terceiro jogo, o GDESSA até entrou melhor e esteve na liderança do marcador durante vários minutos. As duas equipas trocaram lideranças, mas um parcial de 21-4 a fechar o segundo quarto possibilitou às vimaranenses criar uma diferença que foi determinante. Uma sequência de 13-3 nos derradeiros dez minutos deu oportunidade ao conjunto da Margem Sul de colocar o resultado a apenas duas posses de bola, mas o triunfo ficou no Pavilhão Unidade Vimaranense.

Alexandra Mollenhauer (20pts, 10res, 2ast, 1rb), Catarina Mateus (18pts, 2res, 3ast) e Tatiane Nascimento (17pts, 4res, 2ast) foram determinantes no Vitória SC, bem como Barbara Sousa que se destacou na luta das tabelas (8pts, 10res, 3ast, 1rb, 2dl). Pelo GDESSA, Maianca Umabano (20pts, 5res, 1ast), Leonor Serralheiro (17pts, 4res, 5ast, 1rb) e Joana Lopes (11pts, 1res) foram as mais certeiras.

 

O SL Benfica também segurou o seu lugar na meia-final da Liga Skoiy ao vencer o AD Vagos por 93-78 no Pavilhão Fidelidade. As “encarnadas” dominaram desde cedo, mas no terceiro quarto a equipa aveirense respondeu e chegou ao empate. Um lançamento de Chelsie Schweers deu a primeira vantagem do jogo às visitantes já no último período, mas as “águias” aumentaram a intensidade e conseguiram garantir a vitória.

Na turma da luz importa mencionar as exibições Joana Soeiro (28pts, 3res, 8ast, 2rb), Altia Anderson (24pts, 12res, 2rb), Japonica James (16pts, 15res, 1rb) e Laura Ferreira (14pts, 6res, 7ast, 1rb), e no Vagos merecem destaque Chelsie Schweers (27pts, 5res, 8ast, 3rb), Susana Carvalheira (13pts, 4res, 3ast, 2rb), Joana Canastra (11pts, 4res, 4ast, 3rb) e Maria Blazejewski (11pts, 4res, 2ast).

 

O Guifões SC venceu o União Sportiva no prolongamento e forçou um terceiro jogo para descobrir quem avança para a fase seguinte.

Uma partida com emoção até aos segundos finais, a equipa da casa entrou melhor, mas no segundo quarto as visitantes conseguiram equilibrar o resultado. Com o domínio do jogo interior (38 pontos contra os 20 marcados pelas açorianas), o Guifões entrou para o último período na liderança do marcador, o que se manteve até três segundos do final. A perder por três, Aliyah Mazyck não tremeu da linha de lance livre e levou o jogo para o prolongamento, mas a turma de Matosinhos conseguiu recuperar novamente e venceu 73-68.

Tylinn Carter (23pts, 7res, 5ast, 2rb), Mariana Teixeira (18pts, 4res, 2ast, 4rb) e Myriam Ackerman (12pts, 13res, 1ast, 2rb, 1dl) estiveram em grande plano no Guifões. Nausia Woolfolk (22pts, 6res, 3ast, 2rb), Aliyah Mazyck (21pts, 9res, 4ast, 4rb, 2dl) e Vânia Sengo (12pts, 3res, 1ast, 1dl) brilharam no União Sportiva.

 

O CAB Madeira vingou o desaire frente à Quinta dos Lombos no primeiro jogo da eliminatória, e venceu as lisboetas no segundo encontro por 84-65.

As insulares entraram a todo o gás e no final dos dez minutos iniciais já venciam por 30-19, vantagem que aumentou até ao intervalo (51-33). No regresso dos balneários a equipa de Carcavelos conseguiu reduzir, mas as visitantes dominavam e conseguiram gerir a diferença até ao fim graças às exibições de Nike McClure (23pts, 9res, 1ast, 3rb, 1dl), Paige Cannon (29pts, 4res, 5ast) e Jelena Nikpaljevic (16pts, 6res, 1ast, 1rb). Na Quinta dos Lombos, destaque para Ndioma Kane (15pts, 12res, 1ast, 1rb, 3dl), Suraya Rijal (10pts, 2res, 2ast) e Raphaella Silva (10pts, 5res, 1ast, 2rb).

10 ABR 2021

Mais Notícias