CDEFF, Benfica, Sportiva e GDESSA nas “meias” da Taça Vítor Hugo

Competição continua esta tarde, em Ermesinde

Imagem de Destaque 1 Imagem de Destaque 2 Imagem de Destaque 3 Imagem de Destaque 4 Imagem de Destaque 5
Competições
24 SET 2022

A Taça Vítor Hugo prossegue a par e passo e avança para o segundo dia de competição.

Os jogos da manhã ditaram os semifinalistas, bem como os restantes jogos de classificação do 9.º ao 12.º, que se realizam esta tarde.

 

CDE Francisco Franco/Hosp. Part. Madeira 41-39 Quinta dos Lombos

Após o triunfo sobre o Galitos Cl.Dr. Semblano, o CDE Francisco Franco/Hosp. Part da Madeira manteve os bons resultados e garantiu um lugar na meia-final da Taça Vítor Hugo ao bater a Quinta dos Lombos por 41-39.

O conjunto lisboeta entrou melhor na contenda e ao intervalo liderava por 20-14. Contudo, o intervalo fez bem à formação madeirense, que aumentou a intensidade e conseguiu dar a volta ao resultado e entrar para os instantes finais na liderança. As comandadas de José Leite ainda tentaram a reviravolta, mas o triunfo sorriu à equipa insular.

Dayna Rouse (13pts, 7res, 2ast, 4rb) foi a melhor em campo no Francisco Franco, enquanto Inês Faustino (8pts, 1res, 1ast, 1rb) assumiu esse papel na Quinta dos Lombos.

 

SL Benfica 47-19 CAB Madeira

O SL Benfica ultrapassou a oposição do CAB Madeira (47-19) e vai enfrentar o CDE Francisco Franco/Hosp. Part da Madeira na meia-final da Taça Vítor Hugo. Tal como no jogo anterior, o conjunto lisboeta voltou a entrar a todo o gás e terminou a primeira parte a vencer por 22-9.

No segundo tempo a toada manteve-se, com as “encarnadas” a controlarem os ritmos da partida e a aproveitarem da melhor forma a falta de eficácia madeirense (20%). Carolina Cruz (9pts, 3res, 1ast, 1rb), Raphaella Monteiro (11pts, 3res, 1ast, 1rb, 1dl) e Joana Alves (11pts, 2res) foram as mais esclarecidas nas “águias”. Já no CAB Madeira, Anaya Mcdavid (6pts, 2res, 1rb) voltou a estar em destaque.

 

Sportiva AZORISHOTELS 51-36 Imortal Tcars

A formação do Sportiva AZORISHOTELS está na meia-final da Taça Vítor Hugo fruto da vitória sobre o Imortal Tcars (51-36). Após uma entrada forte por parte do Imortal, o conjunto açoriano fez a reviravolta ainda na primeira parte e ao intervalo vencia por 22-19.

Na segunda parte as comandadas de Ricardo Botelho conseguiram distanciar-se, em parte graças à vantagem na zona pintada (28 pontos contra 8 adversários) e ao contributo das jogadoras vindas do banco (27 contra 13).

Nicole Clavier (12pts, 6res, 1ast) foi uma das figuras do Sportiva, tal como Eva Carregosa (10pts, 3res) e Alyesha Lovett (8pts, 5res, 6ast, 8rb). No Imortal, Joana Ramos (14pts, 2res, 2ast, 1rb) e Márcia Carvalho (10pts, 1res, 1ast, 2rb) mostraram pontaria afinada.

 

GDESSA Barreiro 38-30 AD Vagos

Com o triunfo sobre a AD Vagos por 38-30, o GDESSA Barreiro tem encontro marcado com o Sportiva AZORISHOTELS na meia-final da Taça Vítor Hugo. A equipa da margem sul do Rio Tejo manteve os bons indicadores apresentados na primeira eliminatória e ao intervalo seguia na frente por 18-8.

Apesar das investidas por parte da formação de Aveiro, a equipa do Barreiro manteve sempre a liderança no marcador e raramente permitiu que o seu adversário se aproximasse. Krystal Freeman (13pts, 5res, 2rb9 voltou a ser peça fundamental nas vencedoras, enquanto no conjunto vencido, Kwanza Murray (15pts, 4res) evidenciou-se.

 

CPN Imopartner 47-42 Olivais ABTF Betão

A equipa da casa, o CPN Imopartner, conseguiu o primeiro triunfo nesta edição da Taça Vítor Hugo ao vencer o Olivais ABTF Betão, na poule de classificação do 9.º ao 12.º lugar, por 47-42. O conjunto de Ermesinde não entrou da melhor maneira e viu a formação de Coimbra liderar durante grande parte do primeiro tempo. Contudo, as comandadas de Agostinho Pinto cresceram na segunda metade da primeira parte e não mais saíram da liderança, apesar das investidas do Olivais durante a segunda parte.

Isabel Quevedo (12pts, 9res, 3rb), Grace Gilmore (11pts, 4res, 3rb) e Ana Pinheiro (10pts, 3res), assumiram papel decisivo no CPN. No Olivais, Karissa Kajorinne (18pts, 3res, 1rb) voltou a ser a ser a mais certeira.

 

Esgueira Trivglass 45-40 Galitos Cl. Dr. Semblano

O Esgueira Trviglass conseguiu ultrapassar o Galitos Cl. Dr. Semblano (45-40) e entrou da melhor forma na poule de classificação do 9.º ao 12.º classificado. O encontro começou pautado pelo equilíbrio, com ambas as equipas a procurarem a liderança. As igualdades sucederam-se, até que um parcial de 14-0 colocou o Esgueira na frente por 28-17. Ao intervalo o marcador assinalava 32-21 e o ritmo não mudou nos últimos 12 minutos, com a vitória a ficar nas mãos da equipas “da casa”.

Vashti Nwagbaraocha (17pts, 3res, 3ast, 1rb) e Karla Hidalgo (12pts, 3res, 2ast, 5rb, 1dl) lideraram o Esgueira, enquanto Daniela Domingues (15pts, 1ast, 1rb, 1dl) comandou o Galitos.

Competições
24 SET 2022

Mais Notícias