Artigos da Federaçãooo

Manuel Fernandes distinguido pela FIBA como melhor líder federativo da Europa

A atribuição do «President Award» a Manuel Fernandes, que decorreu esta quinta-feira, na China, reconhece o trabalho desenvolvido nos últimos cinco anos como líder da FPB e o impacto positivo no desenvolvimento do basquetebol em Portugal.

 

O galardão distingue também o desempenho meritório do presidente federativo a nível internacional nos diferentes cargos exercidos ao mais alto nível na FIBA Europe.

 

“Confesso que não estava à espera, mas claro que sinto orgulho de ter sido o escolhido entre os cinquenta presidentes das federações nacionais do continente europeu.

 

Ninguém consegue nada sozinho e partilho este prémio com os jogadores, juízes, dirigentes e treinadores dos clubes e associações que, com a sua entrega diária e a sua paixão pelo basquetebol, contribuem para o engrandecimento da modalidade.

 

Compartilho ainda este galardão com o pessoal técnico e administrativo da FPB e, em especial, com os meus colegas da Direção, por sermos uma equipa coesa e empenhada que tem sido capaz de assumir desafios ousados para fazer a modalidade crescer e desenvolver-se”, afirmou Manuel Fernandes, numa reação à distinção da FIBA.

 

Para além de Manuel Fernandes (Portugal, Europa), foram distinguidos com o «President Award» os seguintes líderes federativos: Harouna Boubacar Maiga (Mali, África), Rafael Fernando Uribe Vasquez (República Dominicana, Américas), Govindaraj Kempareddy (Índia, Ásia) e Gregory Williamson (Nova Zelândia, Oceânia).

 

Este prémio, que credibiliza e prestigia o basquetebol português, foi entregue no decurso da Congresso Mundial da FIBA, que decorre na cidade chinesa de Pequim e que antecede o Campeonato do Mundo de Basquetebol, que irá decorrer entre 31 de agosto a 15 de setembro.


Hamane Niang eleito presidente da FIBA

O maliano sucede no cargo ao argentino Horacio Muratore. A eleição teve lugar durante o XXI Congresso da FIBA, em Pequim, em que 156 delegados de federações nacionais votaram para eleger o novo líder da FIBA e os membros do conselho de administração.

 

O presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol, Manuel Fernandes, também se encontra na cidade chinesa, para participar no Congresso Mundial da FIBA.

 

Hamane Niang, de 67 anos, formado em ciências económicas, foi eleito por unanimidade. Niang foi vice-presidente da FIBA e presidia à FIBA África, desde 2014.

 

Anteriormente tinha liderado a federação do seu país, do qual também foi ministro do Deporto.

 

Foto: FIBA


Nuno Manaia: “Verão positivo das seleções nacionais”

Em declarações exclusivas à FPB, o DTN sublinha o bronze das Sub25 nas Universíadas de Nápoles, o título europeu da Divisão B e subida à Divisão A dos Sub20 masculinos e a ascenção à elite das Sub16 femininas como alguns dos momentos que marcam os últimos meses.

 

“Os Seniores masculinos não conseguiram o apuramento para a fase seguinte de qualificação para o EuroBasket 2021, apesar de terem ficado em igualdade pontual com Suíça e Islândia.”

 

“Não atingimos o nosso objetivo e assumir isso é a melhor forma de percebermos que temos que avaliar e corrigir o que houver a corrigir, para avançarmos para a próxima etapa na procura de maior sucesso.”

 

“Apesar de não termos passado à próxima fase, conseguimos ver bons momentos da nossa seleção, assim como novos jogadores a aparecer com prestações muito interessantes, embora ainda não consistentes”

 

“As Seniores femininas vão iniciar em novembro a caminhada para o EuroBasket 2021 e dessa equipa farão parte muitas das Sub25 que conquistaram a medalha de bronze nas Universíadas.”

 

Este foi o melhor resultado de sempre de uma seleção portuguesa nesta competição. Este resultado foi conseguido com as gerações de jogadoras que tanto destaque tiveram nos Europeus jovens dos anos anteriores, o que revela continuidade no processo que, esperamos, se reflita a breve prazo no desempenho da nossa Seleção Sénior”.

