“Dragões” e “águias” lutam pela final

FC Porto e SL Benfica voltam a encontrar-se, desta vez na Taça Hugo dos Santos

Imagem de Destaque 1
Competições | FPB
5 FEV 2021

FC Porto e SL Benfica encontram-se, sábado pelas 17h30, na meia-final da 12.ª edição da Taça Hugo dos Santos, num encontro que pode ser acompanhado na FPBtv e RTP2.

A FPB falou com Miguel Queiroz e Brad Tinsley sobre a motivação de recuperar um troféu que foge desde 2015/16, e com Rafael Lisboa e Quincy Miller sobre a vontade de voltar a chegar à final e somar o seu sétimo título.

O capitão e sub-capitão do FC Porto entram para este jogo como os únicos jogadores que estavam presentes na última vez que o troféu seguiu para a cidade invicta. A vontade de vencer está presente, mas Miguel Queiroz defende que o tempo que passou desde a última conquista não aumenta a motivação: “O que nos motiva todos os dias é ganhar jogos e ganhar troféus, é saber que em cada treino e em cada jogo corremos por nós e por milhões de portistas, isso é a nossa motivação”.

Brad Tinsley confessa que a falta de adeptos na bancada continua a ser estranho, mas que o jogo se continua a ser especial. “Do Benfica esperamos vontade de vencer o jogo. Mas preferimos falar do FC Porto, estamos prontos para o jogo e tudo faremos para estar nessa final” atira o base portista.

Os azuis-e-brancos são a melhor defesa da Liga Placard e vão enfrentar o segundo melhor ataque. O poste considera que “Estamos a atravessar um bom momento, estamos a jogar bem e a defender muito bem. Se defendermos como temos vindo a fazer até agora, estaremos mais próximos de ganhar”.

Esta é a terceira vez que “águias” e “dragões” se encontram nesta fase da competição. O Benfica venceu o último encontro – 119-111 em 2019/20 – e procura repetir o feito de forma a atingir a sua terceira final consecutiva.

“Nas últimas duas finais não conseguimos vencer, mas aqui no Benfica a motivação tem que ser sempre máxima, a exigência também, e é um objetivo, uma obrigação que nós temos que é ganhar os dois jogos e trazer a Taça” afirma Rafael Lisboa.

Quincy Miller chegou aos encarnados em Janeiro e o próprio já vê a evolução da equipa: “Estamos a comunicar mais e estamos melhor defensivamente. Acho agora que nos conhecemos melhor uns aos outros”. Embora esta seja a sua primeira vez a jogar um clássico, o extremo norte-americano assegura que a equipa está preparada: “Vamo-nos tentar preparar para eles da melhor maneira que pudermos. Sei que são uma grande equipa”.

“Acho que temos que fazer o que temos treinado, seguir o plano de jogo e sermos rigorosos e ir ao detalhe porque neste tipo de jogos, tudo se decide nos pequenos detalhes”, conclui o internacional português.

Competições | FPB
5 FEV 2021

Mais Notícias