 

Os Sub20 masculinos conseguiram subir à Divisão A pela primeira vez, juntando a isso o histórico e único título europeu que o basquetebol português conquistou até ao momento e que, apesar de ser da Divisão B, merece destaque, não só pelo resultado final, mas também pela forma convincente como foi obtido.”

 

Permite-nos igualmente olhar para o futuro com otimismo, pois foi visível que temos qualidade nos jovens que integraram esta equipa

 

As Sub20 femininas não conseguiram a manutenção, mas foi a equipa que competiu com as melhores seleções da Europa, pois participou na Divisão A. Apesar da descida, deixámos uma boa imagem, pois batemo-nos muitas vezes de igual para igual com as melhores seleções europeias”

 

“Os Sub18 masculinos e femininos ficaram nos oito primeiros lugares da Divisão B e foram durante boa parte da competição alimentando a ideia de que poderiam chegar mais longe”

 

As Sub16 femininas subiram à Divisão A, tendo feito um trajeto notável durante toda a competição, onde, além de outras situações, foram bem visíveis as rotinas adquiridas pelas oito atletas que integraram o CAR Jamor na época passada, em que as restantes quatro jogadoras encaixaram que nem uma luva”

 

Nos Sub16 masculinos foi visível o ‘crescimento’ de alguns jogadores durante a preparação. A equipa bateu-se bem durante o Europeu, mas não foi possível ficar mais acima na classificação final”

 

De realçar ainda que as nossas seleções nacionais de Sub14 masculinos e femininos participaram num torneio em Espanha. No feminino, esta foi a segunda participação seguida, enquanto no masculino ‘construímos’ a primeira seleção nacional neste escalão.

 

Esta é uma atividade que queremos manter e consolidar, pois a antecipação do contacto internacional permite-nos estar mais preparados para as competições FIBA de Sub16

 

“Quero destacar ainda a honrosa primeira participação das nossas selecões nacionais 3×3 de Seniores e Sub18, em ambos os géneros, nos apuramentos para os respetivos Campeonatos da Europa. A generalidade dos países Europeus já participava e Portugal deu esse passo este verão”

 

“Em resumo, o balanço da participação das seleções nacionais nas competições internacionais deste verão é positivo. É agora altura de fazer uma avaliação detalhada de toda a atividade realizada, por forma a melhorar e consolidar este trajeto ascendente das nossas seleções nacionais”


Ainda te podes inscrever no Open do Barreiro

A edição de 2019 do Barreiro Streetfest de 2019 já conta com mais de 30 equipas inscritas, mas ainda há espaço para mais.

São esperados cerca de 150 atletas, contudo, caso ainda não tenhas garantido o teu lugar num dos últimos eventos do Circuito Nacional de 3×3, vais a tempo de fazê-lo. Tens até às 23h59 desta quinta-feira, 5 de setembro, para te inscreveres através do seguinte link.
 
· 7 Setembro: Open AB Setúbal – Barreiro
 
Vagas:
 
1 equipa – Seniores Masculinos
2 equipas – U18 Masculinos
5 equipas – U18 Femininos
1 equipa – U15 Mistos
 
Mais esclarecimentos em fpb3x3@fpb.pt

Circuito Nacional de 3×3 de regresso à ação

A edição do Barreiro Streetfest de 2019, integrada no calendário do Circuito Nacional de 3×3, recebe o penúltimo evento do ano o que respeito respeito ao 3×3.

A competição tem início marcado para as 10h00, com a Avenida Alfredo da Silva, no centro do Barreiro, a receber o evento.  Apesar das mais de 30 equipas já inscritas, podes fazê-lo até às 23h59 de quinta-feira, 5 de setembro, acedendo ao seguinte link:
 
· 7 Setembro: Open AB Setúbal – Barreiro
 
Prémios (Masculinos/Femininos):
 
Seniores:
1º Classificado: 300€
 
U18:
1º Classificado: 150€
 
U15 Mistos:
1º Classificado: 75€
 
Mais esclarecimentos em fpb3x3@fpb.pt

Abertura dos estágios de treinador de grau II e grau III

 

As inscrições para o estágio de grau II e grau III deverão ser realizadas na FPB através do email inestavares@fpb.pt.

 

Em anexo podem consultar o comunicado, a ficha de inscrição e a ficha de pedido da carteira provisória de treinador grau II e grau III.

 


Europeu (Div. B): Sub16 femininas vice-campeãs

Apesar da derrota lusa na final, diante da Eslovénia (71-56), a prata sabe a ouro, uma vez que a conquista surge na sequência de uma prestação inexcedível das comandadas por Maryana Kostourkova, João Janeiro e André Janicas.

 

Com a subida à Divisão A assegurada, Portugal sagra-se vice-campeão da Divisão B, depois de uma final muito disputada diante da congénere eslovena. Ana Barreto (14pts, 3res, 1ast), Filipa Barros (12pts, 3res, 5rb) e Jessica Azulay (6pts, 6res, 4ast, 1rb, 1dl) foram os destaques lusos no encontro que encerrou a participação portuguesa no Europeu.
 
Para além da medalha de prata, Portugal traz para solo luso a eleição de Ana Barreto para o cinco ideal da competição, depois de terminar a prova com médias de 12.4 pontos, 4.9 ressaltos, 1.5 assistências e 1.6 roubos de bola.
 
A seleção nacional viaja este domingo para Lisboa e tem chegada prevista ao aeroporto Humberto Delgado às 14h45.
 

Sub16 femininas garantem subida à Divisão A

Com este resultado e a consequente passagem à final da competição, a equipa das quinas já carimbou o passaporte para a elite do basquetebol europeu, num percurso ainda invicto das comandadas por Maryana Kostourkova, João Janeiro e André Janicas.

 

Na meia-final diante da congénere croata, a equipa lusa liderou o marcador durante os 40 minutos da partida, em mais uma prova de empenho das nossas atletas. O grande destaque individual da seleção nacional foi Ana Barreto, que somou 18 pontos, nove ressaltos, duas assistências e um roubo de bola.
 
Com a subida à Divisão A assegurada, é tempo de sonhar com o título europeu da Divisão B! A final, que opõe as duas seleções que ainda não conheceram o sabor da derrota – Portugal e Eslovénia -, está agendada para este sábado, às 18h30 (hora de Lisboa).
 

Europeu Sub16 (Div. B): Portugal a uma vitória da Divisão A

Portugal entrou para o último quarto a perder por 38-42, mas conseguiu um parcial de 21-7 nos dez minutos finais e, assim, carimbou a passagem às meias-finais da competição. Com três vagas disponíveis para a Divisão A, a equipa das quinas precisa de apenas um triunfo nos dois jogos que restam para assegurar um lugar entre a elite do basquetebol europeu.

 

Portugal entrou melhor na partida desta quinta-feira e saiu para o final do primeiro quarto a vencer por três pontos (14-11), mas permitiu a reação sérvia até ao intervalo. Ainda assim, a formação treinada por Maryana Kostourkova, João Janeiro e André Janicas saiu para o balneário no comando do marcador (29-27).
 
A equipa das quinas veio do intervalo com o pé esquerdo e permitiu a reviravolta no terceiro quarto, ao marcar apenas nove pontos (e sofrer 15) em dez minutos. No entanto, a garra lusitana veio ao de cima na entrada para o derradeiro período e um parcial de 7-0 a abrir o quarto decisivo voltou a dar a liderança ao conjunto luso.
 
Daí até final, a defesa da seleção portuguesa – sete pontos sofridos no último quarto – fez a diferença e a passagem às «meias» foi assegurada. Beatriz dos Santos (14pts, 4res, 1ast, 3rb), Catarina Frederico (12pts, 4res, 3ast, 1rb), Inês Baptista (10pts, 6res), Ana Barreto (10pts, 4res, 2rb) e Inês Vieira (7pts, 4res, 8ast, 4rb) foram as líderes estatísticas do triunfo luso.
 
Com este resultado, Portugal fica a uma vitória de assegurar um dos três lugares do pódio e a consequente subida à Divisão A da categoria. O passaporte para a elite do basquetebol europeu pode ser carimbado já na meia-final frente à Croácia – venceu a Bulgária por 61-59 nos "quartos" – agendada para esta sexta-feira, às 18h30 de Lisboa.
 

FPB procura colaborador(a) para apoio administrativo e logístico à ENB

Requisitos:
 
Local de trabalho: Lisboa (principalmente)
 
As candidaturas, acompanhadas de “curriculum”, deverão ser enviadas para candidaturas@fpb.pt, até ao dia 2 setembro, identificadas no assunto como: "CANDIDATURA PARA COLABORADOR PARA APOIO ADMINISTRATIVO E LOGÍSTICO – ENB"
 

Sub16 F: Vitória sobre a Albânia (118-31) e liderança do grupo assegurada

O triunfo da equipa das quinas, que incluiu um parcial de 37-0 no terceiro quarto, deixa Portugal no topo do grupo B e, agora, o adversário que se segue nos quartos-de-final da prova é a Sérvia, que terminou a fase de grupos no 2.º posto do grupo A, ao perder o jogo que decidia a liderança do agrupamento diante da Eslovénia.

 

Na vitória tranquila do conjunto orientado por Mariyana Kostourkova, João Janeiro e André Janicas, estiveram em plano de evidência as atletas Catarina Frederico (15pts, 4res, 6ast, 2rb), Ana Barreto (14pts, 3res, 1ast, 3rb), Marta Roseiro (14pts, 2res, 4ast, 4rb, 1dl), Maria Leonor Gonçalves (13pts, 2res, 4ast, 3rb), Laura Conceição (13pts, 2res), Beatriz dos Santos (12pts, 3res, 10ast, 2rb, 1dl), Filipa Barros (11pts, 5res, 2ast, 7rb) e Maria do Carmo Cruz (9pts, 8res, 4ast, 2rb).
 
O jogo frente à Sérvia, nos "quartos", está agendado para quinta-feira, às 18h30 (hora de Lisboa).
 

Portugueses lá fora (BCR): Trio luso a caminho de Espanha

Pela segunda vez na história, três atletas nacionais jogam na mesma equipa estrangeira depois de Hugo Lourenço, Pedro Gonçalves e Cláudio Batista terem envergado a camisola do CP Mideba em simultâneo em meados da primeira década deste século.

 

Ganha força o contingente português a atuar fora do país. Se para o subcapitão da Seleção Nacional, Pedro Bártolo (28 anos, 2.5), a transferência para Ferrol corresponde a um regresso a casa – vestiu as cores do conjunto do extremo norte da Galiza na segunda metade da época 2014/2015, tendo alcançado o vicecampeonato e consequente subida à 1ª divisão espanhola – e a sétima época consecutiva no BCR internacional, no caso de Luís Domingos (21 anos, 2.5), tal como o primeiro de saída do HS Varese da Série A, o repto significará uma segunda experiência profissional.
 
Já José Miguel Gonçalves (23 anos, 3.0), que ao serviço da vigente tetracampeã nacional APD Braga venceu 5 Taças de Portugal, 4 Campeonatos e 4 Supertaças, estreia-se noutros campeonatos com a partida para o emblema orientado por Jose Manuel Tejido.
 
O trio internacional português tem o primeiro compromisso oficial agendado para o dia 19 de Outubro, diante do ADAPTA Zaragoza, no reduto da equipa de Aragão.
 
Calendário da fase regular da Primera División (2ª liga espanhola) AQUI.
 
Fotos: Federação Catalã de Desporto para Pessoas com Deficiência e Federação Búlgara de Basquetebol

Noticias da Federação (Custom)

“Foi um jogo muito competitivo e o benfica levou a melhor”

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam iaculis blandit magna, scelerisque ultricies nisi luctus at. Fusce aliquam laoreet ante, suscipit ullamcorper nisl efficitur id. Quisque id ornare est. Nulla eu arcu neque. Sed ornare ex quis pellentesque tempor. Aenean urna enim, commodo ut nunc sit amet, auctor faucibus enim. Nullam vitae felis ipsum. Etiam molestie non enim quis tincidunt. Pellentesque dictum, nulla id ultricies placerat, neque odio posuere orci, quis vestibulum justo odio ut est. Nullam viverra a magna eu tempor. Nullam sit amet pellentesque magna. Vestibulum vel fermentum turpis, nec rhoncus ipsum. Ut et lobortis felis, sed pellentesque dolor. Nam ut porttitor tellus, ac lobortis est. Fusce vitae nisl vitae ante malesuada venenatis. Sed efficitur, tellus vel semper luctus, augue erat suscipit nunc, id hendrerit orci dui ac justo.

Pellentesque eleifend efficitur orci, et pulvinar dui tempus lobortis. Proin accumsan tempus congue. Cras consectetur purus et lacinia rhoncus. Ut eu libero eget quam semper malesuada. Aliquam viverra vulputate tempor. Sed ac mattis libero, a posuere ligula. Quisque tellus dui, placerat vel ex in, fringilla fringilla tellus. Aliquam erat volutpat. Aenean convallis quis eros vel ornare. Aliquam et lorem vestibulum, posuere quam ac, iaculis arcu. Fusce feugiat blandit mattis.

Legenda

Praesent sed metus euismod, varius velit eu, malesuada nisi. Aliquam aliquet quam tempor orci viverra fermentum. Sed in felis quis tortor accumsan vestibulum. Aliquam erat volutpat. Maecenas pretium sem id enim blandit pulvinar. Pellentesque et velit id arcu feugiat hendrerit ac a odio. Sed eget maximus erat. Phasellus turpis ligula, egestas non odio in, porta tempus urna. Fusce non enim efficitur, vulputate velit in, facilisis metus.

Nulla sagittis risus quis elit porttitor ullamcorper. Ut et dolor erat. Ut at faucibus nibh. Cras nec mauris vitae mauris tincidunt viverra. Donec a pharetra lectus, vitae scelerisque ligula. Integer eu accumsan libero, id sollicitudin lectus. Morbi at sem tincidunt augue ullamcorper tristique. In sed justo purus. Aenean vehicula quam quis pellentesque hendrerit. Fusce mattis mauris lorem, in suscipit diam pretium in. Phasellus eget porttitor mauris. Integer iaculis justo ut commodo eleifend. In quis vehicula nisi, non semper mauris. Vivamus placerat, arcu et maximus vestibulum, urna massa pellentesque lorem, ut pharetra sem mauris id mauris. Vivamus et neque mattis, volutpat tortor id, efficitur elit. In nec vehicula magna.

Miguel Maria

“Donec Aliquam sem eget tempus elementum.”

Morbi in auctor velit. Etiam nisi nunc, eleifend quis lobortis nec, efficitur eget leo. Aliquam erat volutpat. Curabitur vulputate odio lacus, ut suscipit lectus vestibulum ac. Sed purus orci, tempor id bibendum vel, laoreet fringilla eros. In aliquet, diam id lobortis tempus, dolor urna cursus est, in semper velit nibh eu felis. Suspendisse potenti. Pellentesque ipsum magna, rutrum id leo fringilla, maximus consectetur urna. Cras in vehicula tortor. Vivamus varius metus ac nibh semper fermentum. Nam turpis augue, luctus in est vel, lobortis tempor magna.

Ut rutrum faucibus purus ut vehicula. Vestibulum fermentum sapien elit, id bibendum tortor tincidunt non. Nullam id odio diam. Pellentesque vitae tincidunt tortor, a egestas ipsum. Proin congue, mi at ultrices tincidunt, dui felis dictum dui, at mattis velit leo ut lorem. Morbi metus nibh, tincidunt id risus at, dapibus pulvinar tellus. Integer tincidunt sodales congue. Ut sit amet rhoncus sapien, a malesuada arcu. Ut luctus euismod sagittis. Sed diam augue, sollicitudin in dolor sit amet, egestas volutpat ipsum